Araxá abre a temporada de 2013 da Copa Internacional de 2013

Tauá Grande Hotel, o palco da primeira etapa da CIMTB
Tauá Grande Hotel, o palco da primeira etapa da CIMTB

Araxá, na região do Alto Paranaíba, em Minas Gerais, será palco de um importante marco da Copa Internacional Levorin de Mountain Bike (CIMTB). Nos dias 22, 23 e 24 de março, a cidade não será responsável apenas por dar início à temporada 2013 da Copa, mas também por abrir a comemoração de aniversário dos 10 anos da CIMTB na UCI (União Ciclística Internacional), além de marcar o início do ciclo das olimpíadas do Rio 2016.
“Para nós da CIMTB é uma honra completar 10 anos de ranking de UCI. Este trabalho é reconhecido pelo segmento e não seria possível sem o apoio da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) e das federações estaduais. Contar pontos para o ranking mundial é uma responsabilidade muito grande, pois receberemos delegações de diversos países em busca de pontos para o Ranking das Confederações neste novo Ciclo Olímpico Rio 2016. Ter a próxima Olimpíada no Brasil é algo que nos dá orgulho e nos deixa ainda mais focados em realizar um trabalho sério e responsável”, afirma o organizador do evento, Rogério Bernardes.
Em 2012, mais de 4 mil atletas Levaram o mountain bike (MTB) para o dia a dia das pessoas, desde a equipe de produção até o público do evento. Esta popularização colabora diretamente para o aumento do número de adeptos do mtb e do ciclismo. Isso vai refletir no quadro de atletas nas próximas Olimpíadas.
O atual campeão da CIMTB, Rubinho Valeriano, acredita que o sonho de qualquer atleta é participar de uma olimpíada. “Como este ano é o início do ciclo olímpico, isso vai aumentar ainda mais a competitividade entre os atletas”, afirma.

Primeira etapa

À programação diversificada que garantiu o sucesso dos anos anteriores, foram implementadas várias novidades na etapa de Araxá. Tudo isso para transformar o evento em uma forma de incentivo à prática de atividades físicas.
Além do mountain bike de alto rendimento, a CIMTB realiza categorias amadoras e para crianças a partir de 1 ano de idade, com a inclusão do Circuito Soul Balance Bike; Circuito PNE para os para-desportistas; Night Run Cross Country para os corredores noturnos; Passeio Ciclístico Sense Bike para os moradores da cidade-sede do evento; Concurso Soul de redação e Desenho para os alunos da rede municipal de ensino e o Sprint Eliminator, transmitido ao vivo pela TV Integração, fundamental para a popularização do esporte.
A largada e chegada do mountain bike permanecem dentro do Tauá Grande Hotel.  Na primeira etapa da CIMTB, o trajeto do mtb terá aproximadamente 5,7 km de terra batida, galhos de arvores, pedras e obstáculos naturais. “Segundo comissários internacionais, que estiveram presentes nos 10 anos de evento, é uma pista reconhecida internacionalmente como uma das melhores da América Latina”, ressalta Rogério Bernardes.
A campeã da etapa de Congonhas em 2012, Isabella Lacerda, comenta que Araxá é muito importante, pois praticamente abre o calendário de provas de Cross Country (XCO) no país. Além de ser muito esperada por todos atletas por sua pista e pela logística que envolve, o circuito é maravilhoso. “O público consegue acompanhar os atletas em várias partes e isso é muito motivante”, ressalta a atleta.
Rubinho Valeriano, atual campeão da CIMTB, acredita que a cada ano fica mais difícil levantar a taça. “O nível dos atletas é cada vez mais alto, o que contribui não só para o crescimento do esporte, mas também para que os fãs apreciem ainda mais o mountain bike, já que eles aparecem em peso em todas as etapas”, relata.
A CIMTB é reconhecida pela comunidade como o principal evento anual da cidade. Traz retorno econômico, social, educacional e ambiental. Isso ocorre devido ao número de ações simultâneas. Além do visual, esta etapa oferece pista técnica, ampla rede hoteleira em uma cidade com infraestrutura diferenciada. A população abraça o evento e os atletas sentem isso e a cada ano trazem mais amigos e familiares para apreciar as belezas de Araxá.

PREMIAÇÃO – CIMTB 2013

•Medalhões para os 10 primeiros de todas as categorias por etapa;
•Etapas: #1, #2, #3 e #4
SUPER ELITE MASCULINO: Prêmio especial em dinheiro de R$ 6.650,00 para os 15 primeiros por etapa: (1º lugar: R$ 1.400,00; 2ºlugar: R$ 1.000,00; 3º lugar: R$ 800,00; 4º lugar: R$ 700,00; 5ºlugar: R$ 600,00; 6º lugar: R$ 500,00; 7º lugar: R$ 400,00; 8º lugar: R$ 300,00; 9º lugar: R$ 250,00; 10º lugar: R$ 200,00, 11º ao 15º lugar R$ 100,00).
ELITE FEMININA: Prêmio especial em dinheiro de R$ 4.030,00 para as 10 primeiras: (1º lugar: R$ 1.000,00; 2º lugar: R$ 700,00; 3º lugar: R$ 600,00; 4º lugar: R$ 500,00; 5ºlugar: R$ 400,00, 6º lugar: R$ 300,00, 7º lugar: 200,00; 8º lugar: 150,00; 9º lugar: 100,00 e 10º lugar: R$ 80,00)
Para mais informações acesse o regulamento: http://cimtb.com.br/a-copa/regulamentos/

Night Run

As bicicletas saem de cena, e dão lugar aos amantes das corridas ao ar livre, em terreno acidentado e com vários obstáculos naturais. A Night Run acontece no sábado, 23 de março, mas as inscrições são limitadas a 500 atletas. A largada está prevista para as 19 horas. Homens e mulheres irão se aventurar na mesma pista onde atletas do moutain bike disputarão pontos no domingo de manhã para a copa 2013.
Segundo o organizador do evento, Rogério Bernardes, a CIMTB Night Run Cross Country, surgiu do pedido das pessoas que vão ao evento e também da vontade da organização de incrementar a copa com uma nova tribo.

Sprint Eliminator

Em 2013, o Sprint Eliminator contará pontos para a CIMTB e será decisivo para definir o campeão da temporada. As três primeiras etapas apresentam mudanças significativas para a competição, dentre elas, a tomada de tempo oficial acontecerá na sexta-feira à tarde.
Cada atleta poderá dar uma volta rápida no trajeto e os 16 melhores homens e as 8 melhores mulheres disputarão as chaves finais no sábado de manhã. As chaves finais continuam sendo disputadas entre 4 atletas até a final. O campeão do Sprint Eliminator garante 20 pontos para a CIMTB.

Clima familiar

A primeira etapa da CIMTB promete muita emoção também para quem gosta de acompanhar de perto os melhores bikers da América do Sul. Assim como nos outros anos, em Araxá, a organização possibilita que os amantes do mountain bike acompanhem de perto as provas em uma arquibancada natural, ao lado da pista.
Haverá também a tradicional feira itinerante, com produtos para os amantes do universo das duas rodas em um espaço ideal para a confraternização entre competidores, familiares e amigos. Nela, os apaixonados por bikes, podem curtir o clima da competição, sentindo-se parte do evento.
Para os mais aficionados por cross country, os treinos para CIMTB acontecem na manhã da sexta (22), dia que antecede o night run e o sprint eliminator.
A CIMTB tem patrocínio da Levorin Pneus, co-patrocínio: Merida Bikes, Shimano e Specialized e apoio da Scott, Fuji, LM Bike, Soul Cycle,  ASW, Maxxis/Calypso, Proshock e VZAN.  Mais informações no site: www.cimtb.com.br

Programação da 1ª Etapa da CIMTB – Araxá (MG)

Sexta:
10h00 às 14 horas: treino livre Sprint Eliminator (proibido treinar sem equipamentos de segurança) –
NOVIDADE
A partir das 14h00: tomada de tempo para definir os finalistas sendo 16 melhores na masculina e 8 melhores na feminina que disputarão as chaves no sábado – NOVIDADE
Sábado:
A partir das 9h00 – Finais do Sprint Eliminator (o horário pode ser alterado em função do ao vivo)
10h00 – Abertura da secretaria para confirmação das inscrições e credenciamento de apoio
10h00 às 17 horas: treino livre (proibido treinar sem numeral e equipamentos de segurança)
15h00 – Passeio Ciclístico Sense Bike (Mobilidade, Meio Ambiente e Saúde) –
17h45 – Início do Congresso Técnico com atletas e equipes
19h00- Largada da Night Run (mesma pista do mountain bike)
Domingo:
08h00 – 1a LARGADA – Copa de Amadores
10h00 – 2a LARGADA – CIMTB (Júnior, Sub30, Sub35, Sub40) + MIRIM
11h00 – Premiação categorias 1a LARGADA Copa de Amadores
12h00 – 3a LARGADA – CIMTB (Sub45, Sub17, Sub50, PNE, Sub55, Sub60, Over60, Segurança Pública (Copa de Amadores) e Sub15
13h15 – Premiação categorias 2a LARGADA CIMTB + Concurso Soul de Redação e Desenho
14h00 – 4a LARGADA – CIMTB (SUPER ELITE e Elite Feminina)
14h45 – Premiação categorias 3a LARGADA CIMTB
16h15 – Premiação categorias 4a LARGADA CIMTB
Por Paula Isis, assessoria CIMTB

Resultados do Mundial Máster de MTB. Confira como foi a participação de Silvinho Amorim

Silvinho amorim foi o 11º colocado no Mundial Máster de MTB
Silvinho amorim foi o 11º colocado no Mundial Máster de MTB

Balanço positivo da participação brasileira no Mundial de Mountain Bike Máster, que foi realizado pelo terceiro ano consecutivo, em Balneário Camboriú.
O Brasil fechou a participação no evento com um total de 23 medalhas, 10 a mais que no ano passado. Esse ano, o Brasil terminou com cinco medalhas de ouro, nove de prata e nove de bronze. Em 2011 foram 10 medalhas para o Brasil.
Em três dias de competições, 550 atletas de 23 países batalharam pelas 60 medalhas em disputa nas 20 provas realizadas no Parque Unipraias.
Silvinho Amorim (Patos de Minas) e César Moura (Uberlândia) participaram. Dentre os 55 ciclistas da categoria Men 35/39, Silvinho (Cemil) foi o 11º colocado. César Moura sentiu dores e não conseguiu completar a prova. Ele participou na categoria Men 30/34, que contou com 64 ciclistas.
Silvinho comentou: “Pra mim mais este Mundial serviu muito, pois sabemos que mesmo quando estamos bem treinados, precisamos também usar a cabeça para correr bem, alimentar, descansar e saber aplicar a força na hora certa, pois no Cross Country, isso tudo, no montante faz a diferença. A pista este ano foi muito boa, trilhas em matas além de longas subidas, que em 3,7km de pista subíamos 220metros por volta, no total de 5 voltas. Não fiz uma boa largada e no início fui recuperando mas as pernas não estavam bem naquele dia, e fui lutando daí para terminar a prova, pois vários atletas nacionais e internacionais desistiram de terminar a prova pois o calor e a altitude era muito grande.”
Ele complementa: “Gostaria de agradecer a todos que estiverem na torcida por mim no Campeonato Mundial. Em especial a CEMIL (Beba Saúde.Beba Cemil) que vem me patrocinando a 2 anos, já que com este patrocínio consegui ganhar vários títulos. O sonho maior é poder chegar bem próximo a um pódium no Mundial mas sabemos que no Brasil o MTB precisa crescer muito ainda em se comparando com os Italianos que já nascem na BIKE. Tenho tido bastante disciplina e treinamento especializando cada dia mais e espero um dia poder almejar deste título se DEUS quiser. Agradeço também a Star Bike, Medley Escola de Natação, OCE Treine.net, Hugo Prado Neto meu treinador, Cia do Corpo, Noispedala, Giro Sport Center de BH e também minha família que sempre me apoia pois sabemos que durante a temporada ficamos muito ausente. Obrigado a todos de coração e nunca devemos desistir de nossos objetivos.”
O evento foi organizado e realizado pela Federação Catarinense de Ciclismo pelo terceiro ano consecutivo no Parque Unirpraias em Balneário Camboriú e serviu para definir os campeões mundiais nas modalidades de downhill e cross country para os atletas com mais de 30 anos.
Em 2013, o Mundial de Mountain Bike Máster será realizado na África do Sul.

RESULTADO OFICIAIS

CROSS COUNTRY MASCULINO

CATEGORIA – 30-34
OURO – Fabio Zampese – Itália –
PRATA – Damiano da Silva Militão – Brasil
BRONZE – Tony José Castro Ojeda – Venezuela 
CATEGORIA – 35-39
OURO – Mássimo Folcarelli – Itália
PRATA – Marconi Soares Ribeiro – Brasil
BRONZE – Joseilton “Paraíba” Gomes – Brasil
CATEGORIA – 40-44
OURO – Manfredi Zaglio – Itália
PRATA – Abraão Azevedo – Brasil
BRONZE – Nico Pfitzenmaier – África do Sul
CATEGORIA – 45-49
OURO – Jean Paul Stephan – França
PRATA – Joselin Savedra – Colômbia
BRONZE – Rafael Ricardo Garrido Rodriguez – Venezuela
CATEGORIA – 50-54
OURO – Jean Malot – França
PRATA – Carlos Alfonso Muñoz Rivera – Colômbia
BRONZE – Balthazard Patrick – França
CATEGORIA 55-59
OURO – Benny Anderson – Suécia
PRATA – Robert Anderson – Canadá
BRONZE – Dilermano Fátima Melo – Brasil
CATEGORIA 60-64
OURO – Hélio Vilela de Carvalho – Brasil
PRATA – Gerard Bertrand – França
BRONZE – Evilásio Wielewski – Brasil
CATEGORIA 65+
OURO – Christian Jupillat – França
PRATA – Valdemar França Soares – Brasil
BRONZE – Guy Durand – França

CROSS COUNTRY FEMININO

CATEGORIA 30-34
OURO – Fabíola Ariana Tucci Ron – Venezuela
PRATA – Márcia Alejandra Carreaquel – Venezuela
BRONZE – Graciela Vargas – Argentina
CATEGORIA 35-39
OURO – Carina Renné Olalla – Argentina
PRATA – Lorena Carina Fernandez – Argentina
BRONZE – Yanis Hernandez Quintero – Venezuela
CATEGORIA 40-44
OURO – Samira Todone – Itália
PRATA – Christine Irelan – Estados Unidos
BRONZE – Florência Padilla – Argentina
CATEGORIA 45-49
OURO – Maria Alejandra de Bernardi – Argentina
PRATA – Jacqueline Edith Brugnoli – Argentina
BRONZE – Luisa Saft – Brasil
CATEGORIA 50+
OURO – Gjertrude Boe – Noruega
PRATA – Raquel Gontijo – Brasil
BRONZE – Rita Maria Cerutti – Argentina

DOWNHILL MASCULINO 

CATEGORIA 30-34
OURO – Robert Sgarbi – Brasil – 2min17s33
PRATA – Ruben Castro Carril – Espanha – 2min19s95
BRONZE – Anderson Luis Robl – Brasil – 2min19s97
CATEGORIA 35-39
OURO – Sebastian Vasquez – Chile – 2min19s72
PRATA – Alcides “Juninho” Cruz – Brasil – 2min20s42
BRONZE – Carlos Castillo – Costa Rica – 2min23s10
CATEGORIA 40-44
OURO – Matt Thompson – EUA – 2min24s22
PRATA – Lars Tribus – EUA – 2min24s97
BRONZE – Ayr Assis Freitas – Brasil – 2min28s68
CATEGORIA 45-49
OURO – Miguel Caldas Giovanini – Brasil – 2min25s96
PRATA – Luiz Antonio Archer – Brasil – 2min34s75
BRONZE – Francisco Innamorato – Brasil – 2min37s79
CATEGORIA 50+
OURO – Benoit Fellay – Suíça – 2min38s44
PRATA – Jean-Fred Tissot – Suíça – 2min59s64
BRONZE – Rofolfo Martinez Roulet – Argentina – 3min00s47

DOWNHILL FEMININO

CATEGORIA 30-34
OURO – Patrícia Loureiro – Brasil – 2min50s13
PRATA – Vanessa Azevedo – Brasil – 2min56s10
BRONZE – Patrícia Valenti – Brasil – 3min28s06
CATEGORIA 35-39
OURO – Gilmara Leiner – Brasil – 3min33s96|
PRATA – Luiza Lobato – Brasil – 6min04s83
BRONZE – Regiane Sales – Brasil – 8min56s41

Acompanhe ao vivo o Mundial de MTB Master


Caso esteja acessando de um dispositivo móvel, como iPad ou iPhone, clique aqui.

Programação

SÁBADO – DIA 15
8h30 – Final Masculino XCO – Categoria 50-54
9h às 10h – Treino DHI Feminino – Sem paradas
10h às 12h – Treino DHI Masculino – Sem paradas
10h30 – Final Masculino XCO – Categoria 45-49
12h – Encerramento das confirmações de inscrições para provas de XCO do domingo
12h30 – Cerimônia de Premiação
14h às 16h – Finais do Downhill – Todas as categorias
16h30 – Cerimônia de Premiação
DOMINGO – DIA 16
8h30 – Final Masculino XCO – Categoria 40-44
11h – Final Masculino XCO – Categoria 35-39
13h30 – Cerimônia de Premiação
14h – Final Masculino XCO – Categoria 30-34
16h – Cerimônia de Premiação

Silvinho Amorim participará do Campeonato Mundial de Mountain bike Máster

Silvinho Amorim e César Moura participam do Mundial Máster de MTB
Silvinho Amorim e César Moura participam do Mundial Máster de MTB

Pelo terceiro ano consecutivo, o patense que conta com o patrocínio da Cemil, Silvinho Amorim, participará do Campeonato Mundial de Mountain Bike Máster. Mais uma vez o evento será realizado em Balneário Camboriú, Santa Catarina. O evento superou seu recorde anterior e vai reunir mais de 550 atletas vindos de 25 países, incluindo participantes da Europa, África, América do Norte e Central, Oriente Médio e Oceania.
Silvinho, que vem colecionando títulos e resultados importantes novamente em 2012, participará da competição de Cross Country Olímpico XCO, na categoria 35-39 anos. Ele que vem realizando treinamentos focados para esta prova, espera conseguir um bom resultado, mesmo estando competindo com os melhores atletas do mundo, nesta categoria. No Mundial de 2010, Silvinho foi o sexto colocado.
A prova de Silvinho acontecerá no domingo a partir das 11h da manhã. Ele já se encontra treinando na pista, que está aberta desde terça-feira, 11 de setembro.
Trecho da pista
Trecho da pista

César Moura de Uberlândia, atual campeão da Copa Internacional de Mountain bike também participará da prova na categoria 30-34 anos. Vamos ficar aqui na torcida para os dois ciclistas de nossa região.
As competições serão nas modalidades Downhill (DHI) e Cross Country Olímpico (XCO) e vão definir os melhores atletas do mundo divididos em faixas entre 30 e 70 anos. As provas serão realizadas nas pistas especialmente construídas para a competição no Parque Unipraias.

 As competições começam na manhã de sexta-feira (a partir das 10 horas) com os treinos de Qualify da modalidade Downhill e todas as provas terão transmissão ao vivo pela internet que poderão ser acompanhadas no site do evento e aqui no Noispedala.

A pista de Cross Country tem um desnível aproximado de 150 metros e oferece muitos trechos de trilha em single track, e alguns de asfalto. A organização alterou ligeiramente o traçado, que agora se concentra totalmente no Morro da Aguada e deixou de cruzar a estrada e de circular pela areia da praia.
Já a pista de Downhill tem início na cota de 252 metros sobre o nível do mar e oferece 1.230 metros de muitos obstáculos com uma inclinação que chega aos -30%.
Confira fotos da pista de Cross Country Olímpico:

A programação do evento será a seguinte:

QUARTA-FEIRA – DIA 12
8h às 17h – Confirmação de inscrição para todos
9h às 12h – Treinos de DHI por categoria – Pista do XCO aberta para treino
14h às 17h – Treinos de DHI por categoria – Pista do XCO aberta para treino
20h – Jantar de Massas no Restaurante Viking na Estação Barra Sul
QUINTA-FEIRA – DIA 13
8h às 17h – Confirmação de inscrição para todos
12h – Fim das inscrições para provas de XCO de sexta-feira e DHI
9h às 12h – Treinos de DHI por categoria – Pista do XCO aberta para treino
14h às 17h – Treinos de DHI por categoria – Pista do XCO aberta para treino
SEXTA-FEIRA – DIA 14
8h às 17h – Confirmação de inscrição para todos
10h às 12h – Qualify DHI
12h – Encerramento das confirmações de inscrições para provas de XCO do sábado
13h30h às 15h – Final Feminina de Cross Country – Todas as categorias
14h às 15h – Treino DHI Feminino – Sem paradas
15h às 17h – Treino DHI Masculino – Sem paradas
16h às 17h – Cross Country Masculino – Categorias 70+, 65-69, 60-64 e 55-59
18h – Cerimônia de Premiação
SÁBADO – DIA 15
8h30 – Final Masculino XCO – Categoria 50-54
9h às 10h – Treino DHI Feminino – Sem paradas
10h às 12h – Treino DHI Masculino – Sem paradas
10h30 – Final Masculino XCO – Categoria 45-49
12h – Encerramento das confirmações de inscrições para provas de XCO do domingo
12h30 – Cerimônia de Premiação
14h às 16h – Finais do Downhill – Todas as categorias
16h30 – Cerimônia de Premiação
DOMINGO – DIA 16
8h30 – Final Masculino XCO – Categoria 40-44
11h – Final Masculino XCO – Categoria 35-39
13h30 – Cerimônia de Premiação
14h – Final Masculino XCO – Categoria 30-34
16h – Cerimônia de Premiação

Chega ao fim a temporada de 2012 da CIMTB. Rubinho Valeriano e Erika Gramiscelli são os campeões

Frederico Nascimento Mariano venceu na Superelite. Fotos: Bruno Fernandes
Frederico Nascimento Mariano venceu na Superelite. Fotos: Bruno Fernandes

Foi realizada em Congonhas, MG, neste último domingo (19/08), a quarta e última etapa da Copa Internacional de Mountain bike e Copa Centauro de Amadores.
A prova que contou com mais de 1.300 participantes, é disputada desde 2007 no mesmo exigente circuito. O tempo seco e a poeira acentuaram as dificuldades nesta etapa. Boa parte dos participantes, ao invés de buscar o título, disputam anualmente a prova a fim de diminuir seus tempos. Vários ciclistas completam a prova exaustos, proporcionando diversos momentos de emoção.
Tanto na categoria Superelite Masculina quanto Elite Feminina, novidades no lugar mais alto do pódio. O mineiro de Uberaba, Frederico Nascimento Mariano imprimiu um ritmo forte e levou a melhor dentre os principais ciclistas de mountain bike do Brasil.
Isabella Lacerda de Itaúna – MG, venceu entre as mulheres. Foi uma chegada muito emocionante. Ela subiu a temida ladeira final com lágrimas nos olhos e empurrando a bike, que estava com um pneu furado. Vários espectadores assemelharam o momento com uma verdadeira romaria.
Na categoria Elite Feminino, quem venceu foi Isabella Lacerda. Foto: Bruno Fernandes
Na categoria Elite Feminino, quem venceu foi Isabella Lacerda. Foto: Bruno Fernandes

A prova também decidiu os campeões de 2012. Mais uma vez, Rubens Donizete Valeriano foi o grande campeão do ano. Ele que no último domingo (12) disputou a prova olímpica da modalidade. Na Elite Feminina, a experiência e a regularidade de Erika Gramicelli prevaleceram. Ela conquistou pela sexta vez o título da principal competição brasileira da modalidade.
A Copa Internacional de MTB e Copa Centauro de Amadores volta em 2013. O calendário para o próximo ano já foi pré-definido e contará com novidades. Como acontece tradicionalmente, Araxá – MG abre o calendário entre os dias 22 e 24 de março com uma competição de XCO. De 3 a 5 de maio é a vez de São João Del Rei realizar uma etapa de XCO pela primeira vez. A etapa de Divinópolis, sucesso em 2012 foi mantida e será realizada entre os dias 28 e 30 de junho. A maratona de Congonhas – MG no formato XCP será entre os dias 16 e 18 de agosto. E para encerrar com grande estilo, pela primeira vez será realizada uma etapa de XCS nas Américas em Destino Sauipe – BA, entre os dias 4 e 6 de outubro.
Para conferir as fotos, clique aqui.
Os cameões de 2012. Rubens Donizete Valeriano e Erika Gramicelli. Foto: Bruno Fernandes
Os cameões de 2012. Rubens Donizete Valeriano e Erika Gramicelli. Foto: Bruno Fernandes

Confira os primeiros colocados:

Copa Internacional de MTB

SUPERELITE
1 – 109 – FREDERICO NASCIMENTO MARIANO – CANNONDALE/LELIN BIKES/CURTLO/SHIMANO/LEANDRO MELLO
2 – 17 – HENRIQUE DA SILVA AVANCINI – CALOI
3 – 15 – JOSEMBERG NUNES MONTOYA – JC BIKES FOCUS
 
ELITE FEMININA
1 – 208 – ISABELLA LACERDA – ITAÚNA – MG – TRIPP AVENTURA
2 – 215 – RAIZA GOULÃO HENRIQUE – PIRENOPOLIS – GO – ASW MTB TEAM ORTHOLINE CARBO ENERGY DRYRC BIKES A
3 – 204 – ERIKA GRAMISCELLI – BELO HORIZONTE – MG –
 
JUNIOR
1 – 272 – WILLIAN RENATTO PECEGO BRITO – BARRA DO GARÇAS – MG –
2 – 259 – NAYDSON FLAVIANO OLIVEIRA  – ARAXÁ – MG – CLINICA DR ROBERTO ROCHA ARAXA MG
3 – 262 – PATRICIO PARTELI MARIANI – ANCHIETA – ES – ANCHIETA MTB TEAMDD MUSIC SHOPDR ROBERTOMULT M
 
OVER 60
1 – 503 – HELIO VILELA DE CARVALHO – BRASÍLIA – DF –
2 – 505 – VALDEMAR FRANÇA SOARES – NUCLEO BAND BRASÍLI – DF –
3 – 506 – WILIAM MOREIRA – ITABIRITO – MG – ALTO RENDIMENTO
 
PARA-DESPORTISTA
1 – 603 – JEFFERSON RICARDO SPIMPOLO – SAO JOSE RIO PRETO – SP –
2 – 605 – MOACIR PEDRO DE MELO – PATOS DE MINAS – MG –
3 – 607 – ATHOS MARTINS DA COSTA – SANTA BARBARA – MG – BROU TRIPP AVENTURAS
 
SUB 15
1 – 20 – RENATO NAVARRO ROMANCINI – SALTO – PREFEITURA DE INDAIATUBA
2 – 6 – FLAVIO ELIAS DA SILVA JUNIOR – ARCOS – IMPACT GAMES / PREFEITURA DE ARCOS
3 – 9 – HIGOR SILVA FERREIRA – LAVRAS – BIKE MAIS / YOOU BIKE
 
SUB 17
1 – 129 – KÉVERSON ALVES DA SILVA – RIO PARANAÍBA – MG – OCE
2 – 131 – LEONARDO APARECIDO CRUVINEL DA CRUZ – MINEIROS – GO –
3 – 106 – BRUNO SABINO PIRES HUMBERTO – VARGINHA – MG – DAMATTA/CNA/ALL LUBRIFICANTES/STUDIO PERSONAL TREI
 
SUB 23
1 – 109 – FREDERICO NASCIMENTO MARIANO – UBERABA – MG – CANNONDALE/LELIN BIKES/CURTLO/SHIMANO/LEANDRO MELL
2 – 106 – DOUGLAS JOSÉ LUIZ NETO – UBERLANDIA – MG – BMC/OCE/TOKEN/SAO JOSE DOS CAMPOS
3 – 133 – WILLIAM ALEXI – SÃO BENTO DO SUL – SC – SCOTTFITTIPALDI
 
SUB 30
1 – 312 – CAIO MELO E SILVA PAIXÃO – BOM DESPACHO – MG –
2 – 357 – RICARDO AP XAVIER – MOCOCA – SP – TOTAL BIKE PREFEITURA MUNICIPAL DE MOCOCA
3 – 305 – ALYSSON SERRA LUCAS – LAVRAS – MG – MINAS BIKE
 
SUB 35
1 – 605 – UIRÁ RIBEIRO DE CASTRO – LAGOA DA PRATA – MG – BRACICLO / ZYON
2 – 559 – MARCELO SEBASTIÃO MANOEL – LAMBARI – MG – LAMBARI IRON TEAM
3 – 516 – CESAR GONÇALVES MOURA – UBERLANDIA – MG – OTG OCE JUNGLE TOKEN
 
SUB 40
1 – 737 – MARCONI RIBEIRO CABELEIRA – BRASILIA DF – DF – CICLO RACEUNIBIKEFELTCARBO ENERGYPET FASHIONB
2 – 749 – SILVIO OTÁVIO NEVES AMORIM – PATOS DE MINAS – MG – CEMIL BEBA SAÚDEBEBA CEMIL
3 – 755 – GUSTAVO BARRETO B DE OLIVEIRA
 
SUB 45
1 – 801 – ABRAÃO ASSIS ELEUTÉRIO DE AZEVEDO  – BRASILIA – DF –
2 – 803 – ALEXANDRE FREITAS – BELO HORIZONTE – MG – BROU AVENTURAS TRIPP MUNTARIDINIS PNEUSNUTRIXAG
3 – 834 – MARCIO ROGÉRIO RAZERA – IRATI – PR –
 
SUB 50
1 – 919 – LUIZ LOTTI NETO – POÇOS DE CALDAS – MG –
2 – 908 – EDUARDO SOARES – NOVA LIMA – MG –
3 – 944 – HELENO CAETANO BORGES – BRASÍLIA – DF – ICE RACING MTB TEAM / KONSKRITOS
 
SUB 55
1 – 321 – RICARDO ALVES MACHADO – LAGOA VERMELHA – RS – FAMÍLIA MACHADO
2 – 307 – DORIVALDO CORREIA DE ABREU – VITORIA DA CONQUISTA – BA –
3 – 328 – JOÃO FRANCISCO ROSA – BRASÍLIA – DF –
 
SUB 60
1 – 406 – HERMES SANTANA – BELO HORIZONTE – MG – PAPALÉGUAS
2 – 405 – DILERMANDO DE FÁTIMA MELO – DIVINOPOLIS – MG – SÃOJOÃO DE DEUS SAUDE/ FORMULA BIKE / ALLFITNSS /
3 – 402 – ANTENOR MAYRINK VEIGA – RIO DE JANEIRO – RJ – WALTER TUCHE
 

Copa Centauro de Amadores

CADETE
1 – 639 – LUIZ CARLOS RESENDE – MATEUS LEME – PIZZARIA MODA MINEIRA
2 – 368 – GEISON RABELO DE SOUZA – PATROCINIO –
3 – 529 – FILIPE CELESTINO DE ARAUJO – ITAUNA – MEM BIKES
 
DUPLA MISTA
1 – 417 – SUSAN ZORZETTO / BRUNO REIS – VALINHOS – MOUTAIN BIKE BH
2 – 403 – JULIANA BASTOS / GUSTAVO VENTURA – BELO HORIZONTE – MOUNTAIN BIKE BH
3 – 413 – PRISCILA BRAGA / GETULIO FILHO – ARBORIZAR/PRISCILA
 
DUPLA SUB 60
1 – 34 – ROBSON SOUSA / EDIMAR FREITAS – PATOS DE MINAS – STAR BIKE PATOS DE MINAS / PNEUS DINIZ BH CICLO
2 – 8 – FERNANDO PEREIRA / ELDER SIMOES – CURVELO – CHAMAS GAS/ RADICAL BIKE
3 – 38 – SANDRO ANJOS / ELIZEU GONCALVES – GOVERNADOR  –
 
DUPLA SUB 70
1 – 133 – THIAGO ELIAS / FRANCISCO HIDEBRANDO – BELO HORIZONTE – BROU TRIPP AVENTURAS
2 – 125 – RICARDO CAOLHO / DANIEL DINIZ – SANTA LUZIA –
3 – 143 – WILLIAN CHAGAS / FLAVIO LEAL – DIVINÓPOLIS – PRO RACE TEAM
 
DUPLA SUB 80
1 – 211 – JOAO SILVA / EUSO SILVA – JUIZ DE FORA – SOCABOTA
2 – 208 – HELTON SANTOS / ROBERTO GONÇALVES  – BH – GUIMEBIKE/NÚCLEO LABS
3 – 210 – JOAO REZENDE / ANTONIO FERRONI – LAVRAS – TRIBO 2 RODAS
 
DUPLA OVER 81
1 – 308 – EDSON SANTOS / ALEXANDRE SANTANA – DIVINOPOLIS – AUTOMOLAS S CRISTOVAO/KAMI VEICULOS/AÇAI/FORMULA
2 – 337 – THEL FURTADO / BRAZ PEREIRA – DIVINÓPOLIS – BRAZ BIKE
3 – 333 – CLAUDIO FREIRE / CÁSSIO CARVALHO – JUIZ DE FORA – AFA BIKES
 
EXPERT
1 – 107 – RODRIGO SILVA ROSA – ITAÚNA – FORMULA BIKE ALL FITNESS ACADEMIA
2 – 97 – GUILHERME DE SOUSA DAMIÃO – DIVINÓPOLIS – BIKE DAS GERAIS CT ALL FITTNES TIOAZINHO A E B
3 – 116 – FELIPE JUNIOR GONÇALVES – PONTE NOVA – PONTENET BRASIL BIKE SHOP
 
FEMININO OVER 40
1 – 259 – RAQUEL GONTIJO – BELO HORIZONTE –
2 – 257 – MARTA REGINA PEREIRA DE ALMEIDA – BARBACENA –
3 – 256 – MARTA CANTARINO – BRASILIA –
 
FEMININO SUB 23
1 – 905 – JAQUELINE LEAL DE BORBA – SÃO PAULO – LAR N SRA APARECIDA PROSHOCK KURUMA SHIMANO
2 – 918 – MARIA PAULA MESQUITA RODARTE – LAVRAS –
3 – 901 – ANA PAULA DE AZEVEDO – SÃO PAULO – LAR/SHIMANO/PROSHOCK/PR
 
FEMININO SUB 40
1 – 973 – TAYLANE DE JESUS CAMITA – PLANALTINA DE GOIAS –
2 – 954 – ANA PAULA SILVA MENDES – PATOS DE MINAS –
3 – 956 – CRISTIEN LOPES SILVA DO NASCIMENTO – BELO HORIZONTE – MTBBH
 
MILITAR
1 – 714 – FRANCIS CARDOSO PINTO UBÁ –
2 – 727 – MARCIO HENRIQUE PROCK CUNHA – CAMPANHA
3 – 710 – ROBERTO MARINOTTI SALES OLIVEIRA – POLICIA MILITAR – ORLANDIA SP

CIMTB: Fotos da Copa Internacional de Mountain bike 2012 (Congonhas, Divinópolis, São Lourenço e Araxá)

Pelo terceiro ano consecutivo estamos cobrindo a Copa Interncional de Mountain bike. As etapas de Congonhas, Divinópolis, São Lourenço e Araxá foram show de roda. Sprint Eliminator, pistas mais rápidas e técnicas, nova estrutura, tenda do atleta Centauro, Desafio da Ladeira de Up Hill e diversas novidades.

Confira as fotos organizadas por largadas e etapas

[nggalbum id=13 template=extend]
[album id=8 template=extend]
« VOLTAR

Domingo o Rubinho Valeriano é Brasil nos Jogos Olímpicos de Londres

Rubinho Valeriano reconhecendo a pista em Londres
Rubinho Valeriano reconhecendo a pista em Londres

Este último dia dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 é especial para todos os brasileiros amantes do mountain bike. Sou suspeito para falar, mas analisando vários fatores, até o momento, o ciclismo foi o destaque dentre as modalidades olímpicas.
Muita emoção no ciclismo de pista, com vários feitos e recordes extraordinários. Até mesmo Paul Mccartney passou por lá. E o ciclismo de estrada? Duas belas provas com um público vibrante. Já tivemos também o BMX e o Triatlo. A soberania absoluta é dos britânicos.
Às 9h30 da manhã deste domingo, fechando as competições de ciclismo, será disputado o mountain bike masculino.
Detalhe da bike de Rubinho. Boa sorte!
Detalhe da bike de Rubinho. Boa sorte!

O mineiro Rubens Donizete Valeriano (Merida Fox Racing Shox TMP) representa o Brasil nos jogos olímpicos, pela segunda vez.
Ele corre com a expectativa de ser TOP 10 na prova, mas nós estamos na torcida por um pódio. A SPORTV transmitirá parte da prova, com comentário do carioca Amarildo Ferreira.
Você também poderá acompanhar a prova completa pelo Portal Terra. Para assistir, acesse: http://esportes.terra.com.br/jogos-olimpicos/ao-vivo/.
Está chegando a hora! Fiquem ligados.

CIMTB: Pista da Grande Final da CIMTB será a mesma dos últimos 5 anos

Repetindo a fórmula de sucesso dos anos anteriores, o Desafio Internacional de Maratona que acontece em Congonhas, dia 19 de agosto, terá o mesmo circuito da final desde 2007

Para ampliar, clique no mapa
Para ampliar, clique no mapa

A pista deste ano será idêntica a dos anos anteriores. “Estamos repetindo o circuito dos anos passados, pois tivemos uma aceitação muito grande dos atletas. Esta decisão foi baseada nos resultados da pesquisa realizada onde 98% gostariam de correr no mesmo circuito. Como a maior parte dos atletas são amadores eles usam os tempos dos anos anteriores como grande adversário”, explicou o organizador Rogério Bernardes.
No começo da prova, os atletas já terão que enfrentar uma forte subida de cerca de 2 km dentro de uma fazenda que termina no PC 8. Em seguida, alguns trechos de estradinha antiga e de trilha até chegar em Paraopeba, que novamente será um dos trechos mais decisivos da prova. Ali, os competidores irão passar por um trecho de subida muito forte, dentro das trilhas da Estrada Real.
Ao final dessa subida, no quilômetro 40 da CIMTB aproximadamente, os competidores terão que mostrar toda a sua habilidade, pois a prova ganha em velocidade e os competidores encaram muitos trechos de descida e de trilhas bem seletivas até a linha férrea. No final, os competidores voltam a subir a ladeira do Bom Jesus, no centro histórico da cidade.
“Quem correu nos anos anteriores lembra da alegria e da emoção que dá, quando, no final da prova, os atletas tem que subir aquela ladeira do centro histórico de Congonhas. Aquilo é para fechar a prova com “chave de ouro””, brinca o organizador.
Além de enfrentar as dificuldades da pista, os atletas poderão encontrar belas paisagens e trechos marcantes na história do Brasil. Durante grande parte da prova, os atletas passam por trilhas com marcos da Estrada Real, que durante muito tempo serviu como caminho de escoamento do ouro no país.
“A prova de maratona tem um formato muito diferente do cross country. Ela atrai muito mais o público que gosta de pedalar, mas não tem tanto interesse na competição. Por isso, decidimos fazer uma prova com um circuito desafiador mas que também é muito bonito e de forte interesse histórico e cultural. Quem competir vai gostar, com certeza”, descreve.