Competições

Érika Gramiscelli e Rubinho Valeriano reinaram na terra da Dona Beja

Rubinho Valeriano venceu mais uma vez em Araxá.
Rubinho Valeriano venceu mais uma vez em Araxá. Foto: Pabllo Rocha

Não teve lama, nem pedras no caminho que atrapalhassem o desempenho dos melhores atletas de mtb da América do Sul. Após uma manhã de muita expectativa, as elites masculina e feminina finalmente colocaram o pé no pedal dando início a disputa da temporada 2013 da Copa Internacional Levorin de Mountain Bike (CIMTB).
Após uma largada super acirrada, 51 atletas da elite masculina e 19 da categoria feminina partiram em direção as trilhas da terra da Dona Beja. Com a forte chuva que caiu em Araxá na madrugada de domingo, a pista ficou escorregadia e muito técnica, o que exigiu ainda mais dos atletas. Súbidas e descidas íngremes fazem da pista de Araxá uma das melhores de mtb da América Latina. “A parte mais difícil da pista são as subidas, é uma parte muito que exige muito e você tem que se doar 100%”, comenta a equatoriana Alexanda Serrano.
Rubinho Valeriano e Henrique Avancini, na ordem respectivamente, lideraram o pelotão de frente durante toda a prova na Estância Hidromineral do Barreiro. Na última volta, Henrique Avancini foi surpreendido pela ultrapassagem de Rubinho Valeriano que completou a 5 voltas em 1 hora,33 minutos e 53 segundos.
Logo em seguida, Avancini cruzou a linha de chegada menos de 37 segundos depois. “Hoje a prova foi duríssima para mim. Estava cansado do sprint de ontem. Na quarta volta o Henrique sumiu na minha frente e eu já estava pensando no segundo lugar. Mas aí dentro da minha cabeça tava o primeiro lugar, e eu não ia desistir até cruzar a linha de chegada”, afirmou o campeão Rubinho Valeriano.
Érika Gramiscelli levou a melhor entre as mulheres. Foto: Pabllo Rocha
Érika Gramiscelli levou a melhor entre as mulheres. Foto: Pabllo Rocha

Segundo Henrique Avancini, a prova estava muito disputada e isso só comprova a evolução do mountain bike no Brasil. “Araxá talvez seja o circuito mais difícil para mim. Ter dominado a prova em alguns momentos e disputando lado a lado com o Rubinho foi muito bom, afinal ele é o principal nome do mtb no país”, declarou Avancini.
Entre as belas, Érika Gramiscelli levou a melhor, cruzando em primeiro lugar a linha de chegada. “Eu tive um problema técnico no início, me afobei na primeira volta por conta da ansiedade, mas depois deu tudo certo”, afirmou a campeã. Isabella Lacerda, atleta da equipe LM, garantiu o 2º lugar. “Estou super feliz com o resultado. Andei no meu limite o tempo inteiro da prova”, explicou a atleta.
A atleta do equador, Alexandra Serrano, veio diretamente do Chile, onde participou de uma competição de mtb no último fim de semana e ficou muito feliz com a sua colocação. “A copa é muito emocionante, é uma prova de alto nível, há umas competidoras muito boas. Estamos competindo em nível de panamericano e a pista aqui de Araxá é incrível”, declarou a equatoriana.
Depois de Araxá, Rubinho Valeriano e Érika Gramiscelli embarcam para Argentina para representar o Brasil no Panamericano no próximo mês. A segunda etapa da CIMTB acontece entre os dias 3 e 5 de maio em São João Del Rei, Minas Gerais. A cidade será sede pela primeira vez da copa.
Por Paula Isis

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.