Vem aí a primeira edição do Cross Country da Independência em João Pinheiro – MG

No próximo dia 8 de setembro será realizada em João Pinheiro – MG, a primeira edição do Cross Country MTB da Independência.
O local escolhido para a realização da prova foi o Circuito Caipirão. O local conta com uma infra-estrutura com  restaurante, banheiros e chuveiros. Em breve postaremos maiores detalhes sobre a pista. Haverá premiação para todas as categorias.
As categorias serão as seguintes:

  • Elite (Qualquer idade)
  • Master (Acima de 35 anos)
  • Júnior (Até 18 anos)
  • Feminino (Qualquer idade)
  • Open (Qualquer idade)

As inscrições serão realizadas no local da prova e custarão apenas R$ 30,00. Para participar é obrigatório o uso de luvas e capacete. O evento conta com apoio de diversas empresas locais e da Prefeitura de João Pinheiro.
Para saber mais sobre o evento, entre em contato com o Euler: (38) 9828-3304.
Confira o cartaz:

Cartaz oficial do evento.
Cartaz oficial do evento.

 

Terceira etapa da Copa Cemil de Enduro Regularidade foi realizada. Confira como foi

Alguns participantes da terceira etapa
Alguns participantes da terceira etapa

Cerca de 50 atletas de Patos de Minas, Lagoa Formosa, Patrocínio e Uberaba participaram da terceira etapa da Copa Cemil de Enduro Regularidade MTB. A largada aconteceu nas dependências da Churrascaria Gaúcha, e contou com a organização do José Gonçalves (Star Bike) e Henrique Amaro (Coelho).
Foi um percurso praticamente inédito de 20 km de trilhas próximas a nossa cidade. Diversos balaios, single-tracks e subidas desafiantes aumentaram o nível da prova. Mais uma vez a tradicional e temida matinha do confinamento desafiou os participantes.
A entrega de troféus aos vencedores das três categorias proporcionou uma grande festa para os amantes do Mountain Bike patense. O evento contou com o patrocínio do Grupo Setta, Cemil, O Mundo das Peças, Star Bike, Nutry Suplementos, NTV, Clube FM 99,7, Band Bike e Noispedala.
Ricardo Tomate e seu parceiro Vinícius Dias perderam apenas 195 pontos
Ricardo Tomate e seu parceiro Vinícius Dias (Grupo Setta) perderam apenas 195 pontos

Categoria Duplas Iniciantes. Breno Teixeira e Bruno Zinatto (DB / Integrall) foram os campeões
Categoria Duplas Iniciantes. Breno Teixeira e Bruno Zinatto (DB / Integrall) foram os campeões

 
Categoria Duplas PRO
Categoria Duplas PRO

Confira a classificação:

Iniciantes

# EQ INTEGRANTES PATROCÍNIO PPT
1 219 Breno Teixeira e Bruno Zinatto DB / Integrall 2858
2 218 Rodrigo Célio Pereira e Delduque Mundis Setta 3107
3 220 André Luiz Hipólito Borges e Richard Hirth Chão de Minas – Bar e Petiscaria / MegaCell Celulares / Sacolão Sacola Cheia 4001
4 221 Nilo Rezende Reis e Elton Henrique Silva Sacolão Sacola Cheia 4880
5 201 VIINICIUS DIOGENES MAIA e SIMONE DIÓGENES RIBEIRO Imobiliária Maia 4909
6 209 Rodrigo Oliveira Maranhão e Igor Henrique da Silva 0 5175
7 216 rodrigo xavier da silva e João ricardo canhestro guimaraes 0 5204
8 207 Amarildo Cruz da Silva e Aindra Faria Lima star bike 6881

 

Livre

# EQ INTEGRANTES PATROCÍNIO PPT
1 124 Denio Pinto 0 1882
2 110 Eli Pereira de Jesus 0 2297
3 109 Geraldo Eugênio Carvalho Vieira Júnior Colégio CM 3280
4 111 Vaninho da Costa star lanches 3878
5 122 Kleverson de Lima 0 3917
6 118 João Paulo Silva 0 4065
7 102 Wender Charles 0 4066
8 125 Filipe Lóss Zielinsky 0 5517
9 121 Henrique Caixeta Guimarães Hidroferti tecnologia agricola 6292

 

PRO

# EQ INTEGRANTES PATROCÍNIO PPT
1 311 RICARDO SOUTO CARNEIRO e VINICIUS DE MOURA DIAS GRUPO SETTA 195
2 309 Antônio Sommer e Heitor Peres 0 759
3 328 EDER ADRIANO BARBOSA e EDSON PACHECO DA SILVA CEMIL AUTO ESCOLA MINAS 1551
4 313 GABRIEL TEIXEIRA DE LIMA e HELY CESAR TAVARES PACHECO FEIJÃO NUBIANE 2076
5 312 Thiago Alves de Araujo e Flávio Paula de Oliveira Supermercado Atual e Academia Movimento 2740
6 314 Monica Tosta de Lima e Fábio Alves da Silva BRX Industrial 10109

CIMTB: DVD online da etapa de Divinópolis da Copa Internacional de MTB

É uma hora em HD do melhor do MTB brasileiro. A TV Noispedala cobriu mais uma vez a etapa de Divinópolis da Copa Internacional de Mountain bike. A prova foi disputada em 4 baterias, nos último dia 28, 29 e 30 de junho. Confira os melhores momentos da prova.
imagens e reportagens: Renato Amaral
edição: Bruno Fernandes
agradecimentos:
Equipe CIMTB
Giovanna Soares
Rogério Bernardes
Paula Isis
Stephanie Gomes

Copa Cemil de Enduro prossegue nesse fim de semana. Faça já a sua inscrição.

Dia 21 de julho será realizada a terceira etapa da Copa Cemil de Enduro Regularidade MTB 2013. A largada será nas dependências da Churrascaria Gaúcha, próximo à CEASA. A organização fica por conta do Zé Gonçalves (Star Bike) e Henrique Amaro Coelho (Cemil).
Você pode fazer sua inscrição aqui no Noispedala, na Star Bike e na Band Bike até sábado. O custo da inscrição será de R$ 30,00 por participante. O que diferencia a categoria Duplas PRO da categoria Duplas Iniciantes é a distância a ser percorrida para completar a prova e também as médias que são mais baixas. Ou seja, você vai pedalar menos e sempre em uma valocidade mais baixa.
Para as categorias Livre e Duplas PRO, a distância será de 20km. Para a categoria Duplas Iniciantes, apenas 15 km. Os organizadores levantaram o percurso e disseram ao Noispedala que está show! Cheia de trilhas inéditas.
Serão premiados os primeiros colocados de cada categoria. As planilhas de orientação estarão à disposição dos competidores a partir das 19 horas de Sábado na Band Bike.
Não perca. Clique nos links na barra lateral e faça sua inscrição.

Confira o cartaz:

Cartaz oficial do evento.
Cartaz oficial do evento.

Etapa dupla da Copa Cemil de Ciclismo movimenta Patos de Minas

Raphael José (Dourado) venceu na elite
Raphael José (Dourado) venceu na elite

Foi realizada nesse último fim de semana uma etapa dupla da Copa Cemil de Ciclismo 2013.
No sábado os atletas de toda a região participaram de uma prova de Contrarrelógio individual. Os participantes largaram na marginal da BR-365, seguindo até o aeroporto municipal, retornando próximo ao trevo do aeroporto. Raphael Dourado fez o melhor tempo dentre todos os participantes. Para conferir os resultados, clique aqui.
Já no domingo foi realizada uma prova de circuito, em um dos cartões postais de Patos de Minas. A Avenida Getúlio Vargas. Foram duas baterias. Mais uma vez Raphael Dourado venceu na elite.
O evento foi realizado pela Liga Patense de Ciclismo e contou com o apoio da Cemil, O Mundo das Peças, Prefeitura Municipal de Patos de Minas, Star Bike, JEP Despachante e Noispedala.
Confira o resultado da prova de circuito:
Categoria Femina
1- Ana claudia- Araxa
2- Ana paula- patos de minas
Categoria Open
1- Wilson Ferraz- Patrocinio
2- Edimundo Vieira- Patrocinio
3- Andre carlos(lereia) patos de minas
4- Rafael ribeiro———-
5- Bruno cesar – Coromandel
6- Camilo  santos
7-  Roger santos
8- Max wilson-
Categoria Master B
1- Alesandro Alves- Uberlandia
2- Joao Eustaquio(pelezinho)= Patos de Minas
3- Frederico Oliveira- Araguari
4- Cristiano Forti- Uberlandia
5- Andre Luis – Patos de minas
6- Ronival Caetano- Patos de Minas
7- Rogerio Dias- Patos de Minas
8- Vicente Paulo- Patos de Minas
9- Gilton Alves- Patos de Minas
10- Antonio Cesar (pacheco)- Patos de Minas
11- Romes Silva- Patos de Minas
12- Cleiton Teixeira
13- Luis Carlos
Categoria Master A
1- Adenaldo Gonçalves – Paracatu
2- Flavio Rogerio- Patos de Minas
3- Flavio Andre- Patos de MInas
4- Jose Gonçalves- Patos de Minas-
5- Aguilar Manuel
Categoria Junior
1- Joao Vitor- Uberlandia
2- Filipe Oliveira_ Patos de Minas
3- Rodrigo de Paulo – Uberlandia
4- Silomar Gonçalves- Patos de Minas
5- Natan Fernandes- Uberlandia
6- Breno Fernandes——
Categoria Elite
1- Rarael Jose(Dourado) – RIbeirao Preto
2- Flavio Fernando – Patos de Minas
3- Eliuzur Ferreira – Uberlandia
4- Diego Moraes- Patos de Minas

A bicicleta no dia a dia dos cariocas

Ciclovias da capital carioca. Fonte: Prefeitura do Rio.
Ciclovias da capital carioca. Fonte: Prefeitura do Rio.

Rio de Janeiro, a “cidade maravilhosa”, destaca-se pelos seus ícones culturais e paisagísticos, como o Pão de Açúcar, estátua do Cristo Redentor, suas praias, Maracanã, carnaval, dentre outros.
Outro fato que chama a atenção na cidade, são suas ciclovias e facilidade de andar e encontrar bicicletas no Rio. São 140 km de ciclovias, a maior metragem do país e a segunda da América Latina, perdendo apenas para Bogotá, que possui 250 km. Segundo estimativas do Instituto Municipal de Urbanismo Pereira Passos (IPP), cerca de 320 mil pessoas utilizam bicicletas no Rio.
O Rio também conta com um sistema de bicicletas públicas, chamado de SAMBA. É uma iniciativa da Prefeitura do Rio de Janeiro e conta com 600 bicicletas, distribuídas em 600 estações nos bairros de Copacabana, Ipanema, Leblon, Lagoa, Jardim Botânico, Gávea, Botafogo, Urca, Flamengo e Centro.
O projeto tem como objetivo introduzir a bicicletas no dia a dia do carioca e dos turistas que visitam a cidade. A bike é um meio de transporte muito importante, por ser saudável e não ser poluente. Além disso, com a difusão do seu uso, automaticamente são reduzidos os engarrafamentos e a poluição ambiental.
Pedalando em ciclovias no rio, você pode encontrar ao redor praias, enseadas, parques e jardins, construções ou monumentos, assim como até florestas. Além de ser uma forma de lazer, várias pessoas utilizam as ciclovias para transporte e treinamentos.
A Prefeitura da cidade desenvolve um projeto denominado “Rio Capital Bicicleta”. O Programa, de caráter multiplicador, atende a diferentes objetivos que incluem a melhoria do transporte público, passando pela melhora da mobilidade urbana, já que o projeto prevê a contínua inserção da bicicleta como um modal de transporte, e a educação no trânsito. O Programa também está relacionado com o Projeto de despoluição, já que contribui para o atendimento das metas de redução de 8% das emissões de gases do efeito estufa até o final de 2012 (com base no inventário de 2005). Finalmente objetiva a melhoria da qualidade de vida e da saúde do cidadão, criando uma cultura sustentável, inclusive motivando-o positivamente no sentido de preservar e usufruir a paisagem da Cidade Maravilhosa.
Visite o Rio e pedale! É uma ótima experiência.

Classificação da prova de Contrarrelógio Individual da Copa Cemil de Ciclismo 2013 – 5ª etapa

Categoria Número Atleta Tempo
1 Feminino 660 Ana Claudia Borges Martins 0:13:56
2 Feminino 515 Ana Paula Silva 0:14:08
Categoria Número Atleta Tempo
1 Júnior 665 Rodrigo de Paula 0:11:31
2 Júnior 666 João Vitor Maritaca Narese 0:11:46
3 Júnior 305 Felipe Oliveira de Carvalho 0:12:18
Categoria Número Atleta Tempo
1 Open 207 Bruno Cesar  Nunes 0:11:46
2 Open 114 Rafael Quiroz Ribeiro 0:12:13
3 Open 116 Wilson Ferraz 0:12:24
4 Open 423 Camilo Dos Santos 0:12:25
5 Open 106 Andre Carlos 0:12:31
6 Open 669 Edmundo Vieira 0:12:40
7 Open 667 Roger Santos Alvarenga 0:13:08
8 Open 668 Welington José Ferreira 0:13:47
Categoria Número Atleta Tempo
1 Master B 406 Alessandro Alves 0:11:31
2 Master B 409 Rogerio Dias Vieira 0:12:03
3 Master B 673 Frederico de Oliveira e Sousa 0:12:12
4 Master B 678 Cristiano Augusto Forti 0:12:31
5 Master B 407 Gilton Alves 0:12:41
6 Master B 408 Vicente Paulo 0:12:41
7 Master B 654 Antonio Cesar Pacheco 0:12:54
8 Master B 401 Andre Luis Dias 0:12:55
9 Master B 677 João Eustaquio Pereira 0:13:01
10 Master B 412 Ronival Caetano Silva 0:13:06
11 Master B 400 Romes Jose da Silva 0:13:41
12 Master B 657 Sebastião Jose Moureira 0:13:57
13 Master B 655 Cleuton Teixeira 0:14:10
Categoria Número Atleta Tempo
1 Master A 513 Jose Gonçalves Santos 0:11:59
2 Master A 659 Adenaldo Gonçalves 0:12:28
3 Master A 658 Flavio Rogerio de Moura 0:12:35
Categoria Número Atleta Tempo
1 Elite 656 Raphael Jose 0:11:20
2 Elite 527 Flavio Fernando Gonçalves 0:11:55
3 Elite 664 Eliezur Ferreira 0:12:05
4 Elite 3 Diego Morais 0:13:12

Geral

Categoria Numero Atleta Tempo
1 Elite 656 Raphael Jose 0:11:20
2 Master B 406 Alessandro Alves 0:11:31
3 Júnior 665 Rodrigo de Paula 0:11:31
4 Júnior 666 João Vitor Maritaca Narese 0:11:46
5 Open 207 Bruno Cesar  Nunes 0:11:46
6 Elite 527 Flavio Fernando Gonçalves 0:11:55
7 Master A 513 Jose Gonçalves Santos 0:11:59
8 Master B 409 Rogerio Dias Vieira 0:12:03
9 Elite 664 Eliezur Ferreira 0:12:05
10 Master B 673 Frederico de Oliveira e Sousa 0:12:12
11 Open 114 Rafael Quiroz Ribeiro 0:12:13
12 Júnior 305 Felipe Oliveira de Carvalho 0:12:18
13 Open 116 Wilson Ferraz 0:12:24
14 Open 423 Camilo Dos Santos 0:12:25
15 Master A 659 Adenaldo Gonçalves 0:12:28
16 Open 106 Andre Carlos 0:12:31
17 Master B 678 Cristiano Augusto Forti 0:12:31
18 Master A 658 Flavio Rogerio de Moura 0:12:35
19 Open 669 Edmundo Vieira 0:12:40
20 Master B 407 Gilton Alves 0:12:41
21 Master B 408 Vicente Paulo 0:12:41
22 Master B 654 Antonio Cesar Pacheco 0:12:54
23 Master B 401 Andre Luis Dias 0:12:55
24 Master B 677 João Eustaquio Pereira 0:13:01
25 Master B 412 Ronival Caetano Silva 0:13:06
26 Open 667 Roger Santos Alvarenga 0:13:08
27 Elite 3 Diego Morais 0:13:12
28 Master B 400 Romes Jose da Silva 0:13:41
29 Open 668 Welington José Ferreira 0:13:47
30 Feminino 660 Ana Claudia Borges Martins 0:13:56
31 Master B 657 Sebastião Jose Moureira 0:13:57
32 Feminino 515 Ana Paula Silva 0:14:08
33 Master B 655 Cleuton Teixeira 0:14:10

Entrevista: conheça mais sobre o ciclista brasiliense Marconi Ribeiro

Ciclista Marconi Ribeiro
Ciclista Marconi Ribeiro

Marconi Ribeiro, um atleta que vem marcando presença constante no mundo da magrela. Ele tem 20 anos de muitas histórias e conquistas importantes. A característica mais marcante desse atleta é a sua facilidade para escalar subidas de alto nível de dificuldade. No MTB é muito competitivo devido a sua ativa habilidade.
A  Equipe NoisPedala, conversou com esse atleta que abriu um pouco conosco para dividir  o que mais marcou sua jornada até hoje e sobre quais são as perspectivas que pretende constituir ao seu futuro.
 
NoisPedala : Há quanto tempo pratica ciclismo?
MarconiRibeiro: Há 20 anos, mas tive duas paradas nesse período. Uma de 2 anos e uma de 3 anos. Comecei no ciclismo em 1991 em minha primeira competição.
 
NP: Como surgiu o ciclismo na sua vida?
MR: Sempre fui apaixonado por bicicletas. Desde moleque minha brincadeira preferida era andar de Bike. Em 1990 conheci o esporte através de amigos e entrei para nunca mais sair. A paixão virou amor.
 
NP: Qual é o conselho que um ciclista com sua experiência pode deixar a um jovem que queira ingressar nesse esporte?
MR:  O atleta iniciante deve ter em primeiro lugar o conhecimento das necessidades de ser atleta, que é ter disciplina, determinação, foco, humildade e sabedoria para superar as dificuldades nas fases difíceis da temporada. Procurar ter sucesso de forma limpa e honesta, tanto nas disputas com seus adversários como na melhora da sua performance, procurando um profissional de Educação Física para  orientar sua trajetória.
 
NP: Se pudesse escolher um momento em toda sua carreira para voltar a viver, qual seria?
MR:  Voltaria na época que eu era Sub-23 pela equipe Specialized, onde fui 2 anos consecutivos convocado através de seletivas do Campeonato Brasileiro. Onde tenho orgulho de dizer que disputava com feras que hoje são referências no esporte, como Rubens Donizete, Edivando Souza, entre outros, para poder representar o Brasil em Mundial e Pan-americano. Com a experiência que tenho hoje, não teria parado. Faria algumas coisas diferentes para poder continuar, pois o que me fez parar foi a falta de salário e precisava trabalhar.
 
NP: Acha que o ciclismo será um esporte com mais história e reconhecimento no futuro?
MR: Sim. Esporte lindo de assistir e é muito atraente. Todos que entram nele se encantam e traz mais um amigo para ser encantado também. Está crescendo muito, e as pessoas já estão olhando com outros olhos nosso esporte .
 
NP: Qual a vitória mais importante da sua carreira, e por que foi a mais importante?
MR: Foi o Mundial Máster de 2012. Onde briguei com o italiano Máximo Folcarelli a prova toda, por pouca diferença de tempo, onde fiquei com ele na mira a corrida toda. Fiz de tudo e não consegui superá-lo.  A mais importante da minha carreira, porque foi a que mais me dediquei aos treinos e por isso larguei com uma paz e tranquilidade de trabalho cumprido, mas ainda não consegui vestir a camisa da UCI.
 
NP: Há algum objetivo que tenha planeado na sua vida que queira ainda conquistar?
MR: O sonho que tenho é ser campeão mundial. E estou trabalhando para isso.
 
NP: Para as pessoas que não o conhecem, como se descreve como pessoa ? E como atleta?
MR:  Eu sou muito tranquilo, calmo, observador e alegre. Admiro as pessoas que buscam seu objetivo trabalhando duro e com empenho. Como atleta sou muito competitivo, não gosto de jogar sujo, sou disciplinado com meus treinos, alimentação e sono. Sempre busco a perfeição.
 
NP:  Como é sua preparação em rigor aos treinos? Quem realiza seu acompanhamento profissional?
MR: Atualmente eu sou meu preparador físico, e técnico. Sou formado em Educação Física e administro minhas planilhas, sempre visando picos em provas importantes.
 
NP: Você esta na liderança da CIMTB? O que isso representa para você?
MR: Representa uma satisfação enorme para mim, por ser a prova mais disputada do Brasil e todos almejaram esse lugar onde me encontro hoje. Largar com a camisa amarela é muita responsabilidade e tenho que honrar esse momento brilhante na minha vida.
 
O atleta agradece a sua esposa e a tua filha por sempre o apoiarem. Aos seus amigos que sempre estão vibrando por ele e aos seus parceiros da Equipe da ICE , aos patrocinadores, ICE RACING TEAM, PraQuemPedala e Unibike.
Nossa equipe agradece o carinho e paciência que você Marconi Ribeiro tem conosco. Sucesso na sua jornada , que a cada novo dia seu talento possa concretizar uma nova história nessa caminhada belíssima em seu mundo fascinante pelo ciclismo. E obrigado desde já por aceitar o nosso convite.
Entrevista realizada por Giovanna Soares.

Contrarrelógio individual e prova de circuito dão continuidade à Copa Cemil de Ciclismo 2013

Copa Cemil de Ciclismo
Copa Cemil de Ciclismo

Depois de quatro etapas, a disputa está enorme. A emoção está garantida para os dias 13 e 14 de julho em Patos de Minas. Serão duas etapas.
No sábado haverá uma prova de Contrarrelógio Individual no tradicional percurso de 7,5km da Churrascaria Gaúcha ao Aeroporto Municipal. A concentração será a partir das 15 horas, em frente à Churrascaria Gaúcha, na pista marginal da BR-365. A primeira largada será às 16 horas.
Já no domingo, 7 de abril, a concentração começa às 08h da manhã. A prova no formato circuito, no centro da cidade, na Avenida Getúlio Vargas. A primeira largada está marcada para as 9 horas da manhã.
Categorias:
Open -35 min+1 volta
Feminino-25 min +1 volta
Júnior- 30 min +1 volta
Master A- 40 min + 1 volta
Master B- 35 Min + 1 volta
Elite- 50 min + 1 volta
Premiação
Troféu para os 5 primeiros de cada categoria, em cada etapa
Dinheiro para os 3 primeiros de cada categoria na somatoria dos 2 dias, sendo:
Elite- 150,00, 130,00 e 100,00
Demais categorias, 100,00 ,70,00 e 50,00

Inscrições – www.noispedala.com.br
Valor da inscrição – R$ 40,00 para os 2 dias, e R$ 30,00 para uma etapa.
Realização – Liga Patense de Ciclismo.
Apoio- Cemil, Prefeitura Municipal, Noispedala, Star Bike, Copasa, Mundo das Peças e Jep Despachante.
Importante: Traga seus números da última etapa.