5 destinos pelo mundo para um bom passeio de bicicleta

Além de ser um meio de transporte saudável para quem pedala, a bike tem a vantagem de ser ecológica, ter um bom custo-benefício a médio-longo prazo e ser prática para aqueles que vivem na pressa do dia a dia.
E cada vez mais cresce o número de pessoas que estão adotando a bicicleta, seja ela usada como ferramenta de exercício físico, deslocamento para o trabalho ou para lazer. Essa terceira possibilidade que a bike oferece já está no coração dos brasileiros há muito tempo, principalmente para aqueles mais aventureiros que adoram viajar também para pedalar, que gostam de experimentar os mais diferentes terrenos para um passeio e as mais distintas paisagens, independentemente da dificuldade que cada caminho possa oferecer.
Antes de voltar para o hotel para fazer uma refeição mais equilibrada, jogar um videogame, fazer um jogo legal no Gaming Club cassino online, assistir uma série ou se preparar para o outro dia de aventura, o turista ciclista aproveita (e muito) o que cada lugar tem de melhor.
Pensando nisso, separamos cinco lugares pelo mundo que são quase obrigatórios para todo amante da pedalada. Confira:

AMSTERDÃ, HOLANDA

A capital holandesa é muito tradicional quando o assunto é passeio de bicicleta. Como não tem ruas muito íngremes e possui uma vasta quantidade de ciclovias, Amsterdã oferece diversas oportunidades para os amantes de plantão. Além de se exercitar enquanto conhece as particularidades de outro país, as pedaladas pela cidade permitem ao turista admirar a vista de parques e dos canais que atravessam a capital.

CHAPADA DIAMANTINA, BAHIA

Para quem é bem aventureiro e possui um maior tempo de relacionamento com a magrela, pedalar pelas trilhas da famosa região de serras brasileira é um bom programa. O passeio pela Chapada permite ao ciclista experimentar os mais variados tipos de solo, desde a terra batida até o asfalto. E além da paisagem exuberante do lugar, claro, ainda é possível parar em cachoeiras para se refrescar.

Panorama da Chapada Diamantina, no Parque Nacional da Chapada Diamantina, Bahia

MALMO, SUÉCIA

Com muito espaço para pedalar pelas ruas, a cidade ao Sul do país possui muitas vias exclusivas para bicicleta, monumentos para contemplar durante o passeio e um alto índice de segurança, já que os carros não costumam competir com as bikes por espaço nas ruas. Os parques no verão sueco também podem ser uma ótima pedida, já que também são receptivos com bicicletas.

Malmo, Suécia

BUENOS AIRES, ARGENTINA

De acordo com o “Ranking Copenhagenize 2015”, a capital da Argentina está entre as melhores cidades para dar um passeio ciclístico. A cidade portenha investiu muito nos últimos anos para atender o público que se locomove a pedaladas. Através de programas de distribuição e empréstimo de bicicletas, Buenos Aires conseguiu aumentar a extensão de suas ciclovias e proporcionar uma alternativa mais “verde” para seus habitantes.

Buenos Aires, Argentina

COPENHAGUE, DINAMARCA

A capital danesa melhora cada dia mais seu sistema para o uso de bikes. Além de poder pedalar tranquilamente pela cidade devido à grande infraestrutura para esse meio de transporte, o turista também pode fazer um passeio arquitetônico pela capital, pedalar ao lado do Canal Nyhavn e dar uma parada para fazer um lanchinho em vários pontos do passeio. O aluguel de bicicletas é altamente difundido e facilita bastante a vida do visitante.

Copenhague, Dinamarca

CIMTB: Assista ao making-of e saiba como é produzida a maior prova de MTB sul-americana

A quinta etapa da Copa Internacional de MTB realizada em Costa do Sauípe-BA ficará registrada na história. O ineditismo foi um fato marcante nesta etapa, que tirou o fôlego dos participantes pela dificuldade do percurso e pelo clima do litoral bahiano.
O Noispedala acompanhou todos os passos da equipe que realiza o evento por duas semana, registrando todos os detalhes. Como resultado, temos esse belo making-of.
Assistindo você verá como é produzida a maior prova de MTB sul-americana, a Copa Internacional de MTB.

Deu Brasil na Brasil Ride 13. Equipe Cemil vence na categoria Américas e Equipe Caloi é campeã na Open

A largada dos líderes no último estágio.
A largada dos líderes no último estágio.

E o Brasil foi campeão na Ultra Maratona Brasil Ride 2013. Quem venceu na Open, categoria que agrupa os atletas de elite e amadores foi a Equipe Caloi, composta por Henrique Avancini e Sherman Trezza de Paiva. Eles completaram os 7 estágios com um tempo acumulado de 23:36:36. Em segundo lugar ficaram os espanhóis Ismael Ventura e Ramon Sagues, seguidos por Christoph Sauser e Kohei Yamamoto.
A categoria America, que agrupa as equipes compostas por dois atletas americanos foi vencida pela Equipe Cemil, formada pelos atletas de Patos de Minas, Júnio Alves e Silvinho Amorim. Eles completaram os 7 estágios com o tempo acumulado de 25:42:35.
Segundo Silvinho, que possui excelentes resultados e títulos em eventos como Copa Internacional de MTB, Campeonato Brasileiro, World Cup, Cape Epic, Piocerá, Big Biker e Iron Biker, a Brasil Ride o surpreendeu. “Prova mais dura que já corri. Isso aqui é um mestrado de mountain bike”. Eles finalizaram em oitavo lugar na categoria Open.
Bart Brentjens e Abraao Azevedo foram os campeões na Master, Rebecca Rusch e Selene Yeager venceram na Ladies. Annabella Stropparo e Piero Pellegrini venceran na Mixed, Heleno Caetano Borges e Dorivaldo Correia de Abreu na Grand Masters e ANTONIO, PAULO e ANDRE venceram na categoria Corporate.
Em breve teremos mais detalhes.

Brasil Ride: Juninho e Silvinho são top 10 no estágio 4. Yamamoto e Sauser venceram.

Premiação do terceiro estágio. Na foto: Nitão, Alexandre, Sherman, Henrique, Silvinho e Juninho.
Premiação do terceiro estágio. Na foto: Nitão, Alexandre, Sherman, Henrique, Silvinho e Juninho.

Dia de problemas no Brasil Ride. A Dupla que representa a CEMIL na Brasil Ride teve problemas em seus equipamentos. A bike do atleta Júnio Alves teve seu pneu dianteiro rasgado, motivo este que culminou em alguns minutos a mais no tempo e perda de algumas posições. Problemas também com a equipe STEVE que liderava a Brasil Ride até o fim do terceiro estágio. A gancheira de uma das bikes de Luis Leão Pinto e Tiago Ferreira quebrou e abandonaram a prova. Na Masters, o Portugues Vitor Gamito que liderava junto com o brasileiro Paulo Freitas quebrou o guidão e também abandonou.
Quem levou a melhor foram Yamamoto e Sauser. Hans Becking e Jiri Kovak foram os segundos colocados, seguidos por Roel Paulissem e Johann Pallhuber. Eles andaram juntos com os brasileiros que lideram dentre os americanos, Henrique Avancini e Sherman Trezza.
Mesmo com o problema em um dos pneus, a dupla de Patos de Minas foi a nona colocada no geral e a terceira dentre os brasileiros. Eles calculam que perderam cerca de 10 minutos ao colocar câmara de ar no pneu rasgado. Outra surpresa foi a quilometragem maior do que anunciada. Os participantes estavam preparados para pedalar por 87 km, e na verdade foram 105km, totalizando para os patentes, 5 horas e 12 minutos de pedal.
Amanhã tem mais!

Brasil Ride: Silvinho e Juninho continuam bem em etapa de XCO. Henrique Avancini vence.

Júnio Alves e Silvinho Amorim
Júnio Alves e Silvinho Amorim

Nesta terça feira foi disputado o terceiro estágio da Brasil Ride 2013. Um circuito de Cross country olímpico foi montado em Rio das Contas. Foram 5 voltas, totalizando 34,6 km. Para o acúmulo de tempo à classificação geral, é somado o tempo dos dois atletas, dividindo por dois esta soma. Se algum atleta da dupla toma uma volta, é acrescido uma hora ao tempo como penalização.
Quem levou a melhor neste estágio foi o brasileiro Henrique Avancini (Caloi), que recentemente venceu a temporada de 2013 da Copa Internacional de MTB.  Em segundo lugar ficou o japonês Kohei Yamamoto (Specialized Racing – songinfo) e em terceiro o belga Roel Paulissen (RH-RACINGit)
A Equipe Cemil, composta pelos patenses Silvinho Amorim e Júnio Alves teve mais um dia bom, mantendo a segunda colocação dentre as duplas da América. Juninho completou as cinco voltas com 1:44:57 e Silvinho com 1:46:00.
O quarto estágio será realizado amanhã em Rio das Contas, com largada às 08h (horário local). Serão 87,31 km com  2393 m de subidas acumuladas.
Em breve atualizaremos com mais detalhes.

Equipe Cemil é a segunda colocada dentre os brasileiros no estágio 2 do Brasil Ride

Premiação do segundo estágio da Brasil Ride
Premiação do segundo estágio da Brasil Ride

A Equipe Cemil, composta pelos ciclistas Júnio Alves e Silvinho Amorim, foi a décima colocada no geral do segundo estágio do Brasil Ride. Vale ressaltar também que eles chegaram em segundo lugar dentre os brasileiros.
Os campeões do dia foram os portugueses  Luis Leão Pinto / Tiago Ferreira, seguidos pelos espanhóis Ismael Ventura/Ramon Sagues e Hugo Prado Neto/Lukas Kaufmann os terceiros colocados.
Juninho e Silvinho percorreram os 139 km em 6 horas e 38 minutos. Henrique Avancini e Sherman Trezza de Paiva da Caloi Elite Team foram os brasileiros melhores colocados.
Segundo Silvinho Amorim, “hoje fizemos uma excelente prova aqui no Brasil Ride, etapa dura que começou em Mucugê e Terminou em Rio de Contas, o que era 139Km acabou virando 145Km. Começamos mal e terminamos bem, largamos bem atrás do pelotão e desgastamos muito até chegar no pelotão da frente.
Fomos melhorando durante a prova e graças a DEUS terminamos na 9ª colocação geral e 2° lugar dentre os brasileiros. Muito Feliz com nosso resultado e estamos dando bem como dupla, já que ja treinamos muito juntos e isso é muito importante em uma Ultramaratona de 7 dias.
Com este resultado estamos em 10° lugar na geral Open entre Brasileiros e Estrangeiros.
Agradeço a DEUS PRIMEIRAMENTE, minha Família e tbém a CEMIL (BEBA SAÚDE.BEBA CEMIL) que é nosso Patrocinador.”

Equipe Cemil composta por Júnio Alves e Silvinho Amorim disputa edição 2013 da Brasil Ride

Silvinho Amorim e Júnio Alves (Equipe Cemil)
Silvinho Amorim e Júnio Alves (Equipe Cemil)

Os atletas de Patos de Minas, Júnio Alves e Silvinho Amorim estão na região da Chapada Diamantina, estado da Bahia, para a disputa da Ultra Maratona Brasil Ride. A competição que iniciou nesse domingo com um prólogo de 18,6 km, prossegue até o próximo sábado, 26 de outubro.
Ao todo são 159 duplas de diversas nacionalidades, agrupadas em 6 categorias. Dos 318 participantes, 55 são estrangeiros.
No prólogo, a Equipe Cemil obteve a 13ª colocação, percorrendo os 18,6 km em 55 minutos e 23 segundos.
Você pode acompanhar os resultados diariamente clicando aqui.

Confira o vídeo do prólogo.

CIMTB: Com disputas emocionantes, chega ao fim mais uma temporada. Confira os campeões

O campeão Henrique Avancini
O campeão Henrique Avancini

Depois de percorrer 5 cidades diferentes e mais de 4.000km, a Copa Internacional Levorin de Mountain Bike (CIMTB) encerra mais uma temporada com chave de ouro na Bahia. Pela primeira vez no nordeste, o maior evento de MTB da América Latina reuniu mais de 300 atletas que pedalaram em três dias de prova na Costa do Sauípe. A cada dia uma nova competição. O primeiro nossas feras encaram  um contra-relógio (XCT), no sábado o short track (XCC) e no terceiro dia uma maratona (XCM).
O lugar paradisíaco recebeu a equipe da CIMTB de braços abertos. Os bikers tiveram a oportunidade de pedalar por um circuito inédito, além de experimentar vários tipos de terreno em um só lugar. A galera da elite disputou acirradamente cada centímetro do percurso.
Pela primeira vez uma prova de XCS (prova de fases com vários dias de competição) acontece no Brasil contando pontos para o ranking da UCI. ”Para nós foi muito importante realizar esta prova no Brasil pela primeira vez. Ela foi um laboratório para a etapa de Araxá que terá mesmo formato e dá um grande número de pontos aos atletas. Por isso atrai atletas da Europa e da América do Sul” ressalta o organizador da CIMTB Rogério Bernades.
Raíza Goulão, atleta da elite feminina, foi a grande vencedora da etapa no Sauípe, mas o título de campeã da Copa 2013 ficou com a mineira Isabella Lacerda. “Desde que eu comecei a pedalar eu sonhava com esse título da CIMTB”, afirma a atleta.
A campeã Isabella Lacerda. Foto: Bruno Fernandes
A campeã Isabella Lacerda. Foto: Bruno Fernandes

Henrique Avancini foi o nome da copa deste ano. O atleta levou para casa o título de campeão da temporada, mas quem levou a vitória no Sauípe foi o belga Frans Claes que teve que lidar o tempo todo com o forte calor, além da pista que era totalmente novidade para ele. “A temperatura estava muito alta, sempre acima dos 30ºC. Eu não estou acostumado a competir nessas condições e a pista é totalmente diferente do que tem na Europa, talvez porque seja próxima do mar. Eu fiz o que tinha que fazer. Trabalhei pesado e consegui fazer uma corrida maravilhosa e fiquei muito satisfeito com a vitória”, conclui.
O atleta belga Frans Claes. Foto: Bruno Fernandes
O atleta belga Frans Claes. Foto: Bruno Fernandes

Essa foi a primeira vez na história que um atleta de outro país ganha uma etapa da CIMTB.  A vitória foi conquistas nos pequenos detalhes: apenas 32 segundos de diferença no tempo acumulado nos três dias de prova.
Uma das atrações da pista foi o Coco Garden- um trecho de areia, a beira-mar, coberto com cascas de coco- onde era possível curtir o visual daquela região que é um dos mais bonitos da Costa do Sauípe.  De um lado podemos contemplar o azul do mar, e do outro uma lagoa, além dos condomínios Quintas Private e Casas de Sauípe da Odebrecht.
Super Elite
O ano de 2013 foi extremamente emocionante. Alguns nomes como Erika Gramiscelli, Raiza Goulão e Isabella Lacerda já eram favoritos para o título da temporada.
O ano começou bem para a hexacampeã, Erika Gramiscelli, que abriu a temporada 2013 conquistando o pódio em Araxá, Minas Gerais. Raíza Goulão, de apenas 23 anos, deu muito trabalho na temporada e mostrou todo seu potencial vencendo a terceira etapa em Divinópolis, Minas Gerais. Mas esse ano era da Isabella Lacerda que disparou na liderança na terceira etapa e de lá pra cá, foi difícil para as meninas da elite tirarem a diferença de pontos.
Na elite masculina, quem começou bem o ano foi Rubinho Valeriano, campeão de 2012. Rubinho conquistou o pódio em Araxá, mas viu Ricardo Pscheid conquista a etapa de São João e Avancini levar o primeiro lugar em Divinópolis e Congonhas. Apesar de ganhar apenas uma etapa, Rubinho só perdeu a liderança na quarta etapa. Durante a grande final, Rubinho deu muito trabalho ao líder Avancini, mas ao chegar em 6º na última prova viu o adversário conquistar o título da temporada.
CIMTB classificação geral
As disputas foram super acirradas em todas as  categorias da CIMTB. Na categoria Junior, José Gabriel Marques foi quem pedalou mais e levou o campeonato para casa. O dono do primeiro lugar na sub-15 foi o pequeno Lucas Sirio que fez uma ótima campanha este ano e promete ser uma das revelações do MTB.
Já na categoria Sub-17 quem mandou bem foi Gilberto Cézar Filho que chegou ao Sauípe na segunda colocação e garantiu o primeiro lugar da Copa. Frederico Nascimento Mariano chegou à final com uma diferença de 2 pontos de vantagem e garantiu na raça o campeonato na sub-23.
Na sub-30, Juliano Mariano chegou com 60 pontos de vantagem e confirmou o favoritismo ao conquistar o título. Marcelo Manoel da sub-35 foi mais um atleta que manteve a liderança e pegou o primeiro lugar geral. O atleta Silvio Amorim da Su-40 correu atrás da diferença de pontos e tirou a medalha de campeão das mãos do Marconi Ribeiro.
Abraão Azevedo, da Sub-45, manteve a liderança e papou o título 2013. Luiz Neto, da Sub-50, foi mais uma atleta que chegou ao Sauípe líder e manteve a colocação levando pra casa o campeonato da temporada. O mesmo aconteceu com o biker Dorivaldo Abreu que conquistou a Copa na categoria Sub-55.
O ciclista Dilermando Neto confirmou seu favoritismo ficando com o primeiro lugar na Sub-60. Hélio Vilela foi o grande nome da over-60 e comemorou muito quando subiu ao pódio.  Na turma da categoria para-desportistas, quem mandou bem foi o biker Jefferson Spimpolo. Parabéns, campeão.
Copa Amadores
A galera da Copa Amadores também fez bonito na grande final e deu um show de competitividade. Wesley Alves, da categoria Cadete, chegou à Bahia na frente e fez uma boa prova, garantindo assim o campeonato deste ano. Na categoria dupla mista, Gustavo Moraes e Soraya Moraes que pegaram pódio em Congonhas, repetiram o bom desempenho e levaram a melhor também no Sauípe. Fernando Aguiar e Ruben conquistaram o primeiro lugar da dupla over 81.
Enquanto isso,  na dupla sub-60, o favoritismo não foi confirmado e Fabio Lima e Antonio levaram o campeonato para casa. Na categoria dupla sub-70, Hudson Santos e Vitor Aguiar se destacaram dos demais nas duas últimas etapas e garantiram o primeiríssimo lugar. Os bikers André Silva e Márcio Gouveia foram os melhores na categoria sub-80.
A etapa na Bahia foi super tranquila para Gabriel Henrique Tonhão que já chegou em terras baianas como campeão da Expert. Na mesma situação que Gabriel estava Raquel Gontijo que foi ao Sauípe apenas para cumprir calendário. A atleta já chegou como campeã da categoria feminina over 40.
Outra atleta que já chegou à quinta etapa como campeã foi a Jaqueline Leal. A ciclista competiu com uma vantagem de 140 pontos em relação às outras belas da categoria feminina sub-23. Daniela Vieira foi o nome da feminina sub-40, pois fez uma excelente campanha neste ano. O biker Kairo Gratão também chegou tranquilo para a competição e faturou a medalha de campeão da temporada 2013 na Segurança Pública. O atleta Deilton Fernandes, da categoria Veterano, também chegou ao Sauípe com uma vantagem de pontos, mas precisou pedalar para conseguir se manter em primeiro e levar o campeonato.
Agora é começar os trabalhos para preparar mais uma temporada para nossos campeões. Em 2014 voltamos com tudo.
Por Assessoria CIMTB

CIMTB Sauípe: Henrique Avancini e Isabella Lacerda conquistam título inédito

IMG_0175
O domingo (6) começou agitado na Arena Sauípe. Mais de 300 bikers largaram para mais uma etapa da Copa Internacional Levorin de Mountain Bike (CIMTB). Atletas brasileiros, do Chile, Equador e da Bélgica fizeram da quinta etapa da CIMTB umas das mais emocionantes da temporada.
A largada foi dada às 8h da manhã, e a partir de então estava em jogo o título da etapa que seria disputado em três dias de provas, além da decisão de quem seria os grandes campeões da temporada 2013. Na superelite masculina, Henrique Avancini chegou ao Sauípe como líder, mas a diferença de pontos em relação ao Rubinho era pequena, e a situação podia mudar a qualquer momento.
Avancini venceu a prova Contra Relógio e respirou aliviado, mas no sábado de manhã (5), quem dominou o Short Track foi Rubinho Valeriano. E foi assim que os atletas foram para a pista: sem nada definido.
Na primeira volta no circuito de 21 km, Henrique Avancini liderou o pelotão e abriu vantagem, mas na última volta foi surpreendido pela ultrapassagem do belga Frans Claes que pedalou todo tempo no mesmo ritmo e conseguiu ultrapassá-lo nos minutos finais levando para a Bélgica o título de campeão da CIMTB Sauípe 2013.
Mas a chegada mais aguardada era de Avancini ou Rubinho Valeriano que estavam brigando diretamente pelo título. E assim que apontou, Avancini começou a comemorar a conquista da temporada 2013 da CIMTB. Segundo o campeão, a prova foi muito difícil. “Hoje eu tive que me defender muito do Rubinho e do Pscheidt, mas no final da terceira volta o Frans me alcançou. Eu tive que levar no limite porque eu realmente queria fechar este ano com a vitória na copa. Eu estou muito feliz” descreve.
IMG_0090
De acordo com Avancini, o campeonato deste ano foi muito difícil, pois explorou todas as modalidades domountain bike. “Foi complicado manter essa regularidade e principalmente se preparar para esta etapa. No campeonato mundial eu sofri uma queda e tive que ficar dez dias sem treinar e isso atrapalhou muito esse final de temporada, mas no fim deu certo” explica.
A situação na elite feminina era completamente diferente. Isabella Lacerda chegou a grande final com uma vantagem de 51 pontos. Só tinha dois fatores que tirariam o título dela: terminar a prova na 10ª posição ou quebrar a bike.
Raiza Goulão chegou à Bahia na terceira colocação, mas mostrou toda sua força ao conquistar o primeiro lugar da prova de sexta. Durante a maratona (XCM) de domingo, Raiza liderou toda prova, mas na cola estava a equatoriana, Alexandra Serrano, que deu trabalho na prova de short track e ganhou com tranquilidade no sábado (6). 

Após 2 horas e 2 minutos de prova, Raiza Goulão passou pela linha de chegada em primeiro lugar e escreveu seu nome na Copa como a primeira campeã da etapa do Sauípe. Em seguida, Alexandra Serrano chegou à arena com 2 horas e 3 minutos. Enquanto o público aguardava para ver quem era a terceira colocada, Isabella Lacerda apontava na entrada do evento comemorando o título inédito em sua carreira.
Após passar pela chegada, Isabella não se conteve e deixou as lágrimas caírem. Um choro de alegria e sensação de missão cumprida. Ao descer da bike, a atleta se ajoelhou olhando para o céu. “Vim muito focada para esta prova, e sabia que a gente teria muito calor e muito areia. Eu só tinha em mente que tinha que dar o meu melhor e pedalar forte para chegar, mas graças a Deus deu tudo certo” comemora.
Segundo Isabella ser campeã da CIMTB era seu objetivo para este ano. “Eu estabeleci essa meta. Queria ser campeã da CIMTB, e com as duas vitórias na copa eu consegui ganhar uma boa vantagem para chegar hoje aqui” explica. Mesmo com a vantagem, Isabella não deixou de treinar muito e nem perdeu o foco ao longo dos meses.
IMG_0108
Confira aqui o resultado oficial da CIMTB Sauípe 2013
Por Assessoria CIMTB

CIMTB: Atletas internacionais confirmam presença na quinta etapa

O ciclista belga Frans Claes. Foto: Regina Stanger
O ciclista belga Frans Claes. Foto: Regina Stanger

Faltando pouco menos que 10 dias para o início da quinta etapa da CIMTB, atletas da Bélgica, Equador e Chile acabam de confirmar presença na grande final durante os dias 4,5 e 6 de outubro, no Sauípe.
Além de outras feras do MTB nacional, nossos bikers terão que enfrentar esse trio gringo nos pedais. A ciclista Alexandra Serrano, campeã equatoriana de MTB de 2012, conquistou pódio na etapa de Araxá, e agora chega para tentar subir três posições e terminar a prova em primeiro lugar.
Representando o Chile, a ciclista Florencia Espineira, acostumada a pedalar pela região dos Andes vai encarar o desafio de pedalar sob o sol forte do Sauípe e promete dar trabalho as meninas da elite, em especial à Isabella Lacerda, Erika Gramiscelli e Raíza Goulão que estão no topo da competição.
Deixando o verão europeu, o atleta Frans Claes desembarca no Brasil para levantar a bandeira da Bélgica no pódio da CIMTB, o que irá esquentar ainda mais o clima da competição que está super acirrada. Disputas pelo título vão pegar fogo na Bahia. Além de participar da Copa, o atleta belgo pretende ficar mais uns dias no país. “É quase o final da temporada de MTB, então após a corrida terei alguns dias para conhecer a beleza do Brasil e da Bahia”, anima-se.
As competições terão início na próxima sexta, 4 de outubro, com a prova Contra Relógio, mas somente no domingo à tarde conheceremos os grandes campeões da temporada 2013 da CIMTB, o maior evento esportivo da América Latina.