Diários de bordo

Diário de Bordo: Romaria de Robim até Aparecida

Tudo começou com os olhos encharcados em lágrimas no final da Rua Dr. Marcolino com a Av. JK quando iniciei a viagem após passar na casa de meus pais e despedir de todos. Pedi muito a DEUS que iluminasse o nosso caminho e que nos desse muita força, pois a trajetória seria longa até o Santuário de Aparecida onde poderia definitivamente entregar o aro da bike de estrada lá na Capela dos Milagres. Assim, seria a realização de um sonho que foi interrompido com meu acidente no dia 23/02/2008 na subida do camping depois do trevo de Santana de Patos onde estava com mais dois amigos (Branco e Paulo) oficializando o primeiro treino para viagem até o Santuário de Aparecida.

Robim em uma demonstração de fé
Robim em uma demonstração de fé

Quanto à programação da viagem, no feriado de setembro/2010 fomos de carro até o Santuário fazendo o levantamento da melhor rota a seguir visando à bicicleta, Levantamos a distância entre as cidades, qual era a qualidade do asfalto, disponibilidade de acostamento, altitude dos pontos, serra para escalar existente, qual seria os km para subir, disponibilidade de hotéis nas cidades, cidades mais próximas antes e depois dos principais pontos escolhidos (maiores cidades). Com todas as informações na mão arrancamos: eu pedalando, a Lucia (esposa) e o Sr. Erasmo no carro de apoio, com todo material para passar o dia pedalando (frutas, água, sucos diversos, água de coco, bebidas isotônicas, etc), pois a meta era cumprir o percurso entre cinco e seis dias de pedal.
O mais interessante foi como DEUS nos proporcionou tamanha felicidade, pois não tivemos problemas durante os cinco dias de pedal, tudo transcorreu da melhor forma possível.
1° dia: sábado, 26 de março de 2011.
Patos – Araxá – 156,6km 06h06m06s 25,7km/h
Para o primeiro dia o nosso destino foi Araxá/MG e a meta cumprida na integra. Pedal transcorreu de forma tranquila. A Serra do Salitre não incomodou. No final do dia tivemos o prazer de assistirmos a missa e ainda fomos homenageados na procissão de entrada.
2° dia: domingo, 27 de março de 2011.
Araxá – Franca – 172,0km 07h09m35s 24,5km/h
Já no segundo dia nosso destino seria qualquer cidade depois de Rifaina/Pedregulho que nos aproximasse de Franca e conseguimos chegar ainda cedo, um pouco antes das 16h a Franca/SP. A pedalada foi igual ao primeiro dia, sol moderado e nada de chuvas.
3° dia: segunda-feira, 28 de março de 2011.
Franca – Guaxupé – 154,0km 06h47m35s 22,8km/h
No terceiro dia saímos de Franca com destino ao sul de Minas Gerais onde o percurso seria mais montanhoso devido às serras cafeeiras típicas da região. Depois da saída com uma pequena chuva que nos acompanhou por uns 25 km largamos o estado de SP.
Neste dia encontramos o Sr. José Nildo, ciclista que esta percorrendo todos os estados do Brasil em aproximadamente três anos de pedal. Tiramos algumas fotos, escalamos uma serra juntos e depois o deixei, pois sua carga é de grande peso prejudicando um pouco seu rendimento no pedal, que é de 6,5km/h e pedalando no máximo 70 km por dia. Serra, serra, serra e mais serra.
4° dia: terça-feira. 29 de março de 2011
Guaxupé – Pouso Alegre – 190,0km 08h48m35s 21,6km/h
No quarto dia saímos de Guaxupé com destino a qualquer cidade após Poços de Caldas, pois Pouso Alegre era quase 200 km. A dúvida de não conseguir chegar ao destino era evidente. Neste dia, tivemos alguns problemas. Muita chuva, quatro pneus furados e a Serra de Ipuiuna que estava em fase de duplicação. A cada quilômetro vencido, a emoção aumentava e graças a Deus cada vez mais perto do objetivo. Foi o dia mais difícil, porque depois de todos os problemas só nos restava chegar a Pouso Alegre. Foi aí que chegamos ao hotel em Pouso Alegre por volta das 19 horas, completando quase 09 horas de pedal.
5° dia: quarta-feira, 30 de março de 2011.
Pouso Alegre – Aparecida – 164,1km 7h29m10s 22,0km/h
Chegou o último dia de pedal. Apesar de muita massagem, a dor no joelho direito era eminente. A programação era tentar subir a Serra da Mantiqueira com seus belos, longos e ininterruptos 23,4 km. A pedalada iniciou com condição de asfalto perfeita, acostamento seguro até Itajubá. Segui até Venceslau Braz, onde iniciaria a temida subida da serra. Apesar da dor no joelho, a dificuldade não foi tão dura como esperava, visto a paisagem e enorme desejo que se aproximava a chegada ao santuário. Aproximando de Lorena, uma chuva de lavar a alma insistia em cair.
A partir deste momento, toda emoção pode ser descrita neste vídeo, que após sermos convidados a participar da santa Missa no altar principal da Basílica, participamos ao vivo do programa Bem-vindos romeiros, da TV Aparecida.

Previous ArticleNext Article

34 Comments

  1. Robinho,
    Parabéns por mais esta conquista em sua vida, belas fotos, lugares muito bonito, e que Nossa Senhora Aparecida te de força para sempre estar pedalando com força, garra e determinação.
    Júlio Simão – Cica.

  2. Meu irmão,
    Parabéns pela façanha, realmente fantástico!!!! Que DEUS continue abençoando a você e sua família….
    Forte abraço!

  3. ROBINHO: Nada na vida acontece por acaso, aquele acidente foi um obstáculo colocado em sua vida para que a sua força de vontade fosse testada. Muitas vezes, os planos que nós fazemos não são os mesmos propostos pelo SENHOR, a verdadeira resposta vem pela palavra dele. E você soube utilizar o acidente sofrido como forma de superação e determinação. Parabéns, se eu fosse o SENHOR, eu diria: FOI APROVADO.

    1. Professor… Realmente foi um momento de grande aprendizado e transformação em nossas vidas e graças a DEUS vem a cada dia nos colocando no caminho.

    1. Fuscão…
      Foi como falamos. Nada aconteceu ao acaso. Tudo influenciou para o sucesso na viagem. Somente energias positivas. No final de cada dia tudo dava certo. Realmente incrível!!!!!

    1. Lucas….
      Realmente foram momentos incríveis e únicos. Com certeza a bike nos proporciona muito. É só sabermos aproveitar ao máximo. 1 Abraço…

  4. Robim(biker de alma), sempre gosto de falar do “biker de alma”. O biker de alma compete em provas onde não existe perdedores e nem troféu de campeão, nestas provas a alegria e pura e divina e a determinação e superação tem que ser ainda maior, pois no final não tem pódio, premiação e porque você não teve que vencer mínguem, simplesmente ser o melhor ser humano que você pode ser.
    Obrigado por esta lição de como ser um verdadeiro “biker de alma”

  5. Parabéns Robin!!!
    Imagino o quão difícil foi o trajeto.
    Montanhas e mais montanhas.
    Mas vc conseguiu, parabéns!!!!
    Abraços.
    Romes, Viviam, Sofia e Felipe.

  6. ATRAVÉS DESTE TESTEMHNHO, TENHA CERTEZA QUE VOCE ROBINHO, EVANGELIZOU PESSOAS QUE VIRAM ESTE VIDEO A COMEÇAR DE MIM.
    QUE NSRa APARECIDA ABENÇOE VOCÊ E TODA FAMÍLIA.
    PARABÉNS.
    TIAGÃO.

  7. Vi as fotos da sua viagem á Aparecida do Norte,achei lindos os lugares por onde passou,aBasilica.Tudo maravilhoso! O sr está de parabéns!Beijos!

  8. Amigos….
    Boa noite… Somente agora consegui um tempinho para entrar no nosso site. O certo seria agrader a cada um dos comentários postados mas, estaremos falando melhor nos pedais do final de semana e nos encontros pela cidade. Realmente foi uma trajetória sem palavras para descrever e agradeço a todos pelo carinho demonstrado. Um forte abraço a todos e mais uma vez lembro que o nosso esporte é “show de roda”…… inté.

  9. Meu grande amor não foi por acaso que Deus nos colocou um na frente do outro, foi para dar testemunho de que tudo se realiza atraves dele, meu sonho é o seu sonho e vice versa, todos seus amigos ciclistas sabem o quanto eu te apoio e te dou força em todas estas pedaladas, mas esta foi a pedalada em que o premio era abraçar N. Sra Aparecida e ela estava nos esperando de braços abertos não existe recompensa mais valiosa que esta . Deus te abençõe muito, você é o meu campeão, te amo.

  10. Robinho, parabéns por essa bela conquista junto a Nossa Sra. Aparecida. Também tenho a vontade de fazer esse percurso em agradecimento a muitas glórias alcançadas.
    Mais uma vez parabéns meu amigo!

  11. Robinho, só hoje eu li o seu relato e assisti ao vídeo, fiquei todo arrepiado.
    Caramba, que viagem (em todos os sentidos)!
    Com Nossa Senhora, a Lúcia e o seu Erasmo, com certeza você viajou muito bem acompanhado.
    Achei muito bacana o enfoque da visão do ciclista quanto à segurança nas estradas, que você colocou na entrevista. Estas inserções vão aos poucos conscientizando as pessoas, em especial aos motoristas, para que acidentes terríveis como o que você sofreu se tornem cada dia mais raros.

  12. A fé é uma convicção! Capaz de “mover montanhas””.
    Parabéns ao Biker e à sua família.
    Também me emocionei!
    Parabéns, Parabéns!!!
    Vida longa!

  13. Meu amigo, já são muitos kms de pedal, desde as madrugadas de “croizinha” pelas trilhas de enduros antigos até esta sua aventura de agora. Quero agradecer pela sua amizade e você sabe o quanto ela representa pra mim, apesar destes tempos corridos de agora. Esta sua aventura é a prova da sua perseverança e fé. Dos seus princípios inalterados, desde quando te conheço. Não podia deixar de agradecer a Lucia por te apoiar e estar ao seu lado. Que Deus lhe conceda graças e muita saúde. Parabéns!!!

  14. Cunhado, você é sempre campeão. Que Nsa. Sra. Aparecida te proteja sempre, juntamente com minha querida irmã Lúcia. Amo voces ! ! ! ! Robinho, coloque o Mateus nas tuas trilhas. Ajude os jovens e adolescentes de hoje se apaixonarem por esportes saudáveis como estes. Só assim estarão saindo de lugares que não são bacanas. Creia que todos nós somos responsáveis. Saúde e sucessos ! ! !

  15. Parabéns tio, é isso aí, muita garra, determinação e fé.
    Pra mim mais que um exemplo de força e coragem,
    meu tio, que amo, respeito e admiro.
    Muitas felicidades!!!!

  16. Robim,
    Que lindo ver essa sua estoria de determinaçao ,,juntamente com a Lucinha e seu Erasmo.
    Que Deus mantem essa fé acesa com muita harmonia e companheirismo.
    Vcs estao sempre presente nas obras de Deus e sao merecedores ainda mais,
    fico contente por fazer parte da sua familia,tenho vcs como meus irmaos…
    Vcs me fizeram chorar viu…
    Isso mostrar que a fé remove montanhas e que Deus existe dentro do nosso coraçao.
    Que essa realizaçao e caminhada de fé sempre o torna mais e mais essa pessoa justa,trabalhadora,verdadeiros e eficiente como amigos e filhos de Deus.Que ele sempre os iluminem…
    Ladynha e juninho

Deixe uma resposta para Renato Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *