Blog

A bicicleta no dia a dia dos cariocas

Ciclovias da capital carioca. Fonte: Prefeitura do Rio.
Ciclovias da capital carioca. Fonte: Prefeitura do Rio.

Rio de Janeiro, a “cidade maravilhosa”, destaca-se pelos seus ícones culturais e paisagísticos, como o Pão de Açúcar, estátua do Cristo Redentor, suas praias, Maracanã, carnaval, dentre outros.
Outro fato que chama a atenção na cidade, são suas ciclovias e facilidade de andar e encontrar bicicletas no Rio. São 140 km de ciclovias, a maior metragem do país e a segunda da América Latina, perdendo apenas para Bogotá, que possui 250 km. Segundo estimativas do Instituto Municipal de Urbanismo Pereira Passos (IPP), cerca de 320 mil pessoas utilizam bicicletas no Rio.
O Rio também conta com um sistema de bicicletas públicas, chamado de SAMBA. É uma iniciativa da Prefeitura do Rio de Janeiro e conta com 600 bicicletas, distribuídas em 600 estações nos bairros de Copacabana, Ipanema, Leblon, Lagoa, Jardim Botânico, Gávea, Botafogo, Urca, Flamengo e Centro.
O projeto tem como objetivo introduzir a bicicletas no dia a dia do carioca e dos turistas que visitam a cidade. A bike é um meio de transporte muito importante, por ser saudável e não ser poluente. Além disso, com a difusão do seu uso, automaticamente são reduzidos os engarrafamentos e a poluição ambiental.
Pedalando em ciclovias no rio, você pode encontrar ao redor praias, enseadas, parques e jardins, construções ou monumentos, assim como até florestas. Além de ser uma forma de lazer, várias pessoas utilizam as ciclovias para transporte e treinamentos.
A Prefeitura da cidade desenvolve um projeto denominado “Rio Capital Bicicleta”. O Programa, de caráter multiplicador, atende a diferentes objetivos que incluem a melhoria do transporte público, passando pela melhora da mobilidade urbana, já que o projeto prevê a contínua inserção da bicicleta como um modal de transporte, e a educação no trânsito. O Programa também está relacionado com o Projeto de despoluição, já que contribui para o atendimento das metas de redução de 8% das emissões de gases do efeito estufa até o final de 2012 (com base no inventário de 2005). Finalmente objetiva a melhoria da qualidade de vida e da saúde do cidadão, criando uma cultura sustentável, inclusive motivando-o positivamente no sentido de preservar e usufruir a paisagem da Cidade Maravilhosa.
Visite o Rio e pedale! É uma ótima experiência.

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *