50 atletas já estão inscritos para o Enduro Ciclo Montanha. Confira todos os detalhes.

Neste próximo domingo será realizado o Enduro Ciclo Montanha, a quarta etapa da Copa Cemil de Ciclismo. Fique atento a todos os detalhes.
Mais de 50 atletas das mais variadas cidades estão inscritos. Segundo Luciano Pit Stop, a procura por ciclistas que não residem em Patos de Minas o surpreendeu. “Recebi ligações de pessoas de muitas cidades. Além de patenses, temos pessoas confirmadas de Vazante, Guarda-Mor, Patrocínio, Curvelo, Lagoa Formosa e de João Pinheiro”.
Segundo Luciano, ainda há vagas na casa do Sítio Bem-ti-vi. Quem interessar, pode entrar em contato com ele através do telefone (34) 9815-0884.

Entrega dos kits

A entrega dos kits contendo o mapa e numeral (para novos participantes da copa) será sábado a partir das 19h no Subway, que está localizado à Rua José de Santana, quase esquina com a Major Gote. Quem participou de alguma outra etapa de 2014 da Copa Cemil, correrá com a mesma placa.

A Pousada Sítio Bem Te Vi
A Pousada Sítio Bem Te Vi

A Pousada Sítio Bem Te Vi

O Sítio Bem Te Vi está localizado há apenas 3,5 km de Patos de Minas, na Vila São João, região da Baixadinha. Ele possui cerca de 50.000 m² em jardins e bosques com uma rica coleção de mais de 1500 plantas nativas e exóticas. Toda a sua estrutura estará liberada para os participantes e família desfrutarem. Além dos jardins e bosques, estarão liberadas a piscina, um imenso quiosque. E ao finalizar o enduro, os participantes terão a disposição chuveiros com água aquecida.
Para saber como chegar ao local do enduro, clique aqui. Saiba mais sobre o Sítio Bem Te Vi. http://bem-te-vi.wix.com/

Lanchonete do Tio Rui
Lanchonete do Tio Rui

Alimentação e entrega dos resultados

Atendendo a pedidos, principalmente dos atletas de outras cidades, os resultados serão entregues no local da prova, após a apuração.
A lanchonete móvel do Tio Rui estará presente no evento. Estarão sendo vendidos macarrão, sorvete e bebidas. Além dos lanches do Tio Rui, antes, no neutral e após a prova os participantes terão à disposição água, frutas e suco cemil.

Desafio Grãos Ancestrais

O tão falado desafio será em um bosque em torno da pousada, todo bumpeado com diversos obstáculos. Vence quem completar o percurso no menor tempo. O teste será realizado no fim do enduro e não interfere na classificação da Copa Cemil. Só poderão participar do desafio os atletas que participam do enduro. A premiação será em forma de troféu para os 5 primeiros colocados e 3 primeiras colocadas. A equipe do Noispedala esteve pedalando pela pista do Desafio Grãos ancestrais e pôde atestar que será um sucesso. É muito desafiador.

Inscrições

Você já pode fazer a sua inscrição aqui no Noispedala. Você pode fazer sua inscrição selecionando sua categoria, nos links ao lado. Faça sua inscrição o quanto antes, pois os primeiros que confirmarem a inscrição na Band Bike, levarão uma camiseta oficial do evento. Para participar, é obrigatório o uso de capacete. O custo da inscrição é de R$ 50,00 por participante.

Vídeo Desafio Grãos Ancestrais

Vem aí o Enduro Ciclo Montanha, a quarta etapa da Copa Cemil 2014. Dia 7 de setembro em Patos de Minas

Prepare-se! Vem aí o Enduro Ciclo Montanha, a quarta etapa da Copa Cemil de Enduro MTB 2014.

Já pensou passar mais de 4 horas pedalando por trilhas inéditas? Aquelas de gado mesmo, que mal cabem os pneus de sua bike? Então, o reconhecido desbravador de trilhas, conhecido por muitos como o “tora do GPS”, há tempos vem garimpando trilhas inéditas para um enduro.

Desafios como balaios de gato, pinguelas, muitos pcs, descidas técnicas e subidas de tirar o fôlego são ingredientes desse enduro que promete marcar época em Patos de Minas, a terra dos endros de regularidade.

Serão 27km para as categorias Duplas PRO e Livre. Para a categoria Duplas Iniciantes serão 16km, com médias mais baixas. Vale ressaltar que não terão deslocamentos (100% terra) e serão 70% de single-tracks, ou trilhinhas de gado, como preferimos falar.

Para a concentração e largada, não podia ser em um lugar melhor. O Sítio Bem ti vi que receberá o evento, contará com hospedagem gratuita para os competidores de outras cidades (20 vagas), estrutura liberada durante o dia para todos os participantes e ainda receberá o Desafio Grãos Ancestrais de Velocidade.

A Pousada Sítio Bem ti vi está localizado na estrada da baixadinha, 4km após o trevo. Conheça a pousada: https://www.facebook.com/bemtevisitio

Vamos falar desse desafio. Ele será em um bosque em torno da pousada, todo bumpeado com diversos obstáculos. Vence quem completar o percurso no menor tempo. A partir da tarde do dia 6 os treinamentos estarão liberados no sítio. O teste será realizado no fim do enduro e não interfere na classificação da Copa Cemil. Só poderão participar do desafio os atletas que participam do enduro. A premiação será em forma de troféu para os 5 primeiros colocados.

Além disso, o PC virtual está de volta. Ao ser perguntado, você deverá saber qual distância pedalou desde o local informado. Fique esperto e responda logo.

Você já pode fazer a sua inscrição aqui no Noispedala. Você pode fazer sua inscrição selecionando sua categoria, nos links ao lado. Faça sua inscrição o quanto antes, pois os primeiros que confirmarem a inscrição na Band Bike, levarão uma camiseta oficial do evento. Para participar, é obrigatório o uso de capacete. O custo da inscrição é de R$ 50,00 por participante.

Entrega de Material

No sábado que antecede o evento às 19 horas haverá a entrega dos mapas no Subway, localizado à Rua José de Santana, 366.

Largada

A largada está marcada para as 9 horas da manhã em ponto no domingo, na Pousada Sítio Bem ti vi. Confira o mapa de como chegar ao local da largada.

Premiação

A Premiação será realizada no BAR E CONVENIÊNCIA CAMIN DI CASA, na Av. Marabá, 525, de frente a entrada o Wallmart, no dia 07 de setembro às 19h.

Mais informações você pode obter com o Luciano Pit Stop através do telefone (34) 9815 0884. A realização é da Ciclo Montanha e conta com co-realização da Orango Marketing & Eventos.

Cartaz oficial do evento
Cartaz oficial do evento

Diário de Bordo: Ciclo Montanha na Trilha das 5 Cachoeiras em Guarda-Mor – MG

Guarda-Mor, 20 de abril de 2014
Por Flávio Gil
Sequence 01.Still009Já faz algum tempo que escuto falar das famosas cachoeiras de Guarda Mor. Nosso companheiro Bruno Zinato grande entusiasta daquela região já havia nos prometido organizar uma trilha por aquelas bandas. Não tardou e o convite chegou, em pleno domingo de Páscoa. Saída programada de Patos de Minas às 5:40 da manhã. Afinal são 150 km de estrada até o nosso destino.
Não sei se acontece só comigo, mais sofro da “síndrome pré- trilha”, no dia anterior fico ansioso, organizando tudo, com a sensação que estou esquecendo alguma coisa e acordo varias vezes a noite. Enfim por volta das oito já estávamos em Guarda Mor e os nossos amigos “bicicleteiros” de lá, já nos aguardavam e logo estávamos pedalando. A curiosidade era grande, mais seguíamos apenas margeando a serra, o que foi criando uma certa tensão na galera que curte subir montanha.
Não demorou e chegamos à primeira cachoeira que de cara já impressionou pela cor água esverdeada e tão cristalina, que era possível enxergar cardumes de piabas curiosas. A euforia foi geral e em pouco tempo estava quase todo mundo nadando. ” Como assim ?_ A água estava morna”. É verdade primeira cachoeira de água morna que eu conheci. O passeio estava apenas começando e era preciso seguir. A tão esperada subida desafiadora chegou. Fiquei tranqüilo e achei que tiraria de letra, mais o sol estava muito forte e não foi nada fácil, causando uma certa frustração, mais como tudo na vida tem sua recompensa a vista do alto da serra é lindíssima com um vasto vale onde se avista a cidade e plantações magníficas.
GOPR0858.MP4.Still001A segunda cachoeira ia se formando em degraus até uma queda maior com um tom de esmeralda ainda mais intenso, não demorou e um dos nossos amigos de Guarda Mor, pulou de uma altura de uns cinco metros, o suficiente pra desinibir o grupo e começarmos a pular.A excitação do pessoal era tanto que ninguém falava em comer até que percebemos a hora e fizemos nosso lanche. A partir aquele momento já voltaria pra casa feliz, mais ainda faltavam 3 “cachus” e mais de 20 Km pra rodar. Pegamos um trecho legal de “single track” e muitas pedras, que colocou um pouco de adrenalina naquele clima “Zen” que a galera se encontrava. A terceira cachoeira perto das demais foi muito singela, mais ficou marcada por outro motivo.
Nosso grande chefe Luciano Pit Stop teve um pneu furado e paramos por mais tempo para o conserto, no entanto às margens do rio estava uma família assando o seu churrasquinho. Aquele cheiro começou a matar o grupo de fome, mais cumprimentamos o pessoal e tentamos ficar alheios aquele aroma. Ai veio a comprovação do quanto amigo e acolhedor é o pessoal de Guarda Mor, eles começaram a fatiar carne e a servir todos que salvo engano éramos quinze. Ainda incrédulos e com a barriga cheia seguimos a trilha até a quarta queda d’ água que chega a ser sinistra na altura e formações rochosas, um daqueles lugares de contemplação, mais não nos atrevemos a entrar na água. Ainda faltava a ultima e mais famosa cachoeira conhecida como Usina. O acesso foi fácil e rápido, em estradão com cascalho bem solto.
A fama se justificou, a maior em queda e mantendo o mesmo padrão de água verde e cristalina. Começamos a nadar e parecia que era a primeira vez que estávamos vendo uma cachoeira, um bando de meninos brincando e cantando. Faltavam 12 km para chegar na cidade e era como se estivéssemos começando a trilha naquele momento tamanha a energia e alegria. De volta ao posto de gasolina, o almoço quase jantar, estava pronto nos esperando.
O êxtase foi total, nós não vimos a viagem de volta e com certeza Guarda Mor vai estar sempre entre nossas opções das grandes trilhas da região.

Assista ao vídeo