Cinco motivos para pedalar na CIMTB Levorin em São João del-Rei

17297135323_840c60636d_o
Foto: Bruno Fernandes

1 – Possui excelente estrutura
A CIMTB Levorin oferece tudo o que um atleta precisa para se sentir seguro em uma competição. Como por exemplo, o Serviço Neutro da Shimano, no qual experientes mecânicos da Shimano fazem reparos nas bikes dos atletas, independente de categoria ou patrocinador. Além disso, o lava-bike e ações da PUROIL irá garantir que sua bike fique limpa mesmo depois da competição ou treino. A CIMTB Levorin também oferece áreas de hidratação e apoio no trajeto, atendimento médico com equipe de resgate com apoio da Prefeitura. A pista bem sinalizada faz com que a competição flua tranquilamente. Cerca de 200 voluntários estarão no evento para auxiliar atleta e público. O atleta também encontra no evento a área de alimentação e ainda uma das maiores feiras de produtos de mountain bike do país. Em frente a UFSJ é preparado uma grande área de estacionamento gratuito e a Polícia Militar dá todo o apoio no trecho da estrada e no evento.
2 – Percurso Técnico
O trajeto elaborado pela organização da CIMTB Levorin busca tudo o que o mountain bike precisa para ter uma competição inesquecível. O percurso é técnico e forte, mas não é perigoso. Durante a trilha o atleta leva com ele uma mistura de adrenalina e diversão.
3 – Categorias variadas
Com diversas categorias, a CIMTB Levorin consegue atender diferentes perfis de atletas. São quase 25 categorias para todas as idades, desde Mirim até Over 60. E não para por aí. Este ano, a categoria Peso Pesado irá estrear em São João del-Rei e vai levar atletas acima de 95 kg a competir de igual para igual. Além disso, existe uma categoria específica para para-atletas, a PNE. Ou seja, não tem desculpa pra ninguém!
4- Custo-benefício
As inscrições da CIMTB Levorin tem um ótimo custo-benefício para os atletas. Para quem for competir na Copa Amadores, o preço é de R$ 80. Para os atletas das categorias Mirim, R$ 20. Over 60 e PNE, o valor é de R$ 65. Para atletas que vão competir Cross Country Olímpico (XCO), a taxa é de R$ 130 para todas as categorias da CIMTB Levorin e os atletas da Super Elite que forem correr no Cross Country Elimnator (XCE) o valor é de R$ 50.
5- Turismo através do esporte
Unir o esporte com viagem é o sonho de todo amante de mountain bike. E esta é uma grande oportunidade. São João del-Rei faz parte do circuito turístico chamado ‘Estrada Real’, já que tem na história a marca da extração do ouro. E para quem quer viajar no tempo, a cidade oferece um passeio turístico de Maria Fumaça até Tiradentes. Além disso, a cidade conta com uma forte rede de hotéis e pousadas que atende a todos os gostos e bolsos.

50 dicas para você virar um biker expert – Parte 5

50 dicas para você virar um biker expert – Parte 5
50 dicas para você virar um biker expert – Parte 5

41. Existem alimentos que podem turbinar a sua performance de atleta. Eles contém uma grande quantidade e variedade de nutrientes. Dentre eles destacamos o alho, gengibre, oleaginosas, abacate, banana, cacau, quinoa, chia, batata-doce, beterraba, coco, frutas vermelhas, ovos, brócolis e salmão.
42. Também existem alimentos que devem ser consumidos em pequenas quantidade ou evitados, se queremos uma boa performance. Bebidas alcoólicas, refrigerantes, bolachas recheadas e salgados processados, comidas pré-cozidas e molhos que possuem grande quantidade de gorduras e açucaras.
43. Manter a concentração. Quando temos pela frente um obstáculo técnico, olhe para frente a mantenha-se concentrado. Visualize todo o trecho e quando você ver com clareza onde termina, foque no domínio da bike e oriente a sua roda para uma rota menos complicada. Você pode alternar olhares para o próximo ponto e a roda dianteira.
44. Escolha um pneu de qualidade. Um bom pneu proporciona qualidade na tração, curvas e frenagens em sua bike. Para fazer curvas com maior facilidade, prefira pneus com cravos laterais maiores e em maior quantidade. Já os cravos centrais são responsáveis pela tração e frenagem.
45. Escolha o pneu de acordo com o tipo de terreno. Para terreno barroso, prefira cravos maiores e mais espaçados, pois acumula menos barro nos pneus. Em um terreno seco, prefira pneus mais largos e cravos mais próximos, que proporciona maior desempenho e tração.
46. Aplicativos podem auxiliar a medir seu desempenho. Seu smartphone pode servir como um verdadeiro GPS em seu treino ou passeio. Listamos alguns aplicativos como o Strava, Runkeeper, Endomondo e MapMyRide. Eles ainda podem fazer você acumular milhas aéreas com o programa Mova Mais.
47. Utilize roupas apropriadas. É muito importante que você utilize produtos específicos para pedalar. Bermuda, capacete e luva são essenciais. Os produtos trarão para você o conforto e segurança necessários para um bom passeio ou treino.
48. Vontade. Vários motivos levam uma pessoa para pedalar, como perder peso, interação com outras pessoas, praticar esporte, de baixo impacto, dentre outros. Mas, seja qual for o objetivo, a vontade é fundamental. Metas ajudarão você a manter o desejo de pedalar sempre vivo.
49. Cuidado com trânsito. Mantenha distância de portas de carros parados. Muitos motoristas não olham para o retrovisor ou você pode estar em um ponto cego. Sempre que possível, utilize a faixa seguinte.
50. Não passe o sinal vermelho com a sua bike. Você pode ser atingido por um veículo em alta velocidade.