Copa Cemil de Enduro Regularidade 2014 é encerrada em Patos de Minas. Confira os campeões.

Neste domingo 19/10/14  foi disputada a etapa decisiva edição de 2014 da Copa Cemil de Enduro. Foi uma etapa muito divertida. A chuva que esperávamos a meses caiu no dia anterior a prova, acabou com a poeira e deixou ainda melhor a prova. A largada foi realizada no Pesque Pague São Gabriel e as trilhas daquela região foi tomada por mais de 50 ciclistas.
Muita disputa também no teste de velocidade uphill. Depois de cerca de duas horas subindo e descendo as trilhas da região, os participantes começaram a apontar na linha de chegada. No enduro de regularidade, o segredo é cumprir o percurso dentro do tempo estipulado na planilha. Vence aquele que perder o menor número de pontos.
Segundo Henrique Amaro (Coelho), foi um ano muito bom. As cinco etapas foram muito disputadas. Ele agradece aos patrocinadores e a todos atletas os que participaram das etapas e conclui afirmando que em 2015 será ainda melhor.

IMG_0297
Final – Livre

Final - Duplas PRO
Final – Duplas PRO

 
 
Confira o resultado da etapa:

LIVRE

# EQ INTEGRANTES PATROCÍNIO PPT
1 926 amarildo cruz da silva Eu mesmo 9
2 904 VINICIUS DIÓGENES MAIA Imobiliária Maia / Band Bike 19
3 910 João Paulo 0 25
4 997 Gleidson Oliveira Ludyelle Confeções 41
5 940 Rodrigo Oliveira Maranhão 45
6 937 Vinicius de Moura Dias GRUPO SETTA 51
7 911 Edson Veloso ROSKA BRACANA 60
8 914 PEDRO ELIAS DOS REIS PNEUS UNIÃO/ UNIÃO FARMA 65
9 929 Marco Túlio Barcelos 83
10 939 Denio Pinto Trialto 114
11 996 Vaninho da Costa star lanches 119
12 999 Tiago Menezes 534
13 998 Daniel Oliveira 2014

 

PRO

# EQ INTEGRANTES PATROCÍNIO PPT
1 233 IURI SCOTTON LEAL e LUCAS CAIXETA RODRIGUES ALÔ CAÇAMBAS – 3821-5666 64
2 251 Rafael da Fonseca Ribeiro e José Gonçalves dos Santos Star Bike / Paulinho Motos 65
3 201 emerson de fontes pereira e everton fontes pereira 88
4 234 Ivan magela silva e Deltonio Matheus Band Bike 127
5 246 Breno Teixeira e Bruno Zinato Integrall / Orango Eventos 131
6 249 Guilherme Alves Vieira e Paulo Henrique Camargos JRT Transportes LTDA 149
7 248 Vitor Boaventura e Vinicius Boaventura Vidropatos 158
8 222 Rodrigo Xavier da Silva e Joao Ricardo 163
9 250 Daniel Tolentino de Sousa e Marcelo de Andrade Genares Oftalmologia Especializada Dr Daniel Tolentino 12600
10 0 Duplas não identificada 12600

 

Iniciantes

# EQ INTEGRANTES PATROCÍNIO PPT
1 47 GUSTAVO DE CARVALHO e ROGERIO CLEVER CASTRO RIBEIRO CASA DAS PEÇAS CARVALHO 54
2 24 Alexandre Luiz de Abreu Gomes e Alisson Lacerda dos Reis 61
3 54 Leonardo Rodrigues e Elismar Guimarães Vid Box 64
4 58 Elizander Lucas Ribeiro e Tacito Evaldo 102
5 7 Edson Pacheco e Victor Martins Auto Escola Minas 132
6 53 Pedro Henrique Peres Guimaraes e Danillo Braga dos Reis Baratão da Construção 156
7 59 Valdiney Ferreira Cornelio e Elesson José Silva CF INOX SERRALHERIA 172
8 32 Rodrigo Célio Pereira e Celso Caixeta de Melo SENAI 251
9 57 Daniel Pereira da Silva e Vinicius Rocha Silva 1088
10 22 Fabiano Luis Barbosa Gasparoni e Henrique ferreira queiroz studioshow, motoshop 1120

Teste de Velocidade

Classificação Número Atleta Tempo
1 58a Elizander 00:01:03
2 249 Paulo Henrique 00:01:05
3 251 00:01:08
4 249 Guilherme Alves 00:01:10
5 996 Vaninho 00:01:17
6 222b Rodrigo 00:01:19
7 251 Rafael 00:01:20
8 201 Emerson 00:01:25
9 233 Iuri 00:01:25
10 07a Edson 00:01:26
11 24 Alisson 00:01:35
12 233 Kxetinha 00:01:36
13 57a Daniel P 00:01:37
14 54b Elismar 00:01:55
15 59b Waldinei 00:02:00
16 57b Vinicius 00:02:20
17 940 Rodrigo Oliveira 00:02:35

Classificação final da Copa

Livre

# N. NOMES TOTAL
929 Marco Tulio Barcelos 16 19 19 16 12 82
910 João Paulo 11 15 16 15 18 75
904 VINICIUS DIÓGENES MAIA 7 11 17 19 19 73
903 Luciano Pit Stop 13 12 20 18 0 63
926 Amarildo Cruz da Silva 10 13 0 13 20 56
914 PEDRO ELIAS DOS REIS 1 1 10 12 13 37
923 Weuler Caixeta 0 0 18 17 0 35
934 Geraldo Eugênio Carvalho Vieira Jr 9 5 11 0 0 25
902 Matheus Henrique Lima Costa 20 1 0 0 0 21
10º 927 Anderson Colorido 0 20 0 0 0 20

Duplas Pro

# N. NOMES TOTAL
201 emerson de fontes pereira e everton fontes pereira 15 16 14 16 18 79
233 IURI SCOTTON LEAL e Lucas Caixeta Rodrigues 14 19 13 0 20 66
211 Vinicius Dias e Ricardo Souto 20 20 18 0 0 58
238 Anderson Santos Caixeta e Bruno Caixeta 0 0 20 20 0 40
222 Rodrigo Xavier da Silva e Joao Ricardo 2 12 16 0 13 43
215 Luisinho e Jeferson (Patrola) 19 15 0 0 0 34
210 DELDUQUE GARCIA  e WESLEY DUARTE DE SOUSA SANTOS 16 17 0 0 0 33
236 Eduardo Soares Ribeiro e Edson Veloso Cury 0 0 19 14 0 33
208 Evaldo da rocha silva e Tácito oliveira silva 17 13 0 0 0 30
10º 217 Jarbas Menezes e Fábio Menezes 11 10 0 7 0 28

Duplas Iniciantes

# N. NOMES TOTAL
54 Leonardo Rodrigues e Elismar Guimarães 20 16 16 17 18 87
87 Guilherme Henrrique Corre e Bruno Martins de Oliveira 18 11 14 16 0 59
32 Rodrigo Célio Pereira e Celso Caixeta de Melo 12 20 11 0 13 56
53 Pedro Henrique Peres Guimaraes e Danillo Braga dos Reis 16 15 9 0 15 55
78 Ronivon Silva e Elisander Lucas Ribeiro 1 18 19 0 0 38
80 Francisco junior e Romulo Cesar alves 14 5 10 0 0 29
20 Thiago Macedo de Araújo e Jaime de Araújo Pereira 5 19 0 0 0 24
16 José Ricardo Passos e Rogério Nogueira Garcia 9 13 0 0 0 22
88 Daniel Pereira da Silva e Zé Gonçalves 0 0 20 0 0 20
10º 11 Guilherme Alves Vieira e Paulo Henrique Camargo 11 9 0 0 0 20

Grande final da Copa Cemil de Enduro Regularidade será dia 19 de outubro no Pesque Pague

Chegou a hora de conhecermos os campeões. Dia 19 de outubro saberemos quem são os grandes campeões da Copa Cemil de Enduro Regularidade MTB 2014. O palco será armado no Pesque Pague São Gabriel em Patos de Minas.
As trilhas daquela região serão tomadas de atletas buscando decifrar o mapa e perder menos pontos possíveis. Um erro pode ser fatal até mesmo para quem está liderando a copa.
A largada será às 9 da manhã no Pesque Pague. No sábado às 19 horas serão entregues os kits na Star Bike. O valor da inscrição é de R$ 30,00 por participante e pode ser feito aqui no Noispedala.
O percurso será de 20 km para as categorias Duplas PRO e Livre. Para a categoria Duplas Iniciantes serão apenas 15 km e a organização fica por conta do Henrique Amaro (Coelho).
A média de velocidade para os iniciantes está baixa e colocará em igualdade de condições de vencer a prova qualquer competidor, até mesmo aquele que a bike está enferrujando no canto da casa ou o ciclista que está iniciando agora nas competições. Já nas categorias Duplas PRO e Livre, as médias estão bem variadas, precisando de bastante atenção dos competidores. Fique esperto, pois os balaios de gato prometem derrubar muitos favoritos.
E aí? Você já participou de algum enduro de regularidade? Não? Não sabe o que está perdendo. É bom demais! Mas porque é tão bom? Imagine uma prova onde o maior adversário é você mesmo? Você duelando com o seu poder de percepção e concentração. Isso tudo com a possibilidade de um contato com a natureza, passando por diversas trilhas e claro, participando com uma galera nota dez, que não cansa de desvendar trilhas em toda a região.

Cartaz oficial do evento
Cartaz oficial do evento

Diário de Bordo: Pedal noturno na Trilha do Cão que morde

07/04/11 – Por Heber Contador
Oi sou Heber Contador. Repórter por 1 dia do Noispedala!

Pedal Noturno
Pedal Noturno

Cheguei pontualmente na Power Bike e a turma já se aglomerava. Herley XX pediu-me pra comprar pilhas pra sua Lanterna pois era noite de estrear a sua nova bike. Aproveitei e pedi R$ 10,00 emprestado pra comer pizza no Vaninho Star Lanches.
O restante estava tudo normal, Magela que seria o nosso guia, ausente. Dr. Valner no horário. (19:25) e então 19:30 saímos em direção a Trilha do Cão que Morde. Detalhe, um companheiro de sacolinha amarela (Daniel ou Luciano) disse que sabia a trilha direitinho. Estavam fechando a trilha o Euler e o Bruno.
Seguimos, em direção da Av. Fátima Porto e rapidamente subimos a Av. JK em direção a Molas Americanas, quando de repente uma quebra, o amigo Bartolomeu perdeu a roldana do câmbio traseiro, e em vez de voltar, seguiu até o Pesque Pague São Gabriel na esperança de arrumar a bike e seguir a trilha, porém voltou pra casa mais cedo.  Estavam fechando a trilha o Euler e o Bruno.
Alguns, já queriam ir embora, outros fazer uma trilha mais convencional pra chegar mais cedo na Star Lanches, mais ficou decidido pelos Líderes que iríamos fazer a Trilha que estava AGENDADA.
Então começamos a subir a montanha logo depois do pesque pague em direção ao cafezal. Mas fomos surpreendidos por um Balaio de Gato (peguinhas durante Enduros de Regularidade) em uma encruzilhada. O nosso guia ficou confuso, subimos e descemos o mesmo trajeto algumas vezes e o pessoal já deu aquela desaminada! O Euler Tenente estava descontente, o Sérgio Zaggo ficou Bravo. O Marquim Caixão era só alegria! Pra ele tudo tava bão!!!
Então, pasmem!!! Voltamos pelo mesmo caminho! Chegando no Pesque Pague, a bike do Banhão furou o Pneu! Ficamos esperando o conserto, e por nossa surpresapercebemos que a galera que estava na frente, foram todos embora! (FALTA DE COMPANHEIRISMO NA MINHA MODESTA OPNIÃO)
Enfim, uma Trilha pra ser esquecida! (Batizada de Trilha do Cão que Mia). Não houve companheirismo! Não nos confraternizamos na Star Lanches! Mais uma vez , não completei a Trilha Pré-Determinada (Peraí ninguém completou né). E fui eu que fechou a trilha e mais uma vez subi os morros para o Jardim Califórnia sozinho e pensando na vida.
O Bruno Fernandes, ficou desolado! Nem seu fiel escudeiro, Renato Amaral o esperou! (aliás ele levou um tombinho, pra não perder o costume).
Se caso eu desaperecer dos Pedais Noturnos nos próximos 6 meses, vocês já sabem porque!
Fica a dica, para os próximos pedais. Mais companheirismo, menos orgulho!

Convite: Pedal Noturno na Trilha do Cafezal

Quinta é dia de pedal noturno Noispedala
Quinta é dia de pedal noturno Noispedala

Alô você que acessa o Noispedala. Principalmente você que participou do Enduro do 15º BPM. Chegou o dia de mais um pedal noturno. Hoje promete.
Hoje o ponto de encontro será a Nutry Suplementos. 18h50 espero todo mundo lá.
Ficha técnica:
Pedal Noturno: Trilha do Cafezal
Horário: 18:50
Ponto de Encontro: Nutry Suplementos
Tolerância de 10 minutos na saída
Guia: Bruno Fernandes
Dificuldade: Baixa
Info: Bruno (9169-0141) Magela (9975-4745)
Distância: 25 km
Fotos: Banhão / Bruno
Diário de Bordo: Bruno Fernandes
Percurso: Molas Americanas, Pesque Pague, Estradão de Chácaras, Cafezal, Veraneio
NOVATOS SÃO SEMPRE BEM-VINDOS
INDISPENSÁVEL O USO DE CAPACETES
SOMENTE NÃO IREMOS SE ESTIVER CHOVENDO NO MOMENTO DA SAÍDA
DEPENDENDO DA GALERA, PODEREMOS DAR UMA ESTICADA

Diário de bordo: Pedal noturno na Trilha dos 50 cents

09/12/10 – por Bruno Fernandes
Bom, o que dizer deste pedal noturno? Imitando o grande herói Lagoense Feliz, do nosso diário de notícias Patos Hoje, “na minha modesta opinião, o pedal de hoje foi muito bom, pois com o apoio de todos, fizemos um pedal à moda antiga: uma pedalada bem tranquila, ritmo passeio, onde o papo de elite rolou solto e nem mesmo os novatos desafinaram, juntos somos fortes”. Estreando hoje tivemos o Luciano e o Paulo Henrique. Éramos 16 companheiros.

Como assim pedal noturno? E o sol?
Como assim pedal noturno? E o sol?

Já que o novato Luciano não tinha lanterna, nosso companheiro de bom coração, que não havia feito sua boa ação do dia, Markim Kxão, emprestou uma de suas duas lanternas para ele.
Tivemos também o retorno do Pedrão, filho do Euler e, claro, do Flávio do Galo e de nossa estrela maior, o Gagame, que por sinal foi um exímio guia. Com indicações de dificuldades em alguns lugares e inclusive falando para passarmos calados próximo às casas. Logo após passarmos pelas Molas Americanas, ele sugeriu que fizéssemos a trilha que eu gostaria de ter marcado. Só que ele colocou bastante pimenta nela. Da maneira que ele nos guiou, encurtou bastante o pedal, só que passamos por uma descida técnica e uma subidinha mais técnica ainda. Que lugar bacana.
Havia uma expectativa para o barro no fim da descida. Quando chegamos, havia uma ponte e nenhum sinal de barro. Barro somente em uma fazenda após a subida.
Gagame e suas fotos tortas
Gagame e suas fotos tortas

Na descida todo mundo mandou bem, inclusive o Pedrão. O Euler ficou fechando a trilha, acompanhando o filho e, quando observou, ele já tinha era descido. Fotógrafos não faltaram. Hoje tivemos dois “Chilons”: o Banhão e o Renato. O Banhão ficava lá recordando as vezes em que ele já foi para folias de reis de bicicleta.
Quando passamos pela última fazenda, recordamos o caminho que passamos na última semana, onde desistimos pensando que estávamos no caminho errado. Aí foi só completar a trilha, quando surgiu a ideia de passarmos na Star Lanches para comermos uma pizza. Só que com qual grana? Ahh, o Vaninho “pendura” pra gente.
Chegando lá, cadê o Vaninho? Ele estava viajando para a cidade satélite de Lagoa Formosa. Foi quando apareceu o Juninho (Cemil) Melhor de Patos para nos salvar. Ele emprestou a grana que faltava para pagarmos a pizza.
Depois disso foi cada um para a sua casa. Alguns ainda fizeram a trilha da Fátima Porto, que por sinal está mais emocionante que o dólar.
E aí? Já decidiu qual será o seu presente no nosso Pedal Solidário de Natal? Clique aqui e confira mais detalhes sobre esta nossa ação.
Vale a pena conferir as fotos. Tem umas do pôr do sol bem bacanas. E em breve teremos mais “chapas”.
Será mesmo a mulher de Branco?
Será mesmo a mulher de Branco?

Confira as fotos deste pedal noturno.

[nggallery id=178]

Diário de Bordo: Pedal Noturno Pesque Paque e Cafezal

10/06/2010, por Renato Amaral
O Ponto de Encontro foi no Posto São Cristóvão e lá estava o presidente das organizações Noispedala Bruno Fernandes, que compareceu para fazer o “social” e justificar sua ausência: está poupando sua gripe para o frio de São Lourenço-MG. O Ronaldo Tora Racing Rei dos “Atalhos” também apareceu para cumprimentar a galera e prometer novas trilhas. Ele disse que descobriu uma trilha que não se chega nem de helicóptero.

Gagame lança uniforme 2010. Finalmente resolveu largar os bermudões de futebol.
Gagame lança uniforme 2010. Finalmente resolveu largar os bermudões de futebol. A cada dia ele está com mais cara de atleta hein?

Os quatorze bikers presentes, quatro novatos na turma: bem-vindos Alex, Danilo, Pedro Elias (Pneus União) e Marcelinho. Mas estreante de verdade só o Marcelinho que estava inaugurando sua bike, trocando as esporas pelos pedais. E ele escolheu bem o dia de começar. Acho que o Bruno pode reclassificar essa trilha para dificuldade baixa.
Além dos novatos, as figurinhas carimbadas eram Eu, Euler e filhão Pedro, Walner, Celinho (Band Bike), Felipe, Marco Túlio Gagame, Markin Kxão, Otávio e Waguinho (Band Bike). Encontramos com o Danilo Uberaba já na Av. JK onde ele fazia uma pedalada sem compromisso e sem lanterna. O Euler tratou logo de incentivá-lo a seguir conosco e ele topou.
Seguimos pelas molas americanas onde guiamos um motorista até o clube da CEF. Atravessamos o anel viário, subimos o morro do pesque-pague e fizemos o trajeto sem imprevistos e quando retornamos ao asfalto ainda era cedo: só 20:55h. Então o Walner sugeriu uma “esticada”.
Muitos queriam mas por motivos diversos fomos somente Eu, Walner, Felipe e Pedro Elias. Subimos a BR-365 até quase no Rivalcino e retornamos pelas trilhas com aquelas descidas sensacionais.
Ué, o Felipe resolveu fazer o bigode e teve dificuldades?
Ué, o Felipe resolveu fazer o bigode e teve dificuldades?

Nenhum imprevisto até chegarmos ao tradicional “desvio à esquerda do mata-burro” um inédito colchete fechado e uma enorme pedra surpreenderam o Felipe que descia rápido. Ele abriu o colchete no peito e a poeira subiu quando ele aterrissou.  O susto foi grande porque à primeira vista parecia mais grave do que realmente foi. Só com o lábio cortado e o rosto arranhado pode-se dizer que ele saiu no lucro.
Curtimos a boa descida até o pesque-pague, retornando pelas Molas Americanas e Av. JK.
O diário fica por aqui porque estamos arrumando as malas para fazer a cobertura da segunda etapa da Copa Internacional de Mountain Bike (http://www.cimtb.com.br/) que acontece neste final de semana em São Lourenço-MG.
Fique ligado e torça por nossos atletas de Patos de Minas.
Acompanhe e comente a partir de sábado à noite a cobertura em vídeo, reportagem e fotos. Acompanhe também pelo twitter: http://twitter.com/noispedala.

Confira as fotos desta galera que não desafina uma quinta-feira sequer

[nggallery id=106]

Diário de Bordo: Pedal Noturno Trilha Aragão e Rivalcino 11/03/10

O Diário de Bordo hoje será redigido em conjunto. Pelo Magela e Pelo Bruno Fernandes. Eram 18h50min quando cheguei (Magela) na Nuty Suplementos e encontrei a galera quase toda lá. Achei estranho, mas logo percebi o motivo da pontualidade do pessoal naquele dia. Era o tratamento vip dado pelo Daniel e Eliane, proprietários da nossa parceira Nutry suplementos,  que serviu uma maltodextrina athletica de uva geladinha, isso sim é que é malto.

28 bikers em mais um pedal noturno
28 bikers em mais um pedal noturno

As 19h05min saímos da Nutry, com destino a Av. JK com energia de sobra para os 38 km que viriam pela frente. Chegando ao posto São Cristóvão, encontramos o Marquinho Caixeiro Viajante que havia chegado de viagem fazia 15 minutos e o Bruno com o novato Renato Amaral, usando a camisa da seleção Brasileira, pronto para seu primeiro pedal noturno e sem capacete (não existe capacete de ciclismo que caiba em sua super mega ultra cachola). Já que era a semana do Dia Internacional da Mulher, a Luciana Toyopatos veio representando a ala feminina do noispedala.
Na avenida JK ainda, próximo à Autopatos  recebemos mais dois novatos. O Luis Farol de Lambreta e seu filho Vinícius. O menino é da turma do Duracell. Pedala muito o garoto.
Presença de pais e filhos nos pedais noturnos
Presença de pais e filhos nos pedais noturnos

Seguimos até a entrada das Molas Americanas quando contamos a turma, 28 no total. Ficou decidido que o Padrinho Gleidson seria o Chilon da vez e o Kuririn fecharia a trilha. Logo atravessamos a BR 365, pegamos a estradinha. O Magela estava na bike do nosso amigo Cricelle, uma specialized epic  e não acreditava na perfeição da suspensão traseira, que trava e destrava automaticamente dependendo do terreno. Como ele é um cara solidário resolveu compartilha o prazer que sentia e passou a epic para o Carlos Campos (mecânico de cérebro e coluna). Pedalaram uns 2 km com a bike dele, como ele não falava nada no sentido de destrocar as bikes, o Magela deu um jeito de arrebentar a corrente dele.
Não havia nenhum mecânico desta vez e após uns 20 minutos consertando a corrente seguimos sentido Aragão. Antes de chegar à granja, o Mateus do Dolor pensou que era o Lazim e foi passar um mata-burro pedalando e foi aquele tombo. Era a bike pra um lado, ele para o outro e lanterna caiu dentro do mata-burro.
Repare ao fundo as luzes da cidade
Repare ao fundo as luzes da cidade

Atravessamos a BR 365 novamente e na subida tranqüila após pular a porteira, chegou o momento de apreciar a cidade. Como é bonita a vista lá de cima. Depois de tanto sofrimento, pois eram 38 km e havia muitos iniciantes, deu início à descida. Nenhum incidente, até que a corrente do Carlos Campos resolve arrebentar novamente.
Ficamos mais de 30 minutos arrumando. A maioria da galera resolveu ir embora, pois faltavam apenas uns 500 metros de terra.
É isso aí galera. Foi um pedal muito agradável e a turma está muito boa.
Quinta-feira tem mais. Não perca e chame seus amigos.
Confira as fotos deste pedal noturno.
[nggallery id=70]

Convite: Pedal Noturno Aragão e Rivalcino 11/03/2010

Hoje é dia de Pedal Noturno!
Hoje é dia de Pedal Noturno!

Aí galera, o pedal noturno de hoje promete. Iremos sair da Nutry Suplementos onde teremos um tratamento especial lá, inclusive com desgustação de alguns produtos.
Iremos sentido Avenida JK, Molas Americanas e vamos até próximo ao Aragão. Subiremos até próximo ao Rivalcino onde dará início à uma descida das melhores que existem.
Você não pode perder! É dia de bater record de participantes. E domingo você não pode perder o Enduro Cemil Soy com largada marcada para as 09h da manhã no Clube da Aspra. As inscrições você pode fazer aqui no noispedala ou na Star Bike, Band Bike, Power Bike e na Mundial Bike.
Na tarde de sábado estaremos refazendo com bastante  calma o Enduro do Batalhão 2010. Quem tiver interesse em aperfeiçoar o dom de roteirar, entrar em contato com o Bruno no 9169-0141.
Pedal Noturno: Aragão voltando pelo Rivalcino
Data: 11/03/10 – Quinta
Horário: 18h50min – Tolerância de 10 minutos
Ponto de Encontro: Nutry Suplementos
Distância: 38 Km
Dificuldade: Média
Guia: Cacique Magela
Diário de Bordo: Bruno Fernandes
Fotos: Alysson Kuririn / Luiz Farol de Carreta
Info: (34) 9975-4745 Magela / (34) 9169-0141 Bruno

Diário de Bordo: Pesque Pague voltando pelo cafezal 07/01

Galera concentrada na descida do morro de toá
Galera concentrada na descida do morro de toá

Aqui quem vos fala é o companheiro Bruno Fernandes e conforme prometi, não irei a nenhum momento citar o nome do nosso grande mascote, guia e líder. Eram 18h53min quando cheguei ao Posto São Cristóvão onde vi a galera do Noispedala animada para mais um pedal noturno. Com a ausência do Kuririn Farnésio Chilon Zé Rita Porto, que chegou lá de moto, o Luis Farol de carreta foi o encarregado de levar a câmera e já chegou correndo no Bernardão para comprar pilhas. Enquanto isso o Sérgio Zago Pivodrip chegou e já calibrou o GPS, fazendo com que temos mais uma trilha roteirada.
Já eram 19h10min quando saímos sentindo Avenida JK. O Gleidsson assumiu o posto de fotógrafo. O Sargento Luizinho Papai Noel Super Mario Bross marcou presença com sua alegria contagiante. Entramos nas Molas Americanas, contamos a galera. 21 bikers. Ficou decidido que o Marquinho Caixeiro Viajante seria o fecha porteira. Ao invés de irmos sentido Presídio Sebastião Satiro, fomos até o Viveiro de Mudas. Subimos e chegamos na BR.
O Weuler Autopatos teve uma grande ideia de ao invés de descermos pela rodovia, passarmos por aquele morrão de toá localizado na curva logo abaixo da estrada do Viveiro do IEF. Tudo tranqüilo até o momento da descida do morro, onde descemos um a um e por incrível que pareça, nenhum tombo. Somente alguns escorregões.
Terminamos a descida pela BR e demos início à subida do Pesque Pague. Todo mundo passou liso também, apenas alguns escorregões. Quando chegamos à estrada das chácaras, encontro um cara desesperado dizendo que o portão da casa dele caiu. A galera do noispedala não mediu esforços e pôs o portão nos trilhos, fazendo assim o nosso dever de cristão do dia.
Atravessamos a rodovia e descemos o cafezal. Quando já pensei que ninguém iria comprar um terreno, o Marquinho Caixeiro Viajante toma aquele escorregão e cai bonito no chão. O engraçado foi que ele ficou preocupado porque sujou o punho da bike dele. Nem observou que levou uns arranhões.
Subimos o morro que chega à BR 365, atravessamos a rodovia e finalizamos no Posto São Cristóvão, onde encontramos com o Zé da Star Bike com sua Speed limpinha e tiramos a foto sem todos os companheiros para registrar esse pedal noturno.
É isso aí galera. Quinta que vem tem mais. Fique ligado que teremos trilhas no fim-de-semana também.
Clique aqui e confira as fotos deste pedal noturno.
Confira o trajeto no GPS que fizemos ontem.