Cobertura: Primeira etapa Copa Cemil de Ciclismo – Circuito – Lagoa Grande

Foi dada a largada para a etapa de 2012 da Copa Cemil de Ciclismo. E começou muito bem. Cerca de 70 atletas de Patos de Minas, Patrocínio, João Pinheiro, Uberlândia, Araguari, Guimarânia, Carmo do Paranaíba, Serra do Salitre, Coromandel e Araxá.

Cerca de 70 atletas de diversas cidades da região participaram da primeira etapa
Cerca de 70 atletas de diversas cidades da região participaram da primeira etapa

Os atletas foram agrupados em seis categorias. Com a extinção da Sub 30 e da Estreantes, foi criada a Open. E também foi lançada a categoria Elite Feminina.
E não foi só a quantidade de participantes que chamou a atenção. A Lagoa Grande recebeu uma enorme presença de pessoas para assistir a prova.
Na elite, uma bela corrida com 13 participantes e uma chegada emocionante. Flávio Fernando de Amorim e Wiliam Ferraz cruzaram a linha de chegada praticamente juntos, homenageando nosso amigo Iata Anderson.
Iata vem se recuperando bem e a torcida é que ele retorne a rodar conosco o mais breve possível. Parabéns aos ciclistas pelo ato e ao Wiliam Ferraz pela vitória na primeira etapa.
Atletas da categoria Elite Masculino
Atletas da categoria Elite Masculino

Ana Paula de Patos de Minas levou a melhor na Elite Feminino. Osvaldo Henrique de Patrocínio venceu na open. Na Master A quem venceu foi Hugo de Araújo e Gilmar Guimarães chegou em primeiro na Master B. Jhefferson Ferreira foi o campeão na Júnior.
O evento foi realizado pela Liga Patense de Ciclismo e contou com o apoio da Cemil, da Prefeitura Municipal de Patos de Minas e Noispedala.
A Prefeita Municipal Béia Savassi marcou presença e teve a honra de premiar os ciclistas que receberam além da premiação em dinheiro, uma linda medalha personalizada.
O Noispedala deixa aqui registrado os parabéns aos organizadores, principalmente ao Pelezinho que realizaram um evento com bastante organização e também a  todos os patrocinadores.

Confira os primeiros colocados em cada categoria:

Feminina
1-Ana Paula – Patos de Minas
2-Lara Naves – Uberlândia
3-Aline Abadia – Carmo do Paranaíba
4-Mirian Pamplona – Uberlândia
 
Open
1- Osvaldo Henrique – Patrocínio
2- Márcio José – Patos de Minas
3- Robson Marques – Patos de Minas
4- Edmundo Vieira – Patrocínio
5- João Ricardo – João Pinheiro
 
Junior
1-Jhefferson Ferreira – Araguari
2- Marco Túlio – Patos de Minas
3- Silomar Gonçalves – Patos de Minas
4- Felipe Oliveira – Patos de Minas
5- Mateus Costa – Serra do Salitre
 
Master B
1- Gilmar Guimarães – Uberlândia
2- Romes Jose – Patos de Minas
3 -Ronaldo Gonçalves (Tora) – Patos de Minas
4- Rogerio Dias (professor) –  Patos de Minas
5- Ronival Caetano – Patos de Minas
 
Master A
1- Hugo de Araujo – Uberlândia
2- Marcus Vinicius – Araguari
3- Silvio Otávio –  Patos de Minas
4- Flavio André (Flavim) – Patos de Minas
5- Reinaldo marques – Patos de Minas
 
Elite
1- Willian Ferraz –  Patrocínio
2- Flavio Fernando – Patos de Minas
3- Pedro Henrique – patos de Minas
4- Junio Alves – Patos de Minas
5- Geison Rabelo – Patrocínio

Chegada da Elite com homenagem ao Iata

Imagens de Guilherme Heráclito

Confira as fotos

[nggallery id=308]
[nggallery id=309]

Diário de Bordo: Ponte, Pedreiras e Friends 03/12/2009

O cartão amarelo do Marco Túlio está registrado na súmula
O cartão amarelo do Marco Túlio está registrado na súmula

Olá galera do NPD. Aqui é o Hebinho e dessa vez não pude escapar, o Diário de Bordo ficou com a minha responsabilidade.
O único companheiro que justificou sua ausência foi o Euler Caixeiro Viajante, porém a vontade de pedalar era tão grande, que o mesmo compareceu no pedal noturno.
E mais uma vez, recorde quebrado. 40 bikers, isso mesmo! E a expectativa a cada semana aumenta, e não sabemos onde isso vai parar. É isso galera, FORÇA NO PEDAL!
O guia da noite foi o Cacique Magela e Juninho – Melhor de Patos! E o fotógrafo mais uma vez foi o nosso Mestre dos Magos, Kuririn, e como gosta de tirar fotos, era um flash atrás do outro, foram no total 249 fotos, e como diria o nosso querido amigo Marco Túlio: MAGAVILHA.
Partimos às 19:04, em frente a Padaria Rosário, onde devorei um delicioso sanduba natural e um guaraná mineiro. Fomos sentido, Av. Paracatu, e descemos na Av. Padre Almir, onde a quantidade de bikers era imensa, chamando a atenção de todos no trânsito e nas calçadas, e como o Cacique Magela estava presente, todos respeitaram as leis de trânsito.
Fizemos uma pequena parada em frente a Band Bike, onde convidamos a galera pra pedalar, ajudando na quebra do Record. Logo, atravessamos a ponte do Rio Paranaíba, e entramos no estradão. Vale, lembrar que São Pedro colaborou muito, pois não caiu nenhuma gota de chuva durante o trajeto.
O Luís Farol de Carreta, me impressionou. Diante dos últimos fatos, achei que ele iria pedalar com um pouco de receio. Mas, não… estava subindo e descendo as estradas como ninguém.
Se não me engano, esse trilha noturna foi a mais puxada, pois é um trecho com várias subidas bem fortes, porém ninguém desanimou. Até os novatos, estavam pedalando forte.
Na volta, o nosso guia Juninho, decidiu atalhar por uma trilha, e foi o melhor da noite. Teve uma descida muito forte, e a maioria dos bikers levou a magrela nos ombros, uma parte que resolveu descer, caíram, e a elite passou tranqüilo como sempre.
O Lélé como não podia ficar pra trás, quase caiu em um mata-burros, coincidência ou não, ele estava matando aula mais uma vez.
Na chegada, um fato engraçado… até que enfim! o Dr. Valner, esqueceu de retirar a sapatilha, e aquele tombinho que não machuca ninguém. E isso já era quase 22:00 hs.
O Marco Túlio, mais uma vez foi chamado nas chinchas pelo Cacique Magela, pois é o único que dispara na frente e não ouve ninguém. O julgamento dele no STJD foi marcado pra essa semana.
Chegando na cidade, a galera se espalhou. Muitos foram embora, e a galera da coquinha compareceu no Disney Lanches, na praça Bandeirantes.
È isso galera, deixem seus comentários, e até a próxima!
Confira as fotos
[nggallery id=32]

Diário de bordo: Pedal noturno Cenourinha e Dólar

Bom dia, boa tarde e boa noite a todos os visitantes. Aqui quem vos fala é Bruno Fernandes, responsável mais uma vez pelo Diário de Bordo, pois o irresponsável que havia assumido o compromisso de redigir essa semana faltou.

Recorde quebrado. 35 bikers no pedal noturno.
Recorde quebrado. 35 bikers no pedal noturno.

Comecemos pelos telefonemas e telegramas recebidos justificando ausências. O Magela telefonou dizendo que por motivo de viagem não poderia participar, e desejou a todos uma ótima trilha. Por telegrama moderno (MSN) o Hebinho informou que não poderia ser o redator do diário de bordo devido a afazeres profissionais e políticos. O Gleidsson que seria um dos guias também por motivo de viagem, justificou a ausência e informou que semana que vem está firme. O Lelé por motivos educacionais, morais e cívicos não pôde matar aula de novo. E finalmente o Franguinho que justificou sua ausência com base nas quedas consecutivas que ocasionou um leve amassado em seu rabo.
Então damos início efeito ao diário de bordo que infelizmente não será tão bacana como a pedalada noturna, pois ninguém caiu, ninguém errou caminho e não aconteceu nenhum fato extraordinário.
Quando cheguei à Power Bike, já percebi que o recorde de bikers seria quebrado. Fiquei muito satisfeito em ver que havia muitos companheiros novos. As calçadas estavam tomadas de bicicletas e ainda havia gente para chegar.
Eram 19h03min quando saímos pela Rua Major Jerônimo, sentido balão da Wolks guiados pelo Euler Caixeiro Viajante e pelo Herlley da Power Bike. A quantidade de bikes em fila indiana me surpreendeu. Subimos a Major Gote, pegamos a Marabá e logo no posto do primeiro balão, onde paramos e contamos a galera. 35 bikers. Com o recorde quebrado, descemos pelas ruas do Enduro do Milho 2009, chegando até o local onde estava o último PC do mesmo enduro. Foi quando demos o início da subida do Cenourinha, onde fomos ver quem pedala de verdade. Muita gente não agüentou e acabou empurrando um pouco. Mas afinal tinha gente que tava fazendo a primeira trilha. Força galera! Não desanima não.
No mesmo momento que o Kuririn tava no final do morro, ele descia e subia novamente, registrando a galera. Cada pedalada era um flash. Mais uma vez houve a tradicional disputa de quem tem a lanterna mais forte. Houve algumas discordâncias, mas quem  ganhou foi o Luis do São Lucas, vencendo na final o Coelho 38 Bala. Quando chegamos ao Posto Cometa, paramos para algumas pessoas abasteceram suas garrafinhas e fizemos a foto oficial. Neste momento sete bikers, voltaram acusando que tinham compromisso. Tudo bem, a gente perdoa.
Minutos depois saímos em direção ao estradão e a galera aproveitou a ausência do Cacique Magela e entrou na contramão na rodovia, evitando fazer o trevo. Certeza que terá advertência. Seguimos pelo estradão, todo mundo unido e o papo rolava forte. Viramos sentido Dólar e na descida, a bicicleta do Bocão da Lana Mayrink parecia um touro. Gineteava para todos os lados e o Bocão ficava firme em cima da bike. Por incrível que pareça ninguém caiu na descida do dólar.
Não vou falar do Marquinho da funerária, pois o cara deve ta cansado dessas brincadeiras. Mas fica o registro desse novo companheiro. Chegamos à BR e advinha quem tava lá novamente? A Gata Seca. Veja ela nas fotos quem ta com vontade de conhecê-la.
Entramos pela pista da estrada agrícola sonhando com uma pizza. Chegamos à Star Lanches do nosso amigo Vaninho e tomamos conta de sua garagem com bikes. Impressionante a quantidade. Ficou bonito. Vejam só:
Tá parecendo o depósito de bikes furtadas
Tá parecendo o depósito de bikes furtadas

Estavam lá nos esperando à família do Luis do São Lucas e o Hebinho, que ficou lá reclamando por não ter conseguido participar do pedal.
E quando estávamos saboreando a deliciosa pizza do Vaninho, eis que a chuva muito pedida por todos nós, dá a graça de irmos molhando até chegarmos em casa ensopados.
Gostaria muito de citar o nome de todo mundo que pedalou hoje e contribuiu para a quebra do recorde, mas é impossível. Então você que pedalou e leu até aqui, deixe seu comentário sobre o que achou do pedal. Você que não pedalou, deixe seu comentário também e venha pedalar com a galera do noispedala.
Clique aqui e veja as fotos do pedal noturno da subida do Cenourinha e descia do Dólar.