Diários de bordo

Diário de Bordo: Trilha Fantástica passando pelo Friends

Por Luciano
Antes de decidirmos onde seria a trilha o Celinho me avisou que o Bruno Fernandes iria pedalar com nós, então teríamos Diário de Bordo. Nota do redator: “Não preciso ir para termos diário de bordo.. rs.”

Leandro Band Bike
Leandro Band Bike

É galera!!!  Quando lembro dessa trilha vem na cabeça as fotografias de tudo que aconteceu…
Essa é a segunda vez que estamos pedalando nessa trilha…. Então vamos lá!!  Todos bikers se encontraram na Band Bike às 14h e quando iniciamos o deslocamento sentido ponte velha do rio Paranaíba até chegar no Friends onde tivemos uma subida de 2,5 km até chegar na nossa trilha.
Pulamos a cerca e já estávamos no Friends, foi quando levei um susto, o Bruno disse que não iria continuar… disse que estava a mais de 30 dias sem pedalar, mas conseguimos convencê-lo a seguir e assim foi.
Andamos mais 1,5 e meio de subidas e descidas e o Bruno Gritou lá de traz “TÔ VOLTANDO”, “NUM DÀ”, “TÔ DESPREPARADO”. Bruno teve bom senso e não quis atrapalhar o pedal, pois logo no inicio ele percebeu que seria uma trilha pesada.
Bom, pra quem não conhece o Friends, lá é uma pista de Cross Country para moto e fica num morro +- 30° de descida no meio de uma plantação eucaliptos, e bem no centro uma represa artificial com um quiosque. Uma estrutura de primeira.
A todos os momentos parávamos pra ver quem conseguia subir sem cair os morros íngremes do lugar. Era coroa pequena e catraca no máximo e pedalar com todo equilíbrio possível, descidas em curva num labirinto de eucalipto.
Dava pra ver os caras pedalando satisfeitos e cansados, dizendo “Melhor trilha que já fiz”, outro, “ainda bem que o Bruno voltou”rsrsrs.
Antes de chegarmos na represa tínhamos uma descida cheia de rampas que pra quem gosta de downhill, é show, a galera não tava acreditando…
Alguns não levaram camelbak porque a trilha só tinha 19 km e acharam que seria moleza, tiveram que pegar água na casa perto da represa.
O pessoal parou pra tirar fotos perto da represa e seguimos ainda não chegamos nem na metade da trilha.
Chegamos a uma das melhores descidas do Friends, paramos pra descer um de cada vez, já fiquei com a maquina fotográfica de prontidão, pois sabia que dava pra tirar foto bacana e a estrela foi o Adão Montanha, num capote espetacular…  mas nada de machucar!!!Ótimo !!!
Saímos pelo outro lado do Friends, pulando a cerca andamos por trilha caminho de vaca por 2 km, mais 500 ms de estrada.
Chegamos à mata fechada, pedalamos por 730 metros. Eram galhos batendo nos braços a todo momento, troncos de arvore caído e até ter que desviar de MACUMBA tivemos, RSRSRS
Quando saímos da mata lembro do Walder dizer todo empolgado, “Nossa essa trilha é a melhor que já fiz na vida, teve grandes subidas, descidas show, mata fechada, trilha de caminho de vaca, pulamos cerca, estradão e até MACUMBA”.
Continuamos por estrada por 300 metros e chegamos na Pista de Cross Country Sto. Antônio, Andamos por trilha dentro da mata fechada, passamos por ponte de madeira, e o Celinho lançou um desafio, valendo um refri pra quem conseguisse subir até o alto do morro da pista. Nesse momento todos já estavam exaustos, tentamos, mas ninguém conseguiu ..
Talvez da próxima façamos a trilha ao contrário… Ai pode ser!!!
Agradeço ao Ratinho por deixar disponível a nossa passagem pelo Friends e a todos que pedalaram com nós nesse sábado!!!

Previous ArticleNext Article

4 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *