Diário de Bordo: Pedal da Band na Trilha Fantástica

Por Walder Filho e Renato Amaral

Trilha Fantástica
Trilha Fantástica

Galera toda reunida na porta da Band Bike. Hora da foto oficial e algumas orientações do Celinho à garotada.
Nossa primeira parada foi no Cristavo onde estava acontecendo um mutirão de pintura e grafite, chefiado pelo nosso grande cacique Magela. Dentre os voluntários da pintura tabmém estava o biker Vinícius Diógnes. Parabéns a todos.
Próxima Parada: Pista do Friends. Decidas espetaculares somadas a subidas técnicas e muito cascalho solto. Depois de alguns minutos já tinha gente perguntando onde ficava a água.
Depois de subir um topzinho, pegamos uma descida que era quase um Downhill até chegar à represa, onde trocamos uma idéia com o Ratinho e agradecemos a disponibilização da pista para os bikers. Logo à frente tivemos de descer um morrinho show (e perigoso também). Foi lá que o Tubarão levou um tombo preocupante. Ficou a lição aos que ainda não estão usando: o capacete quebrou, ele não.
Já na estrada, alguns bikers foram embora. De certa maneira foi uma sábia escolha pois o single track alucinante da matinha guardava uma surpresa para os que ficaram: um enxame de vespas foi batizando um por um os que desciam pela trilha. A galera saiu vendo ‘Estrelas’. Picadas de 8 a 80 tinha todo tanto. Só via o pessoal chegando desesperado, caindo da bike, tirando a camisa… alguns chegaram à pé, correndo. Só não foi engraçado tão para nosso amigo flamenguista que descobriu que tem alergia (ou será que se intoxicou de tantas picadas?) Segundo ele foram mais de 30. Ponto final: farmácia.
Mais uma vez o MTB se provou um esporte de contato extremo com a natureza: seja com o chão ou com as vespas. Assista o vídeo até o final para conferir o sensacional ataque aos bikers.
Assista ao vídeo editado pelo Luciano Pit Stop

Assista ao vídeo Fuga dos Marimbondos. KKKK

Confira as fotos
[nggallery id=276]