Diários de bordo

Diário de Bordo: Pedal da Band na Trilha Chapadão de Ferro – Serra Negra

Por Heber Contador
02/09/2012 – Serra Negra

Chapadão de Ferro
Chapadão de Ferro

Hebinho, Murilo, Márcio Abdala, Luciano, Giovane, Josimar, Iuri e Juliano, acordamos cedo, rumo a região da Serra Negra para mais um novo desafio.
Detalhe, apenas com a marcação da trilha no GPS, e com muita disposição.
Durante o percurso, apenas um lugar mais travado, subimos uma mata fechada, mas a descida foi sensacional, estilo prova de cross country, cheio de pedras e muito técnica.
Logo, adiante, chegamos ao famoso Hotel Serra Negra, onde a paisagem é impressionante, porém o lugar está abandonado á décadas.
Após o lanche, dá-lhe subidas, e o sol do meio dia foi sugando nossas energias.
Alguns companheiros, comentaram a dificuldade do percurso, (subidas, sol quente, terreno arenoso) mas isso é o que nos motiva a vencer nossos desafios, com muito companheirismo sempre.
Tomamos uma coca na Comunidade Chapadão de Ferro e chegamos novamente em São João da Serra Negra, após 50 km.
Foi um pedal expececional, show de roda!
Até a próxima pessoal!

Confira as fotos

Confira o vídeo

Previous ArticleNext Article

7 Comments

  1. Então galera!!
    Estância Hidromineral do Hotel Serra Negra (inaugurado em 1935), no município de Patrocínio. Construído aos pés de uma imensa cratera vulcânica hospedava políticos, atores, milionários, figurões da época.
    Fiquei muito triste, pois, quando criança meus pais me levaram lá, era um dos lugares mais bonitos da nossa região e hoje em total abandono!!!
    Todos que entraram ficaram assustados e calados andando pelos salões e corredores.
    Agora quem tiver afim de uma trilha TOP!?! Pode ir que ela é a trilha, subidas e descida com muita pedra, bastante agua, 9 km dentro de mata fechada, visita às ruinas do hotel, subida de matar até chegar na comunidade Chapadão de Ferro e depois uma descida de 8 minutos por estradão até chegar em São João da Serra Negra.
    TOP!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.