TV Noispedala: Entrevista com Júnio Alves e Silvinho Amorim, os campeões das América da Brasil Ride

Dia de festa em Patos de Minas. O Noispedala, amigos e familiares foram receber os atletas da Equipe Cemil, Silvinho Amorim e Júnio Alves, que neste último sábado, 26 de agosto, conquistaram a categoria American da Brasil Ride, a maior ultra maratona da América Latina.
Muita emoção e alegria marcou a chegada dos atletas patenses.
Confira como foi essa festa.

Imagens: Renato Amaral
Reportagem: Bruno Fernandes
Edição: Renato Amaral e Bruno Fernandes

Deu Brasil na Brasil Ride 13. Equipe Cemil vence na categoria Américas e Equipe Caloi é campeã na Open

A largada dos líderes no último estágio.
A largada dos líderes no último estágio.

E o Brasil foi campeão na Ultra Maratona Brasil Ride 2013. Quem venceu na Open, categoria que agrupa os atletas de elite e amadores foi a Equipe Caloi, composta por Henrique Avancini e Sherman Trezza de Paiva. Eles completaram os 7 estágios com um tempo acumulado de 23:36:36. Em segundo lugar ficaram os espanhóis Ismael Ventura e Ramon Sagues, seguidos por Christoph Sauser e Kohei Yamamoto.
A categoria America, que agrupa as equipes compostas por dois atletas americanos foi vencida pela Equipe Cemil, formada pelos atletas de Patos de Minas, Júnio Alves e Silvinho Amorim. Eles completaram os 7 estágios com o tempo acumulado de 25:42:35.
Segundo Silvinho, que possui excelentes resultados e títulos em eventos como Copa Internacional de MTB, Campeonato Brasileiro, World Cup, Cape Epic, Piocerá, Big Biker e Iron Biker, a Brasil Ride o surpreendeu. “Prova mais dura que já corri. Isso aqui é um mestrado de mountain bike”. Eles finalizaram em oitavo lugar na categoria Open.
Bart Brentjens e Abraao Azevedo foram os campeões na Master, Rebecca Rusch e Selene Yeager venceram na Ladies. Annabella Stropparo e Piero Pellegrini venceran na Mixed, Heleno Caetano Borges e Dorivaldo Correia de Abreu na Grand Masters e ANTONIO, PAULO e ANDRE venceram na categoria Corporate.
Em breve teremos mais detalhes.

Brasil Ride: Após o sexto estágio, Equipe Caloi mantém a camisa amarela e Equipe Cemil mantém a camisa branca.

Foto: Alexandre Cappi / Brasil Ride
Foto: Alexandre Cappi / Brasil Ride

A sexta etapa da Ultra maratona Brasil Ride acontece no momento da redação desta matéria. São 143,50 km com largada em Rio de Contas e chegada em Mucugê, onde amanhã será realizado o sétimo e último estágio, com 61,8 km.
Quem venceu hoje foi a equipe Specialized Racing – songinfo, com os atletas Sauser Christoph e Kohei Yamamoto. Henrique Avancini e Sherman Paiva da Equipe Caloi foram os quarto colocados no geral e mantiveram a camisa amarela.
O dia novamente foi bom para a Equipe Cemil. Silvinho e Juninho foram os segundos colocados entre as duplas das Américas e mantiveram a camisa branca. Segundo Silvinho, foi uma etapa muito dura, com muitas subidas e ao final,  15 km de asfalto com vento contra.
Não temos mais detalhes, pois ainda não foram divulgados os resultados oficiais de hoje e de ontem.

Juninho e Silvinho terminam o quinto estágio com a camisa dos melhores da América

Os patenses na Brasil Ride
Os patenses na Brasil Ride

Hoje deu Brasil na Brasil Ride! Henrique Avancini e Sherman Paiva foram os campeões. Com isso, eles deixaram de usar a camisa de melhores da américa e vestiram a camisa de vencedores de um estágio na categoria Open.
Com isso, quem vestiu a camisa de melhores da América no dia, foram Silvinho Amorim e Júnio Alves, que chegaram em oitavo lugar no geral, com o tempo de 04:43:52.
Somando os tempos dos 5 estágios já realizados, a dupla de Patos de Minas está em oitavo lugar no geral e segundo entre as duplas compostas por atletas das Américas, totalizando 14:50:45.
Amanhã o bicho pega com mais 143,50 km, largando em Rio das Contas com destino a Mucugê.
Vamos torcer pelos brasileiros!
Silvinho Amorim e Júnio Alves
Silvinho Amorim e Júnio Alves

Juninho e Ronaldo Tora Gonçalves, o responsável pela hidratação na Brasil Ride. Mais um patense.
Juninho e Ronaldo Tora Gonçalves, o responsável pela hidratação na Brasil Ride. Mais um patense.

Brasil Ride: Silvinho e Juninho continuam bem em etapa de XCO. Henrique Avancini vence.

Júnio Alves e Silvinho Amorim
Júnio Alves e Silvinho Amorim

Nesta terça feira foi disputado o terceiro estágio da Brasil Ride 2013. Um circuito de Cross country olímpico foi montado em Rio das Contas. Foram 5 voltas, totalizando 34,6 km. Para o acúmulo de tempo à classificação geral, é somado o tempo dos dois atletas, dividindo por dois esta soma. Se algum atleta da dupla toma uma volta, é acrescido uma hora ao tempo como penalização.
Quem levou a melhor neste estágio foi o brasileiro Henrique Avancini (Caloi), que recentemente venceu a temporada de 2013 da Copa Internacional de MTB.  Em segundo lugar ficou o japonês Kohei Yamamoto (Specialized Racing – songinfo) e em terceiro o belga Roel Paulissen (RH-RACINGit)
A Equipe Cemil, composta pelos patenses Silvinho Amorim e Júnio Alves teve mais um dia bom, mantendo a segunda colocação dentre as duplas da América. Juninho completou as cinco voltas com 1:44:57 e Silvinho com 1:46:00.
O quarto estágio será realizado amanhã em Rio das Contas, com largada às 08h (horário local). Serão 87,31 km com  2393 m de subidas acumuladas.
Em breve atualizaremos com mais detalhes.

TV Noispedala: Ronaldo Tora Gonçalves comenta sua participação no Cape Epic

Nosso amigo Ronaldo Tora Gonçalves chegou da África do Sul, onde pela primeira vez participou da maior ultramaratona de MTB do mundo o Cape Epic.
Ele conversou conosco e contou detalhes de sua participação. Ele e seu parceiro Maurício Marques de Castro conseguiram a melhor colocação dentre os brasileiros na categoria Master e a segunda melhor colocação dentre todas as duplas formadas por dois brasileiros.
No geral eles foram conseguiram a 274ª colocação e entre os masters eles conseguiram a 80ª colocação.

Assista

Tora conta com o patrocínio das seguintes empresas:

Ronaldo Tora Gonçalves e Maurício de Castro lideram entre as duplas brasileiras no Cape Epic 2012

Ronaldo Tora Gonçalves e Maurício de Castro lideram entre as duplas brasileiras no Cape Epic 2012
Ronaldo Tora Gonçalves e Maurício de Castro lideram entre as duplas brasileiras no Cape Epic 2012

O Cape Epic 2012 iniciou no último domingo, 25 de março com o prólogo. Patos de Minas mais uma vez está sendo representada. Ronaldo Tora Gonçalves participa pela primeira vez da prova. Ele e seu parceiro Maurício de Castro foram a segunda dupla a largar no domingo.
Além do prólogo, já foram completadas 5 estágios, totalizando 632 km de prova. Com os resultados acumulados, eles estão em 73º na categoria master e 243º na geral, com o tempo acumulado de 40:50.09,3.
A equipe deles que é denominada Mountaineers – Brazil, lidera entre as duplas formadas por dois ciclistas brasileiros até o momento. São 11 duplas formadas somente por competidores de nosso país. Com o estágio 5 finalizado, restam agora dois dias de prova, totalizando 149 km. Força Tora!
Christoph Sauser e Burry Stander são os líderes até o momento, seguidos pela dupla sulafricana que vem destacando até o momento, Kevin Evans e David George.
Tora conta com o patrocínio das seguintes empresas:

Confira a entrevista concedida com o Tora na véspera de seu embarque

Vídeos oficiais do Cape Epic 2012

O Cape Epic é uma competição que dispensa comentários. Considerado o Tour de France do MTB, ele é disputado na África do Sul, com as condições de captura de imagem que somente o continente africano proporciona.
São diversos vídeos, com destaque para os highlights de cada estágio. Confira.





Cape Epic 2012
Cape Epic 2012

TV Noispedala: Tora Racing (Ronaldo Gonçalves) participará do Cape Epic 2012

Quem acompanha o Noispedala já ouviu falar no famoso Tora Racing. Poucos conhecem ele como Ronaldo Gonçalves, principalmente no meio do ciclismo. Para muitos ele é um maluco. Ele já nos colocou em cada furada. Em  cada trilha que vocês não imaginam. com ele conhecemos o que é o fim da picada.

Tora Racing e seu parceiro Maurício Marques de Castro
Tora Racing e seu parceiro Maurício Marques de Castro

Além dele ser maluco, é de consenso que ele é um cara do bem. De coração bom. Super prestativo. Nunca vi ele falar não para ninguém.
O Tora é marido de aluguel e é um pai de família com duas filhas. A mais nova ele diz que é a futura Jaqueline Mourão. Acreditamos que ela será mesmo, pois a menina é ligada no 220. A adolescente já começa a pedalar assim que ele chegar da sua próxima aventura. Ele disse que ela vai começar devagarinho, “só 30 km no início”. Elas e sua esposa ficarão aqui no Brasil na torcida, juntamente com todos os seus amigos.
Ele tem resultados importantes em seu currículo, como dois títulos do Iron Biker, 3 vice-campeonatos no Rally Piocerá e outros resultados importantes na Copa Internacional de MTB, Big Biker, Copa Grande Sertão e Outros. Além disso, ele chegado dos gringos, por ter participado duas vezes como voluntário do Brasil Ride.
Agora chegou a hora de outro continente conhecer o Tora, junto com o seu companheiro Maurício Marques de Castro. Como ele mesmo diz, ele vai “botar para torar o ABSA CAPE EPIC”. Amanhã, 19 de março ele viaja para São Paulo onde embarcará para a África do Sul. Ele inicia dia 25 de março uma ultramaratona de 8 dias, 781km e 16.300 metros de desnível acumulado.
Assista à entrevista que ele nos concedeu.

Tora conta com o patrocínio das seguintes empresas:

Boa sorte Tora!

Diário de Bordo: Sérgio Zaggo no Claro Brasil Ride 2010 parte 1

O Claro Brasil Ride é a maior ultramaratona de mountain bike do Brasil. A primeira edição está acontecendo agora na Chapada Diamantina, interior da Bahia, de 14 a 19 de novembro.

TransTora, mais uma empresa do Grupo Tora Racing
TransTora, mais uma empresa do Grupo Tora Racing

Viajamos eu e o Tora (vulgo Ronaldo). Um lance legal aconteceu em uma de nossas paradas na viagem: encontramos com uma das carretas da TransTora, mais uma das empresas do Grupo Tora Racing, vejam a foto. O Tora está trabalhando como voluntário na organização, e eu estou curtindo um cicloturismo paralelo ao evento, com possibilidade de realizar as provas em parte ou em todo o percurso de cada etapa.
Como a prova é de nível internacional (vejam o hall da fama em www.clarobrasilride.com), os melhores atletas nacionais e estrangeiros estão por aqui. E as bikes então, nem se fala! E podem crer, as full estão dominando, eu diria que 80% das que estão aqui são FS. São cerca de 120 duplas.
No domingo aconteceu o prólogo, que foi um percurso curto, só 12 km, muito técnico, cujo objetivo era definir o grid de largada dos próximos dias.
Sérgio Zaggo em mais uma aventura pela Chapada Diamantina
Sérgio Zaggo em mais uma aventura pela Chapada Diamantina

Os caras estavam alucinados, loucos pra correr. E o circuito era só pedra e buraco. Os atletas mais bem colocados no prólogo saem na frente nas demais etapas. Um coisa interessante é que o vencedor fechou com 31 minutos, e uma dupla local, da Chapada, com equipamento muito inferior, fechou com 38 minutos em oitavo lugar!
O segundo dia foi pedreira, 135 km, de Mucugê a Rio de Contas. Teve estradão, descidas fortíssimas, single track na mata, chuva, e para fechar, 25 km de subida forte no final do trecho. Os caras chegaram destruídos (e nós inteiros, pedalamos somente os 50 km mais bacanas do trecho). A largada foi às 6:00 da matina, e às 21:00 ainda tinha gente chegando (creio que eram duplas que se recusaram a subir no vassourão).
A terceira etapa aconteceu hoje, 85 km com um primeiro trecho bastante técnico, de descidas fortes em pedras, e depois muito morro. Nós largamos junto com os competidores e pedalamos a etapa toda, e deixamos até umas duplinhas pra traz.
Temos ainda mais três dias de competição, vou ficar ligado aqui e relato pra vocês. Enquanto isso vão conferindo no site do evento.

Confira algumas fotos desta ultra aventura

[nggallery id=170]