Saem os campeões da Copa Cemil em prova movimentada na Lagoa Grande

Zé Gonçalves, Silvinho Amorim, Nayara Silvetre, João Eustáquio Pelezinho, Sebastião Moreira e Nayara Silvetre.

Zé Gonçalves, Silvinho Amorim, Nayara Silvetre, João Eustáquio Pelezinho, Sebastião Moreira e Nayara Silvetre.

Depois de oito etapas e mais de 500 quilômetros percorridos, chegou ao fim na manhã deste domingo (10), a Copa Cemil de Ciclismo. A competição é organizada pela Liga Patense de Ciclismo e atrai competidores de toda a região. A última prova foi realizada na Orla da Lagoa Grande e movimentou o principal cartão postal da cidade.

A Copa Cemil de Ciclismo teve início em fevereiro. Em 10 meses de competição, os ciclistas disputaram provas de circuito, de contrarrelógio e de estrada. Os quilômetros percorridos pelos competidores dariam para chegar à capital mineira. Os campeões de cada categoria foram conhecidos na última etapa realizada neste domingo.

Mais de 50 atletas disputaram a prova decisiva na Orla da Lagoa Grande. No feminino, a vencedora da prova foi a atleta Ana Cláudia, da cidade de Uberlândia, mas após oito etapas, o título ficou com a patense Ana Paula Silva. Ela liderava com folga a competição. A disputa mais acirrada ficou por conta dos homens.

Cerca de 60 ciclistas participaram desta etapa.

Cerca de 60 ciclistas participaram desta etapa.

Na categoria Júnior, o vencedor da prova foi o uberlandense, Celso Aparecido Júnior, mas foi outro competidor de Uberlândia que ficou com o título. Rodrigo de Paula liderava a competição e mesmo perdendo a prova continuou no topo da classificação. O mesmo aconteceu na categoria Open. O patense Márcio José Marques chegou em primeiro na prova, mas o título da competição ficou com o atleta de Patrocínio, Rafael Queiroz.

Já na categoria Master A nada de zebra. Silvinho Otávio, que vem colecionando títulos em competições por todo o país, levou mais uma. O atleta patense venceu a prova e também ficou com o título da competição. Na categoria Master B, domínio dos atletas de Uberlândia. Edismar Souza venceu a prova e Alessandro Alves, que liderava a competição, ficou com o título.

Na categoria mais disputada da Copa, no entanto, o domínio foi dos atletas de Ribeirão Preto. Geovane Fernandes venceu a prova e o conterrâneo, Rafael José-Dourado ficou com o título do torneio.

Autor: Maurício Rocha / Patoshoje.com.br

Compartilhe

Deixe o seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *