Luquinhas Borba vence o Red Bull Desafio das Cruzes

Luas vence o Red Bull Desafio das Cruzes
Luas vence o Red Bull Desafio das Cruzes

Mais de 8.000 pessoas vibraram com os pilotos brasileiros, peruanos e norte-americanos neste sábado (18/05) em Ouro Preto. Cada descida era um show do público que lotou as ladeiras de Ouro Preto.
O cenário não podia ser melhor. O evento foi o último da trilogia Red Bull de down hill em Minas Gerais. A prova no mesmo formato já havia sido realizada nas ladeiras de Congonhas e Mariana.
O Noispedala esteve em Ouro Preto com sua tradicional cobertura. Desta vez rolou até transmissão ao vivo. Em breve você poderá conferir os melhores momentos do evento na TV NPD.
Apenas 20 pilotos foram convidados. Pela manhã de sábado foram realizados os treinos. Logo depois cada piloto teve oportunidade de dar o seu show sozinho, classificando assim os 16 mais rápidos.
Um dos saltos que levantou os 8.000 presentes
Um dos saltos que levantou os 8.000 presentes

Às 14 horas o circo pegou fogo. Em formato de mano a mano, os 16 mais rápidos duelaram ladeira abaixo, até a decisão, onde o jovem catarinense Lucas Borba levou a melhor faturou um belíssimo trofeu. Ele é uma das maiores promessas do MTB nacional e atual campeão Pan Americano junior, ele bateu o paulista Wallace Miranda na final e ficou com o primeiro lugar, fazendo a festa da galera –  mais de oito mil pessoas que acompanharam a prova. Fechando o pódio, o anfitrião Bernardo Cruz foi o terceiro colocado.
Clique aqui e confira todas as fotos da prova em nossa fanpage do Facebook.
As feras do Down hill
As feras do Down hill

Noispedala transmitirá ao vivo o Desafio das Cruzes de downhill em Ouro Preto

Montagem da primeira rampa após da largada. Foto: Rogério Bernardes
Montagem da primeira rampa após da largada. Foto: Rogério Bernardes

No próximo sábado às 14 horas o Noispedala, em parceria com a Red Bull transmitirá ao vivo o evento que promete virar referência em território brasileiro.
A corrida pelo ouro em Minas Gerais agora em sua versão downhill.” Esse é o slogan da competição que reunirá 19 pilotos brasileiros, peruanos e norte-americanos, para disputar o Red Bull Desafio das Cruzes.
A prova será realizada em uma pista de 600 metros, montada pela equipe da Copa Internacional de MTB, sob supervisão de Rogério Bernardes. Ela passa pelas conhecidas ladeiras cheias de histórias.
É esperado um grande público, de todos os lugares do Brasil. A largada será na igreja São Francisco de Paula e chegada na Igreja Matriz da Nossa Senhora do Pilar, ambas no centro histórico de Ouro Preto.
Fique ligado e não perca nenhum salto. Marque aí em sua agenda. Sábado, 18 de maio às 14 horas.
Bernardo é um dos favoritos à vitória no Red Bull Desafio das Cruzes
Bernardo é um dos favoritos à vitória no Red Bull Desafio das Cruzes

Confira os pilotos confirmados para a prova:

NOME ATLETA APELIDO ESTADO
Bernardo Cruz MG
Guilherme Fernandes Bisarria Carioca MG
Leonardo Mattioli MG
Alex MG
Lucas Marri Ludolf Freitinhas
Theo Duarte de Mello Jóóóórge RJ
Tiago da Silva Farinelli RJ
Diego “Knob” Neumann Knob RJ
Lucas Eduardo Alves de Borba Lukinha SC
Markolf Bercthold Alemão SC
Nataniel Giacomozzi Nata SC
Leandro Campovilla Kbelinho SP
Walace Miranda SP
Gabriel Oliveira “Filho do Wallace” SP
Sean McClendon Griz California EUA
Sebastian Alfaro ATHLETE TBC PERU
Rafael de Paula Fael SP
Wellington Sebastiao dos Santos Zoi MG
André Bretas MG

Resultados do Mundial Máster de MTB. Confira como foi a participação de Silvinho Amorim

Silvinho amorim foi o 11º colocado no Mundial Máster de MTB
Silvinho amorim foi o 11º colocado no Mundial Máster de MTB

Balanço positivo da participação brasileira no Mundial de Mountain Bike Máster, que foi realizado pelo terceiro ano consecutivo, em Balneário Camboriú.
O Brasil fechou a participação no evento com um total de 23 medalhas, 10 a mais que no ano passado. Esse ano, o Brasil terminou com cinco medalhas de ouro, nove de prata e nove de bronze. Em 2011 foram 10 medalhas para o Brasil.
Em três dias de competições, 550 atletas de 23 países batalharam pelas 60 medalhas em disputa nas 20 provas realizadas no Parque Unipraias.
Silvinho Amorim (Patos de Minas) e César Moura (Uberlândia) participaram. Dentre os 55 ciclistas da categoria Men 35/39, Silvinho (Cemil) foi o 11º colocado. César Moura sentiu dores e não conseguiu completar a prova. Ele participou na categoria Men 30/34, que contou com 64 ciclistas.
Silvinho comentou: “Pra mim mais este Mundial serviu muito, pois sabemos que mesmo quando estamos bem treinados, precisamos também usar a cabeça para correr bem, alimentar, descansar e saber aplicar a força na hora certa, pois no Cross Country, isso tudo, no montante faz a diferença. A pista este ano foi muito boa, trilhas em matas além de longas subidas, que em 3,7km de pista subíamos 220metros por volta, no total de 5 voltas. Não fiz uma boa largada e no início fui recuperando mas as pernas não estavam bem naquele dia, e fui lutando daí para terminar a prova, pois vários atletas nacionais e internacionais desistiram de terminar a prova pois o calor e a altitude era muito grande.”
Ele complementa: “Gostaria de agradecer a todos que estiverem na torcida por mim no Campeonato Mundial. Em especial a CEMIL (Beba Saúde.Beba Cemil) que vem me patrocinando a 2 anos, já que com este patrocínio consegui ganhar vários títulos. O sonho maior é poder chegar bem próximo a um pódium no Mundial mas sabemos que no Brasil o MTB precisa crescer muito ainda em se comparando com os Italianos que já nascem na BIKE. Tenho tido bastante disciplina e treinamento especializando cada dia mais e espero um dia poder almejar deste título se DEUS quiser. Agradeço também a Star Bike, Medley Escola de Natação, OCE Treine.net, Hugo Prado Neto meu treinador, Cia do Corpo, Noispedala, Giro Sport Center de BH e também minha família que sempre me apoia pois sabemos que durante a temporada ficamos muito ausente. Obrigado a todos de coração e nunca devemos desistir de nossos objetivos.”
O evento foi organizado e realizado pela Federação Catarinense de Ciclismo pelo terceiro ano consecutivo no Parque Unirpraias em Balneário Camboriú e serviu para definir os campeões mundiais nas modalidades de downhill e cross country para os atletas com mais de 30 anos.
Em 2013, o Mundial de Mountain Bike Máster será realizado na África do Sul.

RESULTADO OFICIAIS

CROSS COUNTRY MASCULINO

CATEGORIA – 30-34
OURO – Fabio Zampese – Itália –
PRATA – Damiano da Silva Militão – Brasil
BRONZE – Tony José Castro Ojeda – Venezuela 
CATEGORIA – 35-39
OURO – Mássimo Folcarelli – Itália
PRATA – Marconi Soares Ribeiro – Brasil
BRONZE – Joseilton “Paraíba” Gomes – Brasil
CATEGORIA – 40-44
OURO – Manfredi Zaglio – Itália
PRATA – Abraão Azevedo – Brasil
BRONZE – Nico Pfitzenmaier – África do Sul
CATEGORIA – 45-49
OURO – Jean Paul Stephan – França
PRATA – Joselin Savedra – Colômbia
BRONZE – Rafael Ricardo Garrido Rodriguez – Venezuela
CATEGORIA – 50-54
OURO – Jean Malot – França
PRATA – Carlos Alfonso Muñoz Rivera – Colômbia
BRONZE – Balthazard Patrick – França
CATEGORIA 55-59
OURO – Benny Anderson – Suécia
PRATA – Robert Anderson – Canadá
BRONZE – Dilermano Fátima Melo – Brasil
CATEGORIA 60-64
OURO – Hélio Vilela de Carvalho – Brasil
PRATA – Gerard Bertrand – França
BRONZE – Evilásio Wielewski – Brasil
CATEGORIA 65+
OURO – Christian Jupillat – França
PRATA – Valdemar França Soares – Brasil
BRONZE – Guy Durand – França

CROSS COUNTRY FEMININO

CATEGORIA 30-34
OURO – Fabíola Ariana Tucci Ron – Venezuela
PRATA – Márcia Alejandra Carreaquel – Venezuela
BRONZE – Graciela Vargas – Argentina
CATEGORIA 35-39
OURO – Carina Renné Olalla – Argentina
PRATA – Lorena Carina Fernandez – Argentina
BRONZE – Yanis Hernandez Quintero – Venezuela
CATEGORIA 40-44
OURO – Samira Todone – Itália
PRATA – Christine Irelan – Estados Unidos
BRONZE – Florência Padilla – Argentina
CATEGORIA 45-49
OURO – Maria Alejandra de Bernardi – Argentina
PRATA – Jacqueline Edith Brugnoli – Argentina
BRONZE – Luisa Saft – Brasil
CATEGORIA 50+
OURO – Gjertrude Boe – Noruega
PRATA – Raquel Gontijo – Brasil
BRONZE – Rita Maria Cerutti – Argentina

DOWNHILL MASCULINO 

CATEGORIA 30-34
OURO – Robert Sgarbi – Brasil – 2min17s33
PRATA – Ruben Castro Carril – Espanha – 2min19s95
BRONZE – Anderson Luis Robl – Brasil – 2min19s97
CATEGORIA 35-39
OURO – Sebastian Vasquez – Chile – 2min19s72
PRATA – Alcides “Juninho” Cruz – Brasil – 2min20s42
BRONZE – Carlos Castillo – Costa Rica – 2min23s10
CATEGORIA 40-44
OURO – Matt Thompson – EUA – 2min24s22
PRATA – Lars Tribus – EUA – 2min24s97
BRONZE – Ayr Assis Freitas – Brasil – 2min28s68
CATEGORIA 45-49
OURO – Miguel Caldas Giovanini – Brasil – 2min25s96
PRATA – Luiz Antonio Archer – Brasil – 2min34s75
BRONZE – Francisco Innamorato – Brasil – 2min37s79
CATEGORIA 50+
OURO – Benoit Fellay – Suíça – 2min38s44
PRATA – Jean-Fred Tissot – Suíça – 2min59s64
BRONZE – Rofolfo Martinez Roulet – Argentina – 3min00s47

DOWNHILL FEMININO

CATEGORIA 30-34
OURO – Patrícia Loureiro – Brasil – 2min50s13
PRATA – Vanessa Azevedo – Brasil – 2min56s10
BRONZE – Patrícia Valenti – Brasil – 3min28s06
CATEGORIA 35-39
OURO – Gilmara Leiner – Brasil – 3min33s96|
PRATA – Luiza Lobato – Brasil – 6min04s83
BRONZE – Regiane Sales – Brasil – 8min56s41

Acompanhe ao vivo o Mundial de MTB Master


Caso esteja acessando de um dispositivo móvel, como iPad ou iPhone, clique aqui.

Programação

SÁBADO – DIA 15
8h30 – Final Masculino XCO – Categoria 50-54
9h às 10h – Treino DHI Feminino – Sem paradas
10h às 12h – Treino DHI Masculino – Sem paradas
10h30 – Final Masculino XCO – Categoria 45-49
12h – Encerramento das confirmações de inscrições para provas de XCO do domingo
12h30 – Cerimônia de Premiação
14h às 16h – Finais do Downhill – Todas as categorias
16h30 – Cerimônia de Premiação
DOMINGO – DIA 16
8h30 – Final Masculino XCO – Categoria 40-44
11h – Final Masculino XCO – Categoria 35-39
13h30 – Cerimônia de Premiação
14h – Final Masculino XCO – Categoria 30-34
16h – Cerimônia de Premiação