Diários de bordo

Diário de Bordo: Trilha da Meia noite 21/01/10

Eram 19h05min quando eu, Magela, cheguei com 5 minutos de atraso e tive que ouvir algumas broncas pelo atraso.  Quando subíamos a Av. Major Gote notei a presença de um novo membro que me chamou a atenção, um senhor de aproximadamente 60 anos, com uma bike elétrica, que ele mesmo construiu.

Senhor Olímpio, o Professor Pardal
Senhor Olímpio, o Professor Pardal

Logo que pegamos a Av. Marabá, deparamos com um acidente envolvendo uma moto e um caminhão, o doutor Carlos Campos, preocupado com uma possível vítima, se aproximou do local do acidente e quase foi preso por violar o isolamento da Polícia. O meu compadre Vandinho que subiu na frente do guia pegou a estrada do cenourinha de desgarrou da turma, que passou direto na Marabá.
Depois da no alto dos 6 km, quando íamos pegar a descida da secretária encontramos novamente com o Vandinho e o Paulinho que o acompanhou pelo cenourinha. Começamos a descida e logo eu furei o pneu, com a ajuda do nosso amigo Zé Gonçalves (STAR BIKE ver anúncio ao lado) rapidamente colocamos a minha bike para rodar de novo.
Sem dúvida o que chamava mais a atenção era o senhor Olímpio com bike elétrica, ele encantou a todos com sua simpatia e paciência explicando com funcionava seu invento. Logo a galera o apelidou carinhosamente de professor pardal.
Assim que começamos a subida do outro lado da secretária, o Markim Caixão conseguiu cair duas vezes, mais um tombo e ele teria direito a pedir uma música. O senhor Olímpio (professor pardal) começou a ter problemas com sua maquina, ela emitia um som estranho, parecendo com sirene de viatura e segundo ele foi super aquecimento dos transistores bipolares alternadores de energia da caixa transformadora de alternadores da propulsão dos cabos condutores de energia renovada das partículas ultra polares ligadas a corrente que fica na caixa de renovadores de potência cognitiva renovada, acionada pelos freios. Não deu outra; o senhor Olímpio deve que acionar o resgate, e foi a pé até o Sertãozinho. Já colocamos em nossa pauta uma matéria para o TV NOISPEDALA com o Sr Olímpio e sua bike elétrica.
Após a triste separação do nosso mais novo amigo, seguimos em direção ao Beco dos Borges, após passarmos por um curral, pegamos uma pequena descida cheia de cavas, mesmo após ter alertado do perigo, o nosso amigo João Bocão resolveu encará-la montado, o que de dia já é difícil imagine a noite, dito e feito o Bocão achou um buraco e foi aquele capote.
Passamos pelo Beco dos Borges, atravessamos a aguinha e antes de começar a subida que chega ao estradão tivemos mais um pneu furado, sem falar do capote do Joãozinho Grandão.
As 22h28min h chegamos à cidade e a galera acabou se separando sem se despedir
È isso aí, fica duro e pé no pedal!
Clique aqui para ver as fotos deste pedal noturno

Previous ArticleNext Article

11 Comments

  1. Pessoal, desculpe o tempo em que demoramos publicar o Diário de bordo do último pedal noturno. Este fim de semana 11 integrantes do Noispedala fizeram uma cicloviagem de Curvelo à Diamantina e passamos 3 dias totalmente desconectados do mundo. Em breve fotos desta aventura e também o diário de bordo.

  2. É isso ai galera, não estou indo com vcs mas estou sempre aqui no site para manter atualizado, é encontrei com vcs na maraba eu estava chegando de uma pedala só de 45km um treininho basico mas em breve estarei junto com vcs no noispedala. continuem pelalando pessoal…

  3. Esse pedal do dia 21/01 foi muito massa.No começo pensei em desistir, mas logo logo passou a vontade e tava lá, pedalando e rindo a doidado.
    O marquinho caixão tinha de pedir a musica umas 2 vezes, pois não parava em pé na bike, tive até de andar com a camera ligada uns kilometros pois, sabia que a qualquer momento mais um tombo iria acontecer…..
    Sem falar na magrela do professor pardal que deu um show.(na descida da secretaria, porque na subida, nem com um gerador da cemig, iria dar conta de tocar aquela magrelinha eletrica.!!!!!!!!!!!)
    Enfim, quem não foi perdeu!!!!!!
    E queria deixar uma reclamação, o pessoal sai junto e deve voltar junto; nesta ultima trilha o pessoal bateu em retirada e não deu satisfação pra mais ninguem, se tivesse alguem com problema teria ficado lá até hj.
    Se é companherismo, vamos ser companheiros…
    Abraço a todos

  4. Ai Peso desculpa por ter escrito errado (tompo),escrivo rapido nei vi.
    prometo escrever certo da outra vez.
    ai masi eu levei foi um tombinho so , so tombei pro lado nao foi nada.
    Ate quinta galela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *