Resultados primeira etapa Copa Race Track 2015

MASCULINO A

0 Atleta Nome Tempo Total
1 103 VITOR ZAPE 0:34:45

MASCULINO B

0 Atleta Nome Tempo Total
1 214 WENDERSON GOMES PEREIRA 0:30:13
2 212 DANIEL DE ASSIS SOUZA 0:32:47
3 206 HEBERT GABRIEL SANTOS SILVA 0:32:52
4 217 LUIS GUSTAVO MARTINS 0:33:11
5 211 CLENIO GONCALVES PEREIRA 0:34:49
6 218 MATHEUS BARRA 0:36:13
7 203 MARCELO ANDRADE TCHELO 0:36:19
8 220 JOSE ESIO RIBEIRO DE SOUSA 0:37:22
9 205 ANDRE FONTE BOA 0:38:15
10 208 WALDER MARTINS FERREIRA FILHO 0:38:29
11 210 BRENO AUGUSTO DE SOUSA TEIXEIRA 0:38:36
12 202 LUCAS MARQUES DE OLIVEIRA 0:40:51
13 216 MARCELINO RODRIGUES DEL PANTA 0:41:52
14 201 EDUARDO CORRÊA DE ARAUJO 0:42:29
15 200 PAULO SÉRGIO DOS SANTOS 0:42:58
16 219 WESLEY DE SOUSA 0:44:49
27 209 HERMANO ALMEIDA SIQUEIRA 0:45:08
18 213 LUCAS CAIXETA 0:45:31
19 215 ARTHUR DO VALLE RAMOS A. RESENDE 0:48:21
20 221 DOUGLAS AFRANIO 1:03:51

MASCULINO C

0 Atleta Nome Tempo Total
1 317 EDSON DOS REIS RAFAEL 0:28:23
2 318 CLEIDSON PEREIRA 0:29:16
3 329 EDSON DA MOTA MAGALHAES 0:31:31
4 321 CARLOS HUMBERTO NOGUEIRA 0:31:41
5 316 CLOVIS RODRIGUES NOGUEIRA 0:34:42
6 312 JULIO CESAR FONSECA 0:34:56
7 336 WILSON DOS SANTOS 0:35:27
8 325 ROGERIO LUCAS DE OLIVEIRA 0:35:35
9 332 FLAVIO ANDRÉ 0:35:53
10 326 SEBASTIAO JOSE MOREIRA 0:36:42
11 308 GERALDO GASPAR CASSIANO 0:38:19
12 307 MAGNE MARCOS CAIXETA 0:38:23
13 303 JÚLIO CÉSAR DIAS 0:38:34
14 305 DARCI MARQUES 0:38:44
15 304 FRANCISCO SOUSA JUNIOR 0:40:16
16 335 SERGIO HENRIQUE 0:41:13
17 301 CRISTIANO ALZINO DA FONSECA 0:41:52
18 330 ANTONIO JOSE REIS 0:43:33
19 306 EDIR LAFAIETE ALVES 0:43:46
20 309 ROBERTO CARLOS DE SOUSA 0:44:07
21 334 DANIEL HENRIQUE SOARES 0:45:16
22 320 JULIO GONÇALVES 0:49:11
23 331 RICARDO NOGUEIRA COELHO 0:49:47
24 310 ALISSON DOS REIS LACERDA 0:49:57
25 333 JOAO MARCOS DE LIMA DIAS 0:50:27
26 311 GILSON JOSE DE CARVALHO 0:51:25
27 302 HEBER QUEIROS ARAÚJO 0:53:09
28 323 PAULO CESAR FERREIRA 0:56:18
29 324 RODOLPHO OLIVEIRA GOMES 0:58:15
30 300 FÁBIO ZANOLI PINHEIRO 0:59:10
31 327 LEONARDO MORGADO 0:59:36

FEMININO A

0 Atleta Nome Tempo Total
1 403 PATRICIA RIBEIRO PEREIRA 0:42:41
2 408 NATHALIA DO VALLE 0:48:40
3 400 GRACIANE NAVES PEREIRA DA COSTA 0:48:55
4 407 IZADORA CARDOSO 0:50:17
5 401 KARLA MENDONÇA HONORATO 0:52:37
6 402 ISABELA PERES 0:59:11
7 405 NATHALIA AZEVEDO 0:59:34
8 406 GABRIELA OLIVEIRA LIMA 0:59:35

FEMININO B

0 Atleta Nome Tempo Total
1 508 GISELLE GONÇALVES GUIMARAES 0:42:38
2 520 VIVIAN DE FATIMA PAMPLONA SILVA 0:45:26
3 519 ERNESTINA APARECIDA CAIXETA 0:47:16
4 510 MARCIA CRISTINA DE SANTANA 0:47:31
5 501 VANESSA VERSIANI FERNANDES SANTOS 0:49:23
6 509 DANIELA CRISTINA AZEVEDO 0:49:55
7 516 THAISE CRISTINA DE MIRANDA 0:50:35
8 506 EDUARDA PAULA TORRES ARAUJO ALVES 0:50:38
9 505 KARLA CRISTINA SILVA 0:50:41
10 513 JUNICE MARIA PEREIRA 0:53:17
11 503 LÍLIA APARECIDA GOMES 0:53:38
12 500 LÍDIA MARA PEREIRA SILVA 0:53:40
13 515 MARIA CECILIA RAMOS MARQUES PIAU 0:54:20
14 523 EDILAINE GERALDA MARTINS 0:56:09
15 518 PAULIMARIA SOUZA GONÇALVES 0:56:20
16 522 NELVALANDIA JESUS DILVA 0:57:11
17 524 CRISTINA MATOS SILVA E DIAS 0:58:39
18 502 KARLA PIMENTA FARIA 0:59:12
19 514 CAROLINE SEIBT 0:59:29
20 511 CYNTHIA MORAIS 0:59:29
21 521 DEBORA CHRISTIANE SILVA 1:00:03
22 507 LILIANE MENDES DE ANDRADE VALADAO 1:03:52
23 504 ALINE CAIXETA 1:06:13

GERAL

0 Atleta Nome Categoria Tempo Total
1 317 EDSON DOS REIS RAFAEL MASCULINO C 0:28:23
2 318 CLEIDSON PEREIRA MASCULINO C 0:29:16
3 214 WENDERSON GOMES PEREIRA MASCULINO B 0:30:13
4 329 EDSON DA MOTA MAGALHAES MASCULINO C 0:31:31
5 321 CARLOS HUMBERTO NOGUEIRA MASCULINO C 0:31:41
6 212 DANIEL DE ASSIS SOUZA MASCULINO B 0:32:47
7 206 HEBERT GABRIEL SANTOS SILVA MASCULINO B 0:32:52
8 217 LUIS GUSTAVO MARTINS MASCULINO B 0:33:11
9 316 CLOVIS RODRIGUES NOGUEIRA MASCULINO C 0:34:42
10 103 VITOR ZAPE MASCULINO A 0:34:45
11 211 CLENIO GONCALVES PEREIRA MASCULINO B 0:34:49
12 312 JULIO CESAR FONSECA MASCULINO C 0:34:56
13 336 WILSON DOS SANTOS MASCULINO C 0:35:27
14 325 ROGERIO LUCAS DE OLIVEIRA MASCULINO C 0:35:35
15 332 FLAVIO ANDRÉ MASCULINO C 0:35:53
16 218 MATHEUS BARRA MASCULINO B 0:36:13
17 203 MARCELO ANDRADE TCHELO MASCULINO B 0:36:19
18 326 SEBASTIAO JOSE MOREIRA MASCULINO C 0:36:42
19 220 JOSE ESIO RIBEIRO DE SOUSA MASCULINO B 0:37:22
20 205 ANDRE FONTE BOA MASCULINO B 0:38:15
21 308 GERALDO GASPAR CASSIANO MASCULINO C 0:38:19
22 307 MAGNE MARCOS CAIXETA MASCULINO C 0:38:23
23 208 WALDER MARTINS FERREIRA FILHO MASCULINO B 0:38:29
24 303 JÚLIO CÉSAR DIAS MASCULINO C 0:38:34
25 210 BRENO AUGUSTO DE SOUSA TEIXEIRA MASCULINO B 0:38:36
26 305 DARCI MARQUES MASCULINO C 0:38:44
27 304 FRANCISCO SOUSA JUNIOR MASCULINO C 0:40:16
28 202 LUCAS MARQUES DE OLIVEIRA MASCULINO B 0:40:51
29 335 SERGIO HENRIQUE MASCULINO C 0:41:13
30 216 MARCELINO RODRIGUES DEL PANTA MASCULINO B 0:41:52
31 301 CRISTIANO ALZINO DA FONSECA MASCULINO C 0:41:52
32 201 EDUARDO CORRÊA DE ARAUJO MASCULINO B 0:42:29
33 508 GISELLE GONÇALVES GUIMARAES FEMININO B 0:42:38
34 403 PATRICIA RIBEIRO PEREIRA FEMININO A 0:42:41
35 200 PAULO SÉRGIO DOS SANTOS MASCULINO B 0:42:58
36 330 ANTONIO JOSE REIS MASCULINO C 0:43:33
37 306 EDIR LAFAIETE ALVES MASCULINO C 0:43:46
38 309 ROBERTO CARLOS DE SOUSA MASCULINO C 0:44:07
39 219 WESLEY DE SOUSA MASCULINO B 0:44:49
40 209 HERMANO ALMEIDA SIQUEIRA MASCULINO B 0:45:08
41 334 DANIEL HENRIQUE SOARES MASCULINO C 0:45:16
42 520 VIVIAN DE FATIMA PAMPLONA SILVA FEMININO B 0:45:26
43 213 LUCAS CAIXETA MASCULINO B 0:45:31
44 519 ERNESTINA APARECIDA CAIXETA FEMININO B 0:47:16
45 510 MARCIA CRISTINA DE SANTANA FEMININO B 0:47:31
46 215 ARTHUR DO VALLE RAMOS A. RESENDE MASCULINO B 0:48:21
47 408 NATHALIA DO VALLE FEMININO A 0:48:40
48 400 GRACIANE NAVES PEREIRA DA COSTA FEMININO A 0:48:55
49 320 JULIO GONÇALVES MASCULINO C 0:49:11
50 501 VANESSA VERSIANI FERNANDES SANTOS FEMININO B 0:49:23
51 331 RICARDO NOGUEIRA COELHO MASCULINO C 0:49:47
52 509 DANIELA CRISTINA AZEVEDO FEMININO B 0:49:55
53 310 ALISSON DOS REIS LACERDA MASCULINO C 0:49:57
54 407 IZADORA CARDOSO FEMININO A 0:50:17
55 333 JOAO MARCOS DE LIMA DIAS MASCULINO C 0:50:27
56 516 THAISE CRISTINA DE MIRANDA FEMININO B 0:50:35
57 506 EDUARDA PAULA TORRES ARAUJO ALVES FEMININO B 0:50:38
58 505 KARLA CRISTINA SILVA FEMININO B 0:50:41
59 311 GILSON JOSE DE CARVALHO MASCULINO C 0:51:25
60 401 KARLA MENDONÇA HONORATO FEMININO A 0:52:37
61 302 HEBER QUEIROS ARAÚJO MASCULINO C 0:53:09
62 513 JUNICE MARIA PEREIRA FEMININO B 0:53:17
63 503 LÍLIA APARECIDA GOMES FEMININO B 0:53:38
64 500 LÍDIA MARA PEREIRA SILVA FEMININO B 0:53:40
65 515 MARIA CECILIA RAMOS MARQUES PIAU FEMININO B 0:54:20
66 523 EDILAINE GERALDA MARTINS FEMININO B 0:56:09
67 323 PAULO CESAR FERREIRA MASCULINO C 0:56:18
68 518 PAULIMARIA SOUZA GONÇALVES FEMININO B 0:56:20
69 522 NELVALANDIA JESUS DILVA FEMININO B 0:57:11
70 324 RODOLPHO OLIVEIRA GOMES MASCULINO C 0:58:15
71 524 CRISTINA MATOS SILVA E DIAS FEMININO B 0:58:39
72 300 FÁBIO ZANOLI PINHEIRO MASCULINO C 0:59:10
73 402 ISABELA PERES FEMININO A 0:59:11
74 502 KARLA PIMENTA FARIA FEMININO B 0:59:12
75 514 CAROLINE SEIBT FEMININO B 0:59:29
76 511 CYNTHIA MORAIS FEMININO B 0:59:29
77 405 NATHALIA AZEVEDO FEMININO A 0:59:34
78 406 GABRIELA OLIVEIRA LIMA FEMININO A 0:59:35
79 327 LEONARDO MORGADO MASCULINO C 0:59:36
80 521 DEBORA CHRISTIANE SILVA FEMININO B 1:00:03
81 221 DOUGLAS AFRANIO MASCULINO B 1:03:51
82 507 LILIANE MENDES DE ANDRADE VALADAO FEMININO B 1:03:52
83 504 ALINE CAIXETA FEMININO B 1:06:13

Últimos dias para garantir vaga na abertura da CIMTB Levorin, em Araxá

Henrique Avancini comemora vitória em 2014 (Crédito: Bruno Senna/CIMTB)
Henrique Avancini comemora vitória em 2014 (Crédito: Bruno Senna/CIMTB)

Os ciclistas e corredores de montanha dispostos a participar da primeira etapa da Copa Internacional Levorin de Mountain Bike, devem apressar-se. As inscrições estão disponíveis apenas até domingo (1º/3), no site oficial da competição, www.cimtb.com.br. A abertura da principal competição de MTB da América Latina, de 6 a 8 de março, no Tauá Grande Hotel, em Araxá (MG), reunirá atletas do mundo inteiro, com dez países já confirmados.
Assim, quem pretende participar da prova com os melhores ciclistas de países como Brasil, Argentina, Chile, Equador, Venezuela, México, Suíça, Eslováquia, Hungria e Israel, não pode perder tempo. A organização da CIMTB Levorin prevê que o limite de vagas (1.200 no MTB e 400 na corrida de montanha), seja atingido antes do prazo final, 1º de março.
Para se inscrever em uma das provas de ciclismo, seja a CIMTB Levorin ou a Copa LM Bike de Amadores, basta acessar o site www.cimtb.com.br e clicar em “Faça a sua inscrição” ou então pelo link direto. Para a CIMTB Night Run XC, tradicional corrida de montanha noturna disputada aos sábados na mesma pista do Cross Country Olímpico (XCO), o link o nome da competição e também pode ser acessado no site oficial.
Na CIMTB Levorin, super elite masculina e feminina têm inscrições ao custo de R$ 210,00 para os três dias. O valor para as demais categorias é de R$ 116,00, exceto PNE e Over 60, a R$ 58,00. Na Copa LM Bike de Amadores, categoria de base do esporte, os preços variam entre R$ 20,00 (Mirim) e R$ 70,00 (demais categorias). Já para a CIMTB Night Run, as inscrições têm valor de R$ 60,00.
Em Araxá, os ciclistas das duas super elites (elite e sub-23) masculina e feminina, competem no formato SHC, ou seja, prova dividida em três estágios, em dias distintos: Contrarrelógio na sexta (6), Short Track (pista curta) no dia seguinte e Cross Country Olímpico, no encerramento da competição, domingo (8), às 14h. Os atletas das outras categorias disputarão o tradicional XCO, com largada no sábado às 15h30 para a Copa LM Bike de Amadores (exceção à categoria segurança pública). Domingo, as provas começam às 8h00.

Primeira etapa da Copa Araguari de Mountain bike XCO será dia 1º de Março. Faça já a sua inscrição.

No próximo dia 1º de março será realizada em Araguari – MG, a segunda edição da Copa Araguari de Mountain bike. A organização é da U.C.A. (União Ciclística Araguarina), uma associação de ciclismo fundada em 2014.
No ano passado eles realizaram um campeonato de mountain bike da associação e em 2015 a expectativa é que seja ainda melhor. A primeira etapa será em uma fazenda que conta com total infraestrutura, inclusive com um restaurante rural. O local fica a apenas 7km da cidade, com acesso pela estrada conhecida como Ponte Preta. A pista é de alto nível técnica e muito bem cuidada. Vale a pena conhecer.
As inscrições serão realizadas no Noispedala a um custo de R$ 35,00. Será possível fazer a inscrição até o dia 26 de fevereiro, quinta-feira que antecede a prova. A confirmação, retirada da placa e pagamento da inscrição será no sábado no Restaurante Rural, local da corrida.
Clique aqui e faça a sua inscrição.

Categorias

As categorias serão as seguintes:

  • ELITE: CRITÉRIO TÉCNICO
  • FEMININO: TODAS AS IDADES
  • PNE: PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS
  • JUVENIL: ATÉ 14 ANOS (NASCIDOS DE 2001 ATÉ HOJE)
  • JUNIOR: 15 A 18 ANOS (NASCIDOS ENTRE 2000 A 1997)
  • SUB-30: 19 A 29 ANOS (NASCIDOS EM 1996 A 1986)
  • MASTER A1: (30 A 34 ANOS, NASCIDOS ENTRE 1985 A 1981)
  • MASTER A2: (35 A 39 ANOS, NASCIDOS ENTRE 1980 A 1976)
  • MASTER B: (40 A 44 ANOS, NASCIDOS ENTRE 1975 A 1971)
  • MASTER C: (45 ANOS +, NASCIDOS ATÉ 1970)

Altimetria do percurso

Captura de Tela 2015-02-17 às 13.00.56
Todos os detalhes da pista você confere no Strava. Clique aqui e confira.

Premiação

A premiação será através de troféus e medalha para os 5 primeiros de todas as categorias. Para a Elite, além dos troféus e medalhas, o campeão levará R$ 300,00, o segundo colocado R$ 200,00 e o terceiro R$ 100,00.
Maiores informações você obtém com o Felipe através do telefone (34) 9291-4790.
Confira o cartaz oficial do evento:
cartazaraguari

Henrique Avancini e Isabella Lacerda vencem novamente e confirmam título da CIMTB Levorin

Ciclistas confirmam a superioridade na prova do Cross Country Olímpico, neste domingo, e conquistam título inédito em Araxá. Com a vitória, ambos somaram 120 pontos no ranking mundial, de olho nos Jogos Rio-2016

Pódio masculino. Giovanna Soares/Noispedala
Pódio masculino. Giovanna Soares/Noispedala

Araxá (MG) – A busca pela sonhada vaga nos Jogos Olímpicos do Rio-2016 segue a todo vapor para os ciclistas Henrique Avancini e Isabella Lacerda. Atuais campeões da Copa Internacional Levorin de Mountain Bike, a dupla confirmou neste domingo o favoritismo na etapa de abertura da competição, após vencer o Contrarrelógio e o Short Track válidos pelo Cross Country por Estágios (XCS), levando também a vitória no Cross Country Olímpico, disputado neste domingo (23). Além dos 120 pontos somados no ranking UCI (União Ciclística Internacional), outro grande feito foi alcançado por ambos: o primeiro título na etapa de Araxá da CIMTB Levorin.

“Vencer em Araxá é realmente especial. Já havia terminado em segundo e em terceiro nos anos anteriores, mas nunca faturei o título da etapa. Ganhar é diferente porque o público é vibrante e exigente e aqui é um marco no nosso calendário nacional. Uma prova tão reconhecida internacionalmente, o que torna esse primeiro triunfo algo muito gratificante”, contou Henrique Avancini. “Para se ter uma ideia da importância de Araxá, em 2013 a minha melhor pontuação em uma prova foi 120 pontos e, nestes três dias, consegui essa soma no meu ranking”, concluiu.
A campeã Isabella Lacerda também estava muito feliz.”Araxá sempre foi meu foco e meu sonho. Após uma queda e um pneu furado nos Jogos Sul-Americanos no Chile, no fim de semana passado, coloquei como meta para me motivar conseguir o título aqui. Com muita força nas pernas e dedicação alcancei esse feito inédito na minha carreira. Só tenho que agradecer a todos que me ajudaram, desde minha equipe até meus parentes, namorado e amigos”, comemorou Isabella Lacerda.
Assim como nos dois dias anteriores, Avancini e Isabella sobraram em relação aos rivais, e venceram de ponta a ponta. O ciclista fluminense quase se prejudicou na primeira volta, ao fazer a descida mais longa da Dona Beja e a estratégia de administrar os 53 segundos em relação a Rubinho Valeriano, também precisou ser alterada.

Pódio feminino. Giovanna Soares/Noispedala
Pódio feminino. Giovanna Soares/Noispedala

“Meu objetivo era administrar a vantagem obtida com o Contrarrelógio e o Short Track. Assim, minha ideia era fazer uma prova em equipe, com o Sherman e o Fred me acompanhando para não cair meu ritmo, e assim me auxiliarem a garantir a vitória. Era mais interessante andar com meus companheiros do que sozinho, para não sofrer ataque dos rivais. Consegui uma boa diferença na descida da caixa d’água, aumentei a diferença e ganhei segundos e disparei na liderança”, analisou Henrique.

Mesmo vencendo todos os estágios na etapa, Isabella elogiou o nível das adversárias. “A meninas estão muito fortes. Cada prova é uma que ganha e as disputas estão cada vez mais difíceis. Acredito que meu diferencial foi a concentração nesses dias. O nível está crescendo e isso é muito bom para o Mountain Bike feminino. Competições como a Copa Internacional Levorin de MTB só fortalecem mais o nosso esporte e a nossa categoria”, avaliou Isabella.
Superação após quedas – A tarde deste domingo foi feliz para dois atletas. Mesmo não sendo os campeões, Marcelo Cândido e Alexandra Serrano (Equador) se recuperaram após quedas e conseguiram a evolução nos resultados. Após acumular dois terceiros lugares e sofrer uma queda logo na primeira volta do XCO, Alexandra conseguiu se recuperar e terminou na segunda colocação.
“Esse segundo lugar representa muito. Estava esperando melhorar meus resultados e consegui isso. Mesmo em segundo lugar, fico muito feliz com meu feito, porque me ajuda com minha próxima prova, o Pan-Americano em Barbacena na próxima semana”, vibrou Alexandra. “Minha disputa foi com a Raiza Goulão. Ela é muito forte, comecei no ritmo dela e da Isabella, mas uma queda me tirou segundos preciosos. Tive que tirar a vantagem. Estou muito feliz”, completou.
O sorriso no rosto não escondeu a felicidade de Marcelo Cândido. Confiante em obter um bom resultado no XCS, Marcelo começou mal a competição. Após uma queda no Contrarrelógio, na sexta-feira, em que seu capacete rachou, o ciclista mineiro, 29º nessa prova, não desistiu e foi melhorando a cada dia. No Short Track foi oitavo e no Cross Country Olímpico terceiro.
“Venho fazendo um trabalho bem focado na resistência muscular, para obter bons resultados. Essa prova era chave na minha preparação para o Pan de Barbacena. Tudo isso é resultado de trabalho. Se tivesse mais um dia não acho que seria o primeiro, mas iria pra cima deles e daria meu máximo. Estou satisfeito e motivado. Vou entusiasmado para minha próxima prova”, disse Marcelo.
Sub-23 e Junior – Atual campeão do Sub-23, Guilherme Muller começou bem a temporada e mostrou evolução durante os três dias. Campeão no Sub-23, esteve sempre entre os melhores da Super Elite. Após um 14º no Contrarrelógio e um sétimo no Short Track, o ciclista de 20 anos, de Monte Sião (MG) foi o quarto colocado no domingo.
“Foi muito produtivo. Consegui ser o campeão no Sub-23 e fui bem na Super Elite. Vim focado e treinei muito. Na sexta tive imprevistos e fui o terceiro melhor dia. Fiz uma excelente prova no Short Track, o que me deu a liderança da minha categoria. Neste domingo, consegui rodar entre os cinco melhores, em um ritmo alucinante. Confesso que andar próximo de ciclistas como Pscheidt e Rubinho, por exemplo, me deixaram muito apreensivo”, pontuou Guilherme.
Na categoria Junior, Gilberto Cézar Melo, de apenas 16 anos, conquistou o título e já sonha em chegar à Super Elite. “Ando de bike desde os 13 anos. Na última temporada ganhei o título da Juvenil da CIMTB Levorin e agora comecei bem na Junior. Meu sonho é chegar na Super Elite. Quem sabe não represento um dia o Brasil em grandes competições”, afirmou o atleta de Santo Antônio do Monte (MG). Questionado se prefere os estudos ou a bike, Gilberto deu a resposta certa. “Estou no primeiro ano do Colegial, mas tanto estudo quando a bike são importantes para mim”.
Classificação final do XCS de Araxá – Na Super Elite, além do campeão Avancini, Ricardo Pscheidt superou Rubinho, com duas segundas colocações seguidas, e ficou com o vice-campeonato no geral. Guilherme Muller e Marcelo Cândido, que haviam iniciado mal a competição, se recuperaram e encerraram na quarta e quinta colocações, respectivamente. Na Elite Feminina, as cinco primeiras no geral foram as mesmas ciclistas que subiram no pódio no domingo: Isabella Lacerda, Alexandra Serrano, Raiza Goulão, Erika Gramiscelli e Roberta Stopa.
Copa LM de Amadores – O agito do último dia da CIMTB Levorin começou logo cedo, às 8h, com a realização da primeira largada. Os atletas da Copa LM de Amadores, em sete das oito categorias, entraram na pista para um domingo de festa. Apenas a Segurança Pública participou da segunda largada. Cerca de 600 ciclistas se inscreveram para a prova, que é a categoria de base da Copa Internacional Levorin de MTB, em que os iniciantes tem um primeiro contato com o universo do mountain bike.
Resultados do Cross Country Olímpico
Masculino : 
1.- Henrique Avancini (Caloi) – 1h29min41s
2.- Ricardo Pscheidt (Trek/Shimano) – 1h30min30s
3.- Marcelo Cândido (LM/Shimano) – 1h30min59s
4.- Guilherme Muller (LM/Shimano) – 1h31min23s
5.- Rubens Valeriano (Merida) – 1h32min29s
6.- Lukas Kaufmann (Focus/OCE) – 1h32min31s
7.- Mario Antonio Oliveira (Ice) – 1h32min44s
8.- Edivando de Souza Cruz (Astro) – 1h34min27s
9.- Guilherme Saad Alves (Lelin Bike) – 1h34min49s
10.- Valmor Hausmamm (Free Force) – 1h35min12
Feminino : 
1.- Isabella Lacerda (LM/Shimano) – 1h33min55s
2.- Alexandra Serrano (Equador) – 1h34min31s
3.- Raiza Goulão (Soul Cycles) – 1h35min25s
4.- Erika Gramiscelli (InterTrilhas) – 1h35min58s
5.- Roberta Stopa (DaMatta ) – 1h39min47s
6.- Sofia Subtil (BMC) – 1h41min02s
7.- Liege Walter (Alto Rendimento) – 1h41min53
8.- Mariana Carcute (BMC) – 1h44min18s
9.- Letícia Cândido (Focus/OCE) – 1h45min49s
10.- Aline Lombello (Durão Bikes) – 1h48min24s
Vídeo do Short Track – Já está disponível o vídeo do segundo dia, prova de Short Track, da Copa Internacional Levorin de MTB, produzido e edita por Keka Bike. Acesse no endereço:https://www.youtube.com/watch?v=ukN5i7-A8_8
Fan page – Quer acompanhar tudo sobre a Copa Internacional Levorin de Mountain Bike e ainda curtir fotos diferenciadas e vídeos das provas e dos atletas? Acesse a fan page oficial do principal circuito de MTB da América Latina pelo endereçohttp://www.facebook.com/CIMTB. A CIMTB Levorin também está no Twitter (@CIMTBLevorin) e Instagram (@CIMTB).
A Copa Internacional de Mountain Bike tem patrocínio da Levorin, o pneu oficial da competição. LM Bike, Shimano e Specialized são os co-patrocinadores do evento que comemora a 19ª temporada em 2014. Apoios: Scott, Isapa, ASW, Calypso, Carbo Energy Gel, Vizan e Proshock. Parceiros estratégicos: Prefeitura de Araxá, Copasa e Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Turismo e Esporte.

CIMTB Levorin prevê impacto de R$ 6 milhões em 2014

Em sua 19ª temporada, o principal circuito de MTB da América Latina passará pelas cidades mineiras de Araxá, São João del-Rei e Congonhas, além de São Roque (SP). O evento reunirá 4.500 ciclistas e 40 empresas representando 200 marcas do segmento.

Feira Oficial da CIMTB Levorin
Feira Oficial da CIMTB Levorin. Foto: Bruno Senna

Quase 20 anos após a primeira edição, em 1996, a Copa Internacional Levorin de Mountain Bike, principal circuito de MTB da América Latina, reforça o papel de contribuir para o desenvolvimento e o crescimento do Mountain Bike brasileiro. Além de fomentar o esporte, a competição também promove impacto econômico relevante às cidades que a recebem. Estima-se que R$ 1,5 milhão, em média, seja movimentado em cada uma das localidades. Em 2014, as cidades mineiras de Araxá, São João del-Rei e Congonhas e a estância turística de São Roque, em São Paulo, são as sedes das quatro etapas que, juntas, devem impactar mais de R$ 6 milhões.
O cálculo leva em consideração a quantidade de hóspedes em cada cidade, entre atletas, acompanhantes e pessoas envolvidas na produção da Copa Internacional Levorin de MTB – cerca de 300 profissionais – além da mídia. Em média, 6.000 pessoas vão para as cidades de cada etapa, sem contar o público local que vai ao evento. Somados, o número ultrapassa 20 mil pessoas por etapa e mais de 80 mil pessoas no ano.
“O impacto econômico é muito significativo durante o evento. Em uma cidade como Araxá, por exemplo, estamos há 11 anos com etapas da CIMTB Levorin e o retorno previsto para esse ano está próximo de dois milhões de reais”, estima Rogério Bernardes, organizador do circuito. “Mas os benefícios colhidos ultrapassam o período da prova. No decorrer do ano, a população fica mais motivada com o esporte e o número de praticantes e usuários de bicicleta se multiplica. Esse reflexo é observado nitidamente. Enxergamos como um processo de longo prazo para que as populações desfrutem do legado. Outro fator importante, é a relação do circuito com a saúde, natureza e o ambiente familiar que se estabelece entre outros aspectos positivos”, completa.
Números expressivos – Na soma das quatro etapas são esperados mais de 4.500 ciclistas, além de 1.500 corredores que participam das três provas pedestre “Night Run”, em Araxá, São João del-Rei e São Roque. A feira oficial organizada em cada etapa, com participação média de 40 empresas, ajuda a turbinar os números com os negócios realizados por empresas e entusiastas do mercado das bikes envolvendo mais de 200 marcas.
“Investimos muito na estrutura da feira para que o consumidor final, seja o atleta amador ou profissional, tenha contato com o que há de mais moderno em equipamentos, bikes, acessórios etc. No mesmo espaço, temos importadores e distribuidores expondo seus produtos e as lojas do segmento atendendo o ciclista com peças e componentes”, destaca Rogério Bernardes.
A premiação da CIMTB Levorin também colabora com o impacto econômico. Entre produtos e valores distribuídos aos vencedores desde as categorias amadoras até a super elite, a quantia total atinge R$ 260 mil, o que se torna possível, devido à visão estratégica das empresas do setor, como Levorin, patrocinadora e fornecedora do pneu oficial da CIMTB, e como as co-patrocinadoras LM Bike, Shimano e Specialized. Outros apoios indispensáveis para a realização do evento são prestados pelos apoiadores do evento como Scott, Isapa, DynamicLab, ProShock, VZAN, Calypso, ASW, lojas credenciadas e pelas prefeituras municipais e governos estaduais, incluindo-se a UCI (União Ciclística Internacional), Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), e as federações de ciclismo de Minas Gerais e São Paulo, FMC e FPC.
Confira vídeo da CIMTB Levorin – Clique aqui e confira o vídeo de 1min44 da Copa Internacional Levorin de Mountain Bike com belas imagens da temporada passada.
A Copa Internacional de Mountain Bike tem patrocínio da Levorin, o pneu oficial da competição. LM Bike, Shimano e Specialized são os co-patrocinadores do evento que comemora a 19ª edição em 2014.
por assessoria CIMTB

Brasileiros dominam competição de Mountain Bike no Chile

Henrique Avancini e Raiza Goulão brilharam na primeira competição internacional da temporada
O ciclista Henrique Avancini, que defende a equipe Caloi Elite Team, e Raiza Goulão, da equipe Soul Rider, dominaram completamente a Copa Chile Internacional de Mountain Bike, disputada neste sábado, 7 de fevereiro, no Chile. Os dois atletas são integrantes da seleção brasileira de Mountain Bike e utilizaram a competição como um teste para avaliar o trabalho realizado na pré-temporada.

Os três brasileiros ocuparam os lugares mais altos no pódio.
Os três brasileiros ocuparam os lugares mais altos no pódio.

A competição, válida pela classe 2 do ranking mundial (UCI), reuniu grandes nomes do Mountain Bike. Na disputa da categoria Elite, os brasileiros mandaram na prova, ocupando as três primeiras posições. Henrique Avancini foi o grande campeão, seguido por Rubens Donizete (Merida/Fox Racing/TPM Embalagens) e Sherman Trezza (Caloi Elite Team).
“O circuito foi bem exigente tecnicamente e fisicamente. As condições no Chile, nesta época do ano, são muito difíceis, com umidade muito baixa, calor e bastante poeira. Apesar de tudo, decidi tentar me desgarrar dos adversários logo no inicio da prova. Assumi a ponta da competição e aos poucos fui abrindo vantagem. A tática deu certo e estou muito feliz. Nesta primeira competição do ano, o mais importante nem era vencer, mas poder realmente avaliar o meu nível após o trabalho de base. Ainda tenho boa margem para trabalhar e evoluir, estou realmente empolgado para fazer uma grande temporada este ano”, destacou Henrique Avancini.
Já entre as mulheres, Raiza Goulão, 22 anos, estreou com o pé direito na elite do Mountain Bike. A atleta que vem da categoria Sub-23, participou da sua primeira prova como Elite e já mostrou muita qualidade ao vencer a competição de ponta a ponta.
Por Assessoria CBC

Copa Internacional Levorin de MTB define as etapas para 2014

Principal circuito de MTB da América Latina será disputado nas cidades mineiras de Araxá, São João del-Rei, Congonhas, além de São Roque no interior paulista, entre os meses de março e outubro
São Paulo (SP) – A 19ª temporada da Copa Internacional Levorin de MTB, principal circuito de mountain bike cross country da América Latina, já tem os locais das quatro etapas de 2014 definidos. A cidades mineiras de Araxá, São João del-Rei e Congonhas, receberão as três primeiras provas da competição nos meses de março, maio e agosto, respectivamente. São Paulo terá o privilégio de encerrar a temporada na cidade de São Roque, em outubro.

Araxá recebe abertura da CIMTB Levorin
Araxá recebe abertura da CIMTB Levorin

Com a evolução da CIMTB Levorin ao longo de 19 anos, o organizador da prova, Rogério Bernardes revela uma expectativa positiva para este ano. “Planejamos várias mudanças e estamos ansiosos para que as etapas cheguem logo e as novidades sejam apresentadas. Queremos ver o circo levantar logo, para acompanharmos as disputas e oferecermos ao público a emoção de cada trecho de pista, dividir a adrenalina dos atletas e equipes nos momentos que antecedem a largada, além de compartilhar a alegria dos torcedores nas quatro cidades”, festeja Rogério. “Vale conferir também os pilotos enfrentando as trilhas no Night Run, a animação da galera nos passeios ciclísticos e o envolvimento dos alunos da rede pública de ensino com as bicicletas nos concursos culturais de redação e desenho”, completa.
Entre 21 e 23 de março, são esperados mais de 1.000 ciclistas do Brasil e de outros países em Araxá (MG) para a abertura da competição, na prova que terá o formato XCS, o cross country por estágios, com prova de contra relógio, short track (pista curta) e cross country para Super Elite e Elite Feminina. As demais categorias competirão somente no tradicional XCO (cross country olímpico) domingo. A prova será encarada pelo atletas como último estágio de preparação para o Campeonato Pan-Americano, logo na semana seguinte, em Barbacena, também em Minas Gerais.
Dois meses depois, de 16 a 18 de maio, São João del-Rei (MG) receberá os formatos XCO e XCE (Eliminator) na segunda etapa, onde são esperadas mais de 800 inscritos. Entre 15 a 17 de agosto, Congonhas (MG), com a limitação de 1.500 vagas, será sede do XCM (maratona). E, finalizando o circuito de 2014, a cidade paulista de São Roque recebe a final do principal circuito da América Latina, com a expectativa da participação de mais de 700 ciclistas, de 10 a 12 de outubro, com formato XCO e XCE.
A Copa Internacional de Mountain Bike tem patrocínio da Levorin, o pneu oficial da competição. Shimano e Specialized são os co-patrocinadores do evento que comemora a 19ª temporada em 2014.
Por Assessoria CIMTB

Entrevista Raiza Goulão: Bicampeã Pan-Americana de MTB teve um ano de ótimos resultados.

Atleta de Mountain bike Raíza Goulão.
Atleta de Mountain bike Raíza Goulão.

Prosseguindo com nossas entrevistas, conversamos com Raiza Goulão que realizou uma excelente temporada, sendo considerada por ela mesma a melhor que teve em sua carreira. Metas foram traçadas e realizadas de forma que alcançou o sucesso que desejava. Resultado de muita determinação nos treinos focados e direcionados com seu treinador  Cadu Polazzo. Planilhas pesadas foram realizadas para conseguir superar grandes batalhas.
Atleta firme e com garra, nos diz sobre a importância do carinho das pessoas em sua carreira:
“O meu sucesso está presente em cada boa vibração que amigos e amantes do Mountain Bike dedicam a mim.”
Em 2014, será o primeiro ano da atleta na categoria elite feminina internacional, onde o nível das competições será bem mais forte e exigente.
“A pressão será bem maior, mas quero muito estar entre as top 20 na Copa do Mundo  e no Campeonato Mundial. Quero ser campeã brasileira, estar entre as top 30 no Ranking da União Ciclística Internacional(UCI), ser Top 20 no Campeonato Mundial e Top 20 na Copa do Mundo.”
Sua carreira está agitada e em cada competição vem conquistando mais seu espaço e marcando seu nome no cenário do MTB Nacional e Internacional.
“Quero me destacar tanto nacional quanto internacional, pois começarei meu ciclo olímpico agora em 2014. Meu foco será buscar a vaga feminina para o Brasil nas Olímpiadas em 2016.”
Nessa temporada a atleta obteve atuações marcantes em competições importantes para a carreira de qualquer ciclista profissional.  Conquistou um fato inédito em nosso País: Bicampeã Pan- Americana Sub-23, e consagrou Campeã  Brasileira, Campeã da 3º etapa na Copa Internacional de MTB , top 6 na Copa do Mundo,  top 11 no Mundial e bicampeã no Campeonato Latino-Americano de MTB.
Podemos ver que essa atleta promete fazer o possível  nesse novo ano que se aproxima  para elevar cada vez mais o nível do mountain bike brasileiro. Parabéns Raiza Goulão pelas suas conquistas em 2013, nós da Equipe Noispedala torcemos por você e junto a todos seus fãs e admiradores desse esporte.
Que 2014 possa ser o ano de grandes realizações para sua equipe Soul Riders. Obrigado pela entrevista e sucesso em sua vida.
“Andar com fé eu vou, que a fé não costuma falhar.” Lema de Raiza Goulão.
Por Giovanna Soares

Entrevista Edivando Souza Cruz. Top 5 nas principais competições da temporada.

Edivando Souza Cruz
Edivando Souza Cruz. Foto: Bruno Fernandes / Noispedala

Mais um ano se finaliza. Podemos dizer que a temporada 2013 foi de grandes conquistas e emoções no mundo do mountain bike. Pensando assim, entrevistamos alguns atletas. O assunto: temporada de 2013 e perspectivas dos mesmo na temporada que se aproxima.
O primeiro atleta foi Edivando Sousa Cruz. Confira o que ele disse à nossa equipe:

Top 5 nas principais competições da temporada.

Experiência o faz conquistar grandes resultados em principais competições como no Campeonato Brasileiro,  Copa Internacional de Mountain Bike,  Shimano Fest e na Taça Brasil. Em 2013, esse atleta completou 20 anos de carreira, tempo que o possibilitou viver com a história do mountain bike desde seu ínicio, participando das inovações e notando as constantes mudanças nesse esporte de grande evolução.
“As bicicletas mudam, as provas mudam, as técnicas de treinamento mudam e você tem que estar sempre se atualizando. É preciso estar atento a tudo que acontece.”
Temporada de superação e novos desafios, Edivando conseguiu manter um equilíbrio em seus resultados com a ajuda do seu preparador Helio Souza, que juntos elaboraram novas estratégias para  finalizar a temporada mais cedo e poder voltar a base no meio de Novembro.
“ A minha intenção não era de estar na melhor forma logo, mas sim de ter mais tempo para treinar e focar em pontos que realmente levam certo tempo para serem construídos.”
Evoluir é a palavra chave do foco desse atleta  para destacar nas principais provas de XCO , isso tudo visando na melhoria de sua classificação para o Ranking Internacional (UCI).
“Teremos um início de temporada importante no Brasil, pois temos num único mês a Copa Brasil, a Copa Internacional de Mountain Bike e o Campeonato Panamericano de MTB.”
Além desses eventos , o atleta que representará novamente em 2014 a Equipe ASTRO/VZAN/PROSHOCK/MEMORIAL-SANTOS, pretende estar em alguns eventos de maratona, que também são de extrema importância para sua carreira.
Feliz com seus resultados de 2013, Edivando Souza esta confiante para a temporada 2014 que será um ano muito importante . A Equipe Noispedala acredita no seu potencial e deseja que muitos outros anos possam ser escritos em sua jornada com sucesso. Boa sorte e obrigado pela atenção.
Por Giovanna Soares

Barbacena sediará o Campeonato Pan-Americano de Mountain Bike de 2014

Evento será realizado pela primeira vez em Minas Gerais e reunirá competidores de 30 países das Américas do Sul, Central e Norte.
img_1_477_28112013_262Na tarde da próxima terça-feira, dia 03 de dezembro, em cerimônia no Hotel Master Plaza, a Prefeitura de Barbacena e a Confederação Brasileira de Ciclismo – CBC assinarão Termo de Cooperação Técnica para a realização do Campeonato Pan-Americano de Mountain Bike de 2014, que acontecerá nos dias 26 a 30 de março. O anúncio foi feito pelo Prefeito Toninho Andrada após reunião com o Presidente da CBC, José Luiz Vasconcelos, que esteve em Barbacena na tarde de quinta-feira, dia 28. Também participaram da reunião no gabinete do Prefeito, o Presidente da Federação Mineira de Ciclismo – FMC, Paulo Aquino, a Secretária Municipal de Comunicação e Informação Social, Fernanda Brasileiro, o Diretor de Fomento Econômico da Agência Municipal de Desenvolvimento – AGIR, Felipe Alvim, Desirée Couri e Andreia Nascimento, da Mais Comunicação, e Felipe Gomes, da Bike Light.

img_0_743_28112013_643Após a reunião, a Prefeitura de Barbacena informou que o Campeonato Pan-Americano de Mountain Bike terá como palco principal as instalações do Parque de Exposição. Será a segunda vez que o Brasil sediará o certame, e a primeira vez que ele acontecerá em Minas Gerais. Em 2013 a Colômbia sediou o Campeonato e em 2015 será o Canadá.

Em breve traremos maiores detalhes.
Por Assessoria de Imprensa Prefeitura de Barbacena