Araxá abre temporada da CIMTB Levorin com atletas de várias partes do mundo

Começa a contagem regressiva para prova de mountain bike mais esperada do ano. A etapa de Araxá, que abre a temporada da Copa Internacional Levorin de MTB, será entre os dias 4 e 6 de março, no Complexo do Barreiro. A competição terá a maior pontuação das três etapas, o que fará com que a briga fique ainda mais acirrada para aqueles que buscam pontos para conquistar uma vaga nos Jogos Olímpicos.
Este é o segundo ano que a prova é realizada em nível mais alto, na classificação SHC ou Stage Race Hors Class, grau concedido pela União Ciclística Internacional (UCI). Com isso, a etapa soma até 160 pontos no ranking mundial da UCI para o campeão.
araxaa
“Para nós é uma grande responsabilidade e satisfação realizar a CIMTB Levorin. Com a classificação SHC, onde só existem quatro provas no mundo incluindo Araxá, estamos recebendo cada vez mais atletas de outros países. Este ano já temos confirmado Sérvia, Eslováquia, Áustria, Suíça, Portugal, Estados Unidos, países da América do Sul e mais países que estão entrando em contato”, contou o organizador do evento Rogério Bernardes.
Assim como nos dois últimos anos, a etapa terá três dias de prova para a Super Elite (Elite e Sub-23) Masculina e Feminina. A abertura da competição, que será na sexta-feira, será com o Contrarrelógio (XCT). No sábado será a vez de correr no Short Track (XCC-pista curta). A prova é encerrada no domingo com o tradicional Cross Country Olímpico (XCO).
“Este ano a premiação de Araxá será a maior de toda a história. Só para a categoria Super Elite Masculina e Feminina serão quase 40 mil em dinheiro. Além disso, teremos uma grande feira e competições emocionantes com a presença de grandes atletas do cenário mundial. As provas vão ocupar todo o final de semana com mountain bike, passeio ciclístico, concurso de redação e desenho das escolas municipais, corrida a pé noturna, entre outras”, disse Rogério.
Com a parceria da Federação Mineira e Confederação Brasileira de Ciclismo, a etapa de Araxá é válida pelos rankings estadual e brasileiro. A temporada conta com mais duas etapas: São João Del Rei, de 13 a 15 de maio, e Congonhas, entre 4 e 6 de novembro.
Com a realização das Olimpíadas entre os dias 5 e 21 de agosto, a primeira e a segunda etapa da CIMTB Levorin serão decisivas no número de vagas e representantes na modalidade da competição. O ranking olímpico fechará no dia 24 de maio de 2016.
“Ter a pontuação da prova contando pontos para os Jogos Olímpicos Rio 2016 é espetacular. Além disso, é uma grande honra receber centenas de atletas, equipes e familiares de todos os cantos do Brasil para passar o final de semana em Araxá. Temos um ambiente familiar e saudável onde tudo gira em torno do esporte”, finalizou.
 

Bikecast Araxá: Mais de duas horas em vídeo da primeira etapa da CIMTB 2015

Seja bem-vindo ao bikecast. Uma proposta para dar voz e vez ao ciclistas e ao ciclismo. E já em seu lançamento trazemos até você mais de duas horas de vídeo da etapa de Araxá da CIMTB. São 9 vídeos deste grande evento. É a chance de você se ver.

ASSISTA

SOBRE O BIKECAST

Através do podcast e do videocast trazemos você para dentro da trilha com informação e aquela boa resenha de ciclistas. Nos acompanhe nas redes sociais e fique por dentro dos novos episódios de áudio e vídeo.
O bikecast surgiu a partir da ideia de trazer informação sobre ciclismo de forma descontraída e o formato permite este contato mais informal. Através do bikecast trazemos o ciclista e o ciclismo para dentro da nossa trilha. É onde ele se vê e é visto, se ouve e é ouvido.
Podcast é uma série periódica de arquivos de áudio pra ser ouvido em qualquer lugar. Pode ser gravado no pendrive, em seu celular, smartphone ou ipod para ser ouvido a qualquer hora.
Se vai pedalar sozinho, leve o BikeCast! Se vai viajar ou está no trânsito, se informe e se divirta nos ouvindo. Quer ficar informado e preparado para a resenha do fim do treino ou na pedalada do fim de semana? Ouça o bikecast.

Bikecast #001 – Todos os detalhes sobre a etapa de Araxá da CIMTB Levorin


Aumente o volume porque chegou o BikeCast.
Você também pode fazer o download do arquivo de audio e ouvir em seu celular, som do carro ou player de mp3. Clique aqui e faça o download.
O BikeCast#01 vamos falar de “esporte de verdade” (brincadeiras e polêmicas à parte)!
Você vai saber tudo sobre a CIMTB Araxá: montagem da pista, novidades dos novos trechos técnicos e novas atrações para atletas e público.
Ainda, conhecer a logística do evento, o apoio da cidade, onde estacionar e as opções de transporte. Como chegar e como não chegar ao evento!
Vai saber quais são os grandes nomes que estarão presentes e o que valem os pontos que eles disputam.
Entender o papel da UCI, o ciclo olímpico e a luta dos atletas pela classificação para os jogos olímpicos Rio2016.
Vai entender a diferença entre as siglas das provas de MTB: o que é XCC, XCO, XCP, XCM…
Vai saber por quê a CIMTB Araxá é TOP 4 DO MUNDO e quantos pontos serão distribuídos (recordes)!!!
Vai conhecer a programação do evento e detalhes sobre o congresso técnico.
E descobrir qual será a nova categoria na CIMTB etapa Congonhas (para a nossa alegria)!
(programa gravado no Tauá Grande Hotel em Araxá em 28/02. Rankings e números informados referentes a esta data).

Apresentação

Renato Amaral
Bruno Fernandes

Participações

Rogério Bernardes – CIMTB
Franciely Teixeira – Atleta Night Run
Eduardo Tannús- Presidente do Comtur Araxá

O que é um podcast?

É uma série periódica de arquivos de áudio pra serem ouvidos em qualquer lugar! Pode ser gravado no pendrive, em seu celular, smartphone ou ipod para ser ouvido a qualquer hora.
Se vai pedalar sozinho, leve o BikeCast! Se vai viajar ou está no trânsito, se informe e se divirta nos ouvindo. Quer ficar informado e preparado para a resenha do fim do treino ou na pedalada do fim de semana? Ouça o BikeCast!
Entre em contato conosco! Conte sua história, deixe sua opinião sobre as discussões do BikeCast! O que achou do programa? Seu e-mail poderá ser lido no próximo episódio! Envie a sua mensagem para bikecast@noispedala.com.br.

Últimos dias para garantir vaga na abertura da CIMTB Levorin, em Araxá

Henrique Avancini comemora vitória em 2014 (Crédito: Bruno Senna/CIMTB)
Henrique Avancini comemora vitória em 2014 (Crédito: Bruno Senna/CIMTB)

Os ciclistas e corredores de montanha dispostos a participar da primeira etapa da Copa Internacional Levorin de Mountain Bike, devem apressar-se. As inscrições estão disponíveis apenas até domingo (1º/3), no site oficial da competição, www.cimtb.com.br. A abertura da principal competição de MTB da América Latina, de 6 a 8 de março, no Tauá Grande Hotel, em Araxá (MG), reunirá atletas do mundo inteiro, com dez países já confirmados.
Assim, quem pretende participar da prova com os melhores ciclistas de países como Brasil, Argentina, Chile, Equador, Venezuela, México, Suíça, Eslováquia, Hungria e Israel, não pode perder tempo. A organização da CIMTB Levorin prevê que o limite de vagas (1.200 no MTB e 400 na corrida de montanha), seja atingido antes do prazo final, 1º de março.
Para se inscrever em uma das provas de ciclismo, seja a CIMTB Levorin ou a Copa LM Bike de Amadores, basta acessar o site www.cimtb.com.br e clicar em “Faça a sua inscrição” ou então pelo link direto. Para a CIMTB Night Run XC, tradicional corrida de montanha noturna disputada aos sábados na mesma pista do Cross Country Olímpico (XCO), o link o nome da competição e também pode ser acessado no site oficial.
Na CIMTB Levorin, super elite masculina e feminina têm inscrições ao custo de R$ 210,00 para os três dias. O valor para as demais categorias é de R$ 116,00, exceto PNE e Over 60, a R$ 58,00. Na Copa LM Bike de Amadores, categoria de base do esporte, os preços variam entre R$ 20,00 (Mirim) e R$ 70,00 (demais categorias). Já para a CIMTB Night Run, as inscrições têm valor de R$ 60,00.
Em Araxá, os ciclistas das duas super elites (elite e sub-23) masculina e feminina, competem no formato SHC, ou seja, prova dividida em três estágios, em dias distintos: Contrarrelógio na sexta (6), Short Track (pista curta) no dia seguinte e Cross Country Olímpico, no encerramento da competição, domingo (8), às 14h. Os atletas das outras categorias disputarão o tradicional XCO, com largada no sábado às 15h30 para a Copa LM Bike de Amadores (exceção à categoria segurança pública). Domingo, as provas começam às 8h00.

Henrique Avancini e Isabella Lacerda vencem novamente e confirmam título da CIMTB Levorin

Ciclistas confirmam a superioridade na prova do Cross Country Olímpico, neste domingo, e conquistam título inédito em Araxá. Com a vitória, ambos somaram 120 pontos no ranking mundial, de olho nos Jogos Rio-2016

Pódio masculino. Giovanna Soares/Noispedala
Pódio masculino. Giovanna Soares/Noispedala

Araxá (MG) – A busca pela sonhada vaga nos Jogos Olímpicos do Rio-2016 segue a todo vapor para os ciclistas Henrique Avancini e Isabella Lacerda. Atuais campeões da Copa Internacional Levorin de Mountain Bike, a dupla confirmou neste domingo o favoritismo na etapa de abertura da competição, após vencer o Contrarrelógio e o Short Track válidos pelo Cross Country por Estágios (XCS), levando também a vitória no Cross Country Olímpico, disputado neste domingo (23). Além dos 120 pontos somados no ranking UCI (União Ciclística Internacional), outro grande feito foi alcançado por ambos: o primeiro título na etapa de Araxá da CIMTB Levorin.

“Vencer em Araxá é realmente especial. Já havia terminado em segundo e em terceiro nos anos anteriores, mas nunca faturei o título da etapa. Ganhar é diferente porque o público é vibrante e exigente e aqui é um marco no nosso calendário nacional. Uma prova tão reconhecida internacionalmente, o que torna esse primeiro triunfo algo muito gratificante”, contou Henrique Avancini. “Para se ter uma ideia da importância de Araxá, em 2013 a minha melhor pontuação em uma prova foi 120 pontos e, nestes três dias, consegui essa soma no meu ranking”, concluiu.
A campeã Isabella Lacerda também estava muito feliz.”Araxá sempre foi meu foco e meu sonho. Após uma queda e um pneu furado nos Jogos Sul-Americanos no Chile, no fim de semana passado, coloquei como meta para me motivar conseguir o título aqui. Com muita força nas pernas e dedicação alcancei esse feito inédito na minha carreira. Só tenho que agradecer a todos que me ajudaram, desde minha equipe até meus parentes, namorado e amigos”, comemorou Isabella Lacerda.
Assim como nos dois dias anteriores, Avancini e Isabella sobraram em relação aos rivais, e venceram de ponta a ponta. O ciclista fluminense quase se prejudicou na primeira volta, ao fazer a descida mais longa da Dona Beja e a estratégia de administrar os 53 segundos em relação a Rubinho Valeriano, também precisou ser alterada.

Pódio feminino. Giovanna Soares/Noispedala
Pódio feminino. Giovanna Soares/Noispedala

“Meu objetivo era administrar a vantagem obtida com o Contrarrelógio e o Short Track. Assim, minha ideia era fazer uma prova em equipe, com o Sherman e o Fred me acompanhando para não cair meu ritmo, e assim me auxiliarem a garantir a vitória. Era mais interessante andar com meus companheiros do que sozinho, para não sofrer ataque dos rivais. Consegui uma boa diferença na descida da caixa d’água, aumentei a diferença e ganhei segundos e disparei na liderança”, analisou Henrique.

Mesmo vencendo todos os estágios na etapa, Isabella elogiou o nível das adversárias. “A meninas estão muito fortes. Cada prova é uma que ganha e as disputas estão cada vez mais difíceis. Acredito que meu diferencial foi a concentração nesses dias. O nível está crescendo e isso é muito bom para o Mountain Bike feminino. Competições como a Copa Internacional Levorin de MTB só fortalecem mais o nosso esporte e a nossa categoria”, avaliou Isabella.
Superação após quedas – A tarde deste domingo foi feliz para dois atletas. Mesmo não sendo os campeões, Marcelo Cândido e Alexandra Serrano (Equador) se recuperaram após quedas e conseguiram a evolução nos resultados. Após acumular dois terceiros lugares e sofrer uma queda logo na primeira volta do XCO, Alexandra conseguiu se recuperar e terminou na segunda colocação.
“Esse segundo lugar representa muito. Estava esperando melhorar meus resultados e consegui isso. Mesmo em segundo lugar, fico muito feliz com meu feito, porque me ajuda com minha próxima prova, o Pan-Americano em Barbacena na próxima semana”, vibrou Alexandra. “Minha disputa foi com a Raiza Goulão. Ela é muito forte, comecei no ritmo dela e da Isabella, mas uma queda me tirou segundos preciosos. Tive que tirar a vantagem. Estou muito feliz”, completou.
O sorriso no rosto não escondeu a felicidade de Marcelo Cândido. Confiante em obter um bom resultado no XCS, Marcelo começou mal a competição. Após uma queda no Contrarrelógio, na sexta-feira, em que seu capacete rachou, o ciclista mineiro, 29º nessa prova, não desistiu e foi melhorando a cada dia. No Short Track foi oitavo e no Cross Country Olímpico terceiro.
“Venho fazendo um trabalho bem focado na resistência muscular, para obter bons resultados. Essa prova era chave na minha preparação para o Pan de Barbacena. Tudo isso é resultado de trabalho. Se tivesse mais um dia não acho que seria o primeiro, mas iria pra cima deles e daria meu máximo. Estou satisfeito e motivado. Vou entusiasmado para minha próxima prova”, disse Marcelo.
Sub-23 e Junior – Atual campeão do Sub-23, Guilherme Muller começou bem a temporada e mostrou evolução durante os três dias. Campeão no Sub-23, esteve sempre entre os melhores da Super Elite. Após um 14º no Contrarrelógio e um sétimo no Short Track, o ciclista de 20 anos, de Monte Sião (MG) foi o quarto colocado no domingo.
“Foi muito produtivo. Consegui ser o campeão no Sub-23 e fui bem na Super Elite. Vim focado e treinei muito. Na sexta tive imprevistos e fui o terceiro melhor dia. Fiz uma excelente prova no Short Track, o que me deu a liderança da minha categoria. Neste domingo, consegui rodar entre os cinco melhores, em um ritmo alucinante. Confesso que andar próximo de ciclistas como Pscheidt e Rubinho, por exemplo, me deixaram muito apreensivo”, pontuou Guilherme.
Na categoria Junior, Gilberto Cézar Melo, de apenas 16 anos, conquistou o título e já sonha em chegar à Super Elite. “Ando de bike desde os 13 anos. Na última temporada ganhei o título da Juvenil da CIMTB Levorin e agora comecei bem na Junior. Meu sonho é chegar na Super Elite. Quem sabe não represento um dia o Brasil em grandes competições”, afirmou o atleta de Santo Antônio do Monte (MG). Questionado se prefere os estudos ou a bike, Gilberto deu a resposta certa. “Estou no primeiro ano do Colegial, mas tanto estudo quando a bike são importantes para mim”.
Classificação final do XCS de Araxá – Na Super Elite, além do campeão Avancini, Ricardo Pscheidt superou Rubinho, com duas segundas colocações seguidas, e ficou com o vice-campeonato no geral. Guilherme Muller e Marcelo Cândido, que haviam iniciado mal a competição, se recuperaram e encerraram na quarta e quinta colocações, respectivamente. Na Elite Feminina, as cinco primeiras no geral foram as mesmas ciclistas que subiram no pódio no domingo: Isabella Lacerda, Alexandra Serrano, Raiza Goulão, Erika Gramiscelli e Roberta Stopa.
Copa LM de Amadores – O agito do último dia da CIMTB Levorin começou logo cedo, às 8h, com a realização da primeira largada. Os atletas da Copa LM de Amadores, em sete das oito categorias, entraram na pista para um domingo de festa. Apenas a Segurança Pública participou da segunda largada. Cerca de 600 ciclistas se inscreveram para a prova, que é a categoria de base da Copa Internacional Levorin de MTB, em que os iniciantes tem um primeiro contato com o universo do mountain bike.
Resultados do Cross Country Olímpico
Masculino : 
1.- Henrique Avancini (Caloi) – 1h29min41s
2.- Ricardo Pscheidt (Trek/Shimano) – 1h30min30s
3.- Marcelo Cândido (LM/Shimano) – 1h30min59s
4.- Guilherme Muller (LM/Shimano) – 1h31min23s
5.- Rubens Valeriano (Merida) – 1h32min29s
6.- Lukas Kaufmann (Focus/OCE) – 1h32min31s
7.- Mario Antonio Oliveira (Ice) – 1h32min44s
8.- Edivando de Souza Cruz (Astro) – 1h34min27s
9.- Guilherme Saad Alves (Lelin Bike) – 1h34min49s
10.- Valmor Hausmamm (Free Force) – 1h35min12
Feminino : 
1.- Isabella Lacerda (LM/Shimano) – 1h33min55s
2.- Alexandra Serrano (Equador) – 1h34min31s
3.- Raiza Goulão (Soul Cycles) – 1h35min25s
4.- Erika Gramiscelli (InterTrilhas) – 1h35min58s
5.- Roberta Stopa (DaMatta ) – 1h39min47s
6.- Sofia Subtil (BMC) – 1h41min02s
7.- Liege Walter (Alto Rendimento) – 1h41min53
8.- Mariana Carcute (BMC) – 1h44min18s
9.- Letícia Cândido (Focus/OCE) – 1h45min49s
10.- Aline Lombello (Durão Bikes) – 1h48min24s
Vídeo do Short Track – Já está disponível o vídeo do segundo dia, prova de Short Track, da Copa Internacional Levorin de MTB, produzido e edita por Keka Bike. Acesse no endereço:https://www.youtube.com/watch?v=ukN5i7-A8_8
Fan page – Quer acompanhar tudo sobre a Copa Internacional Levorin de Mountain Bike e ainda curtir fotos diferenciadas e vídeos das provas e dos atletas? Acesse a fan page oficial do principal circuito de MTB da América Latina pelo endereçohttp://www.facebook.com/CIMTB. A CIMTB Levorin também está no Twitter (@CIMTBLevorin) e Instagram (@CIMTB).
A Copa Internacional de Mountain Bike tem patrocínio da Levorin, o pneu oficial da competição. LM Bike, Shimano e Specialized são os co-patrocinadores do evento que comemora a 19ª temporada em 2014. Apoios: Scott, Isapa, ASW, Calypso, Carbo Energy Gel, Vizan e Proshock. Parceiros estratégicos: Prefeitura de Araxá, Copasa e Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Turismo e Esporte.

Celeiro de novos atletas, Copa LM de Amadores é atração na CIMTB Levorin em Araxá

Cumprindo a missão de revelar novos ciclistas, Copa LM começa no domingo (23), na programação da etapa de abertura da Copa Internacional Levorin de MTB

São Paulo (SP) – A Copa Internacional Levorin de MTB oferece nesta temporada uma oportunidade aos ciclistas que ainda pretendem conquistar um espaço entre os profissionais. A LM Bike passa a patrocinar a Copa de Amadores, competição considerada importante no incentivo aos novos praticantes do principal circuito de Mountain Bike do País. A primeira etapa será realizada em Araxá, com treinos no sábado (22) e prova no domingo a partir das 8h durante a primeira largada para todas as categorias, exceto Segurança Pública que entra na pista às 10h.
“Depois de escalar as várias categorias da Copa LM de Amadores, teoricamente o atleta está pronto para ingressar na Copa Internacional Levorin de Mountain Bike. Quem sabe nessa evolução possa surgir um possível representante do Brasil em Jogos Olímpicos no futuro. Talvez em 2020, em Tóquio, no Japão, ou então mais a frente, em 2024”, espera Rogério Bernardes, organizador do circuito. “A partir do momento em que LM Bikes decide patrocinar a CIMTB Levorin, a empresa mostra que acredita tanto em nosso evento, quanto no futuro do MTB brasileiro”, completa.

Pela popularidade entre os inciantes, a Copa LM de Amadores deve tornar-se a prova com o maior número de inscritos dentro da CIMTB Levorin. Para a etapa de Araxá, por exemplo, mais da metade dos atletas inscritos estarão na Copa LM de Amadores, mostrando a força na iniciação do mountain bike. “É neste momento em que o atleta entra para o mundo das competições e sente a paixão pelas bikes despertar. Tudo em função do ambiente que proporcionamos, das novas amizades e dos desafios. E isso independe de idade”, esclarece Rogério Bernardes.

A Copa LM de Amadores conta com sete categorias individuais em disputa: Mirim (a partir de 2003), Expert (união de Sub-23 e Júnior), Cadete (união da Sub-35 e Sub-30), Veterano (Sub-40 até Over-60), Feminina Sub-23, Sub-40 e Over-40, além da Segurança Pública, para Militares, Polícia Civil e Guarda Municipal. Nas categorias duplas (que correm apenas na famosa maratona de Congonhas) são disputadas Mista, Sub-60, Sub-70, Sub-80 e Over-81, levando sempre em consideração a soma das idades dos ciclistas da dupla.
Inscrições abertas até 17/3 – Para garantir a participação em uma das provas, basta acessar o site oficial: www.cimtb.com.br ou o endereço: Inscrição CIMTB Levorin e Copa LM de Amadores. Na CIMTB Levorin, Superelite e Elite Feminina têm inscrições ao custo de R$ 186,00. O valor para as demais categorias é de R$ 106,00, exceto PNE e Over 60 que tem 50% de desconto. Na Copa LM de Amadores os preços variam entre R$ 20,00 (Mirim) e R$ 60,00 (demais classes).
Credenciamento de imprensa – O credenciamento de imprensa para a cobertura da primeira etapa do circuito em 2014 continua aberto. Os jornalistas interessados em acompanhar os três dias de atividades em Araxá, entre 21 e 23 de março, devem formalizar o pedido até segunda-feira (17/3), pelo e-mail press@cimtb.com.br, com as seguintes informações:
Nome:
E-mail:
Telefone:
Veículo de comunicação:
Cidade:
Função:

A Copa Internacional de Mountain Bike tem patrocínio da Levorin, o pneu oficial da competição. LM Bike, Shimano e Specialized são os co-patrocinadores do evento que comemora a 19ª edição em 2014.
Mais informações no site http://cimtb.com.br/

Twitter: @CIMTBLevorin
Fanpage no Facebook: www.facebook.com/CIMTB 

Em início do ciclo olímpico, Henrique Avancini defende o título da CIMTB Levorin

Após a consagração em 2013, com a conquista inédita na Superelite, ciclista disputará a Copa Internacional Levorin de MTB, buscando pontos para a campanha nos Jogos Rio-2016

São Paulo (SP) – Um dos principais nomes do Mountain Bike XCO (Cross Country Olímpico) do Brasil, Henrique Avancini definiu seu planejamento rumo aos Jogos Olímpicos Rio-2016. O ciclista de 24 anos, de Petrópolis (RJ) e que ocupa atualmente a melhor posição de um atleta brasileiro no ranking mundial, 15º lugar, vai disputar o maior número possível de competições internacionais para ganhar experiência e somar pontos, porém sem deixar de comparecer às provas no Brasil. A Copa Internacional Levorin de MTB, principal circuito de Moutain Bike da América Latina, está entre suas prioridades, uma vez que o circuito distribuirá 230 pontos para o ranking da UCI neste ano, em três das quatro etapas da temporada.

“Em 2014 teremos Araxá (MG), São João del-Rei (MG) e São Roque (SP) distribuindo pontos da UCI para o Cross Country Olímpico. Iniciei a temporada com 836 pontos. Deste total, 170 pontos vieram da CIMTB Levorin, o que dá uma real noção da importância do peso da Copa para a classificação do País para os Jogos Olímpicos do Rio”, destaca Henrique Avancini, da equipe Caloi. A definição dos participantes nas Olimpíadas é feita pelo ranking das confederações. Os países mais bem pontuados garantem participação e, de acordo com as colocações de seus atletas, mais de uma vaga pode ser aberta por nação.
As duas primeiras etapas, Araxá entre 21 e 23 de março, e São João del-Rei nos dias 17 e 18 de maio, fazem parte dos planos do atleta no primeiro semestre. “Cada temporada tem um desenrolar diferente. Como neste ano terei muitos compromissos no exterior, acabo sendo obrigado a sacrificar algumas provas no Brasil. Vamos ver como as coisas andam passo a passo. Em Araxá, estarei em fase final de preparação para o Campeonato Pan-Americano e vou querer testar as pernas. Espero vencer na terra da Dona Beja. São João del-Rei também será uma etapa onde darei atenção ao XCO. Vou analisar o rendimento após essas duas etapas e conforme os resultados, decidirei se vou defender meu título”, avalia Avancini que está na Espanha disputando o Andalucía Bike Race.
A trajetória de Henrique Avancini na CIMTB Levorin mostra o quanto um atleta pode triunfar se tiver determinação e foco. A jovem promessa conquistou os títulos em todas as categorias que participou, desde a Sub-15 até a Superelite. “Completar essa jornada foi algo muito satisfatório. Em 2013, quando venci a Superelite, a sensação de olhar pra trás e lembrar de todo o caminho percorrido foi muito gratificante. A última edição da CIMTB Levorin foi a mais difícil, pois corremos Cross-Country Olímpico, Maratona, Eliminator, Up-Hill e uma prova por etapas. O circuito foi realizado em cinco etapas, de março a outubro. Foi difícil manter a regularidade em todas as variáveis de provas por tanto tempo. A vitória ficou com o ciclista mais completo, que felizmente fui eu”.
Em Araxá, os ciclistas da Superelite e Elite Feminina competem no formato XCS Classe 1, ou seja, a prova terá três estágios em dias distintos: Contra-Relógio no primeiro, seguido por Short Track (pista curta) e Cross Country Olímpico, que encerra a competição no domingo (23). Os atletas das demais categorias competirão no tradicional XCO, com treino no sábado e provas no domingo a partir das 8h. São esperados cerca de 1.300 ciclistas entre brasileiros e estrangeiros. Uma semana depois será disputado em Barbacena o Pan-Americano, o que reforça a importância da etapa de abertura da CIMTB Levorin.
Confira vídeo da CIMTB Levorin – Clique aqui e assista o vídeo de 1min44 da Copa Internacional Levorin de Mountain Bike com belas imagens da temporada passada.
A Copa Internacional de Mountain Bike tem patrocínio da Levorin, o pneu oficial da competição. LM Bike, Shimano e Specialized são os co-patrocinadores do evento que comemora a 19ª edição em 2014.

CIMTB Levorin apresenta as pistas da abertura do circuito em Araxá

Etapa reunirá 1.300 ciclistas este ano
Etapa reunirá 1.300 ciclistas este ano

Primeira etapa da competição terá o formato de XCS (Cross Country por Estágios), com três dias de prova incluindo Contra Relógio, Short Track (pista curta) e Cross Country Olímpico
São Paulo (SP) – Pelo 11º ano consecutivo Araxá (MG) receberá uma etapa da Copa Internacional Levorin de Moutain Bike. Entre os dias 21 e 23 de março a cidade viverá a abertura do principal circuito de MTB da América Latina e contará com uma novidade no formato de disputa: XCS, o Cross Country por Estágios, com três dias de prova. Por ser considerada como Classe 1 pela União Ciclística Internacional (UCI), os campeões da Superelite e Elite Feminina somarão 120 pontos no ranking UCI, o que reforça a importância da prova integrada ao ciclo Olímpico para os Jogos Rio-2016. No primeiro dia os ciclistas terão o Contra Relógio (XCT), seguido nos outros dois dias por Short Track (XCC) e Cross Country Olímpico (XCO), que terá em seu traçado outra novidade.
“Vamos alterar alguns detalhes da pista, que recebe o XCT e o XCO, em relação ao ano passado. Uma dessas novidades estará no famoso trecho da ‘Dona Beja’, local da pista que atrai grande público devido às dificuldades impostas pelo traçado. Nesse ponto, acrescentaremos mais uma descida, o que aumentará a emoção. Mudaremos também o formato da largada. São alterações para deixar a trilha mais técnica, valorizando assim, a atuação dos atletas e facilitando o atendimento ao público presente”, destaca Rogério Bernardes, organizador da prova.
Como acontece nas provas Contra Relógio, cada ciclista larga individualmente (a cada um minuto) dando uma volta no circuito com 5,8 km de extensão. A ordem de largada respeitará o ranking atual da União Ciclística Internacional, ou seja, o atleta com maior pontuação no ranking será o primeiro a largar. Já a pista de Short Track será montada com 1,5 km e passará pelo Descidão Dona Beja, o que dará um grande emoção nas disputas. Para a Superelite Masculina serão realizadas baterias eliminatórias, nas quais os ciclistas completarão 15 minutos e darão mais duas voltas. Ambas as finais serão disputadas em 25 minutos mais duas voltas, com no máximo 21 ciclistas.
Por fim, a decisão no domingo será realizada no formato Cross Country Olímpico. A pista será a mesma do XCT, com destaque para o acréscimo de uma descida no famoso trecho “Dona Beja”. Entre os profissionais, os homens darão seis voltas e as mulheres quatro. O critério de alinhamento nesta etapa levará em conta o tempo somado nas duas fases anteriores. Será campeão geral em Araxá quem tiver o menor tempo acumulado nos três dias de provas.
Confira vídeo da CIMTB Levorin – Clique aqui e confira o vídeo de 1min44 da Copa Internacional Levorin de Mountain Bike com belas imagens da temporada passada.
A Copa Internacional de Mountain Bike tem patrocínio da Levorin, o pneu oficial da competição. LM Bike, Shimano e Specialized são os co-patrocinadores do evento que comemora a 19ª edição em 2014.

Copa Internacional Levorin de MTB apresenta novidades, com foco no Rio-2016

Confira o que há de novo nas quatro etapas do principal circuito de mountain bike da América Latina para a temporada. Contando pontos para o ranking mundial, aumenta as chances brasileiras na próxima Olimpíada.
São Paulo (SP) – Faltando menos de dois meses para o início da Copa Internacional Levorin de Mountain Bike, a organização do principal circuito de MTB da América Latina, somando pontos para o ranking mundial, já prepara a realização das quatro etapas de 2014: Araxá, São João del-Rei e Congonhas, as três em Minas Gerais, e para finalizar a temporada, São Roque (SP), em outubro. Algumas das principais novidades estão definidas, com destaque para o XCS (cross country por estágios) em Araxá e o XCM (maratona) em Congonhas, primeira prova brasileira a fazer parte do UCI Marathon Series. Nas duas outras etapas, que também contam com XCO (cross country olímpico), o Eliminator (XCE) também valerá pontos para o ranking mundial pela primeira vez, nas categorias masculina e feminina, o que favorece a participação de ciclistas brasileiros nos Jogos Olímpicos de 2016.

Descida Dona Beja: emoção em Araxá
Descida Dona Beja: emoção em Araxá

Na abertura em Araxá, etapa mais tradicional do mountain bike cross country no Brasil, a principal novidade é a pontuação. Por ter o formato XCS, estágios que dividem a prova em três dias para super elite e feminina, além de possuir nível Classe 1, a primeira etapa entre 21 e 23 de março terá pontuação dobrada para os campeões no em relação ao último ano. “O XCS será composto por contra-relógio, short track e cross country olímpico, com 120 pontos em jogo para homens e mulheres vencedores nas duas categorias profissionais”, revela Rogério Bernardes, organizador da CIMTB Levorin.
“Iremos ainda alterar alguns detalhes da pista, criando mais uma descida no famoso trecho da ‘Dona Beja’, além de mudarmos o formato da largada. São alterações para deixar a trilha mais técnica, valorizando, assim, a atuação dos atletas e facilitando o atendimento ao público presente. No passeio ciclístico vamos inovar com prêmio para a melhor fantasia, proporcionando mais diversão aos participantes. No sábado, manteremos a Night Run (corrida pedestre), que fez muito sucesso na edição de 2013”, completa Bernardes.
Eliminator agora vale pelo ranking mundial – São João del-Rei será uma das sedes da CIMTB Levorin, pelo segundo ano consecutivo. Entre 16 e 18 de maio, a prova será de XCO, valendo 60 pontos no ranking UCI para os campeões, além de ter pontuação internacional no Eliminator (XCE), fato inédito no Brasil. “Um pedido antigo foi atendido e agora a prova do Eliminator também valerá pontos no ranking mundial. Será a primeira vez que acontece no Brasil, o que ajudará nossos atletas e o próprio País a acumular pontos, uma vez que 2014 é considerado como o início do ciclo olímpico para os Jogos de 2016”, analisa Rogério. “A expectativa em São João é de evoluirmos. Teremos novamente a presença de um grande público e uma das prioridades é a melhoria da infraestrutura no local”, conclui.
Maior prova do Brasil, com 1.500 vagas, a terceira etapa promete mobilizar Congonhas entre 15 e 17 de agosto. Na Cidade dos Profetas, outra novidade. Voltará ao calendário internacional da UCI, porém desta vez como a primeira do Brasil a fazer parte da UCI Marathon Series, competições de maratona realizadas em várias partes do mundo. “É uma honra e temos uma grande responsabilidade. Outro fator para destacarmos é que a etapa fará parte das comemorações do bicentenário do falecimento de Aleijadinho, maior artista do Barroco no Brasil”, analisa o organizador.
São Roque fecha a temporada – Por fim, São Paulo volta à Copa Internacional Levorin de MTB após 8 anos. Socorro foi a última cidade paulista a fazer parte do circuito, em 2005. Entre 10 e 12 de outubro, São Roque será o palco da decisão. No XCO e no XCE, mais 40 pontos estarão em jogo. A prova olímpica valerá 30 pontos, enquanto o Eliminator, 10. “Será muito bom voltar a São Paulo. Esse é um pedido dos nossos parceiros e há algum tempo estamos tentando atendê-los. Esperamos que a etapa se firme no calendário da CIMTB Levorin nos próximos 10 anos, a exemplo das outras cidades-sede”, espera Rogério Bernardes.
Além das mudanças técnicas, a CIMTB Levorin terá novas atrações para o público. A feira, realizada em todas as sedes com exposição de produtos e lançamentos do segmento, ocupará um espaço maior. O concurso de redação e desenho, em parceria com as secretarias de educação, também terá novidades para deixar mais atrativa a disputa entre os alunos.
“Aproveito também para agradecer às prefeituras e ao público que nos recebem de braços abertos. É fundamental as parcerias com a CBC (Confederação Brasileira de Ciclismo) e com as federações estaduais, mineira e paulista, além dos patrocinadores, como Levorin, LM Bike, Shimano e Specialized, e nossos apoiadores, responsáveis por nos oferecerem condições de trabalharmos com qualidade, segurança e realizar um evento diferenciado aos atletas”, reconhece Rogério.
A Copa Internacional de Mountain Bike tem patrocínio da Levorin, o pneu oficial da competição. LM Bike, Shimano e Specialized são os co-patrocinadores do evento que comemora a 19ª temporada em 2014.
Por Assessoria CIMTB

DVD online da CIMTB Araxá 2013. Mais de uma hora do melhor do MTB em HD. Assista ou compre

Depois do sucesso do DVD online da etapa de  Congonhas, resolvemos lançar, mais um DVD online na íntegra da etapa de Araxá da Copa Internacional de MTB. São 60 minutos do melhor do MTB brasileiro, com imagens de todas as categorias, e claro, do famoso Descidão Dona Beja.
Para você que participou ou deseja conhecer a maior competição do mountain bike brasileiro, é um prato cheio.
São imagens de bastidores, dos pontos turísticos de Araxá, largadas, quedas, de todos as curvas da pista, premiações e entrevistas com os campeões. Assista aí galera. Foi feito para vocês.
imagens: Renato Amaral
imagens gopro: Luciano Carvalho
edição e reportagens: Bruno Fernandes
imagens onboard: Júnio Alves, Edimar Freitas e Wanderson Marques
agradecimentos: Equipe CIMTB, Rogério Bernardes, Paula Isis, Wilian Ferraz, Pabllo Rocha e Clério Juliano
Também estamos disponibilizando o filme em DVD físico, para você assistir, guardar, presentear, tocar em sua loja e muito mais. Apenas R$ 19,99 com frete grátis para todo o Brasil.
Para adquirir, clique na imagem abaixo:


Já conferiu nossas fotos da edição de 2013 da CIMTB?

Clique aqui e compre suas fotos.

Assista na íntegra: