Magno Nazaret garante o bi no 10º Tour do Brasil/Volta de São Paulo

Brasileiro confirmou o favoritismo e levou o título no individual. Sua equipe, a Funvic/BrasilInvest/São José dos Campos, ganhou no geral.

O paulista Magno Prado Nazaret é bicampeão do Tour do Brasil/Volta Ciclística do Estado de São Paulo 2014. O ciclista da equipe Funvic/BrasilInvest/São José dos Campos confirmou seu favoritismo na competição e garantiu o primeiro lugar após as oito etapas realizadas e mais de 900 km. Na etapa final deste domingo, um circuito no Centro de São Paulo, o campeão chegou no pelotão principal, ratificando o primeiro lugar com o tempo de 21h54min38seg, com 1min27seg de vantagem para o segundo colocado, seu companheiro de equipe, Alex Diniz Correia, que totalizou 21h56min05seg. A terceira colocação foi de João Gaspar, da Ironage/Colner, com21g57min07seg.

Pódio Geral (Crédito: Ivan Storti)

Pódio Geral (Crédito: Ivan Storti)

Na disputa por equipes, a Funvic garantiu mais uma conquista com o tempo de 65h48min07seg e mais de 20 minutos de vantagem para a segunda colocada, a EPM/Une Ciclismo, da Colômbia, com 66h08min16seg. O Clube Dataro fechou o pódio das melhores equipes com 66h12min00seg. João Gaspar ainda levou os títulos de Montanha e Sub-23, enquanto Alex Diniz Correia venceu por Pontos. Ao todo, 160 ciclistas de seis países – Brasil, Paraguai, Colômbia, Itália, Rússia e Portugal – participaram do evento, em sua décima edição.A etapa final foi vencida pelo ciclista Nilceu dos Santos, o “The Flash”, do Clube Dataro de Ciclismo/Bottecchia, de Foz do Iguaçú (PR), que ainda levou para casa o Troféu Copa da República. Ele fechou as sete voltas no circuito de 9,5 km com o tempo de 01h28min43seg, seguido pelo russo Kirill Sveshnikov, 01h28min43seg, e pelo holandês Kenny Robert van Hummel, da Androni Giocattoli(ITA), 01h28min43seg.

Preparação e boa estratégia. Estes foram, segundo o próprio atleta, o segredo da segunda vitória consecutiva de Magno Nazaret no Tour do Brasil/Volta Ciclística de São Paulo. Com um começo de competição consistente, somando duas vitórias e boas colocações, ele foi o exemplo de boa estratégia. Com uma boa vantagem, passou a administrar a liderança para garantir o título na etapa final, em São Paulo.

“Estou muito feliz. Conseguir dois títulos na principal competição do país é para se comemorado. Ainda mais neste ano, com um nível técnico muito alto e adversários bem preparados. Nos dedicamos muito desde outubro do ano passado, sacrificando as festas de fim de ano para chegar aqui e fazer um bom papel. Estão todos de parabéns”, destacou o atleta, de 28 anos e natural de São José dos Campos.

Magno fez questão de destacar a força do grupo. Estivemos em quase todos os pódios no começo da prova e ainda conquistamos o título de equipe e o por Pontos, com o Alex Correia. Estamos satisfeitos com todo o grupo e vamos comemorar muito”, encerrou o campeão, que agora vai se preparar para o Sul-Americano, a partir de 9 de março, no Chile.

Na disputa por equipes, a Funvic garantiu mais uma conquista com o tempo de 65h48min07seg e mais de 20 minutos de vantagem para a segunda colocada, a EPM/Une Ciclismo, da Colômbia, com 66h08min16seg. O Clube Dataro fechou o pódio das melhores equipes com 66h12min00seg. João Gaspar ainda levou os títulos de Montanha e Sub-23, enquanto Alex Diniz Correia venceu por Pontos. Ao todo, 160 ciclistas de seis países – Brasil, Paraguai, Colômbia, Itália, Rússia e Portugal – participaram do evento, em sua décima edição.

A etapa final foi vencida pelo ciclista Nilceu dos Santos, o “The Flash”, do Clube Dataro de Ciclismo/Bottecchia, de Foz do Iguaçú (PR), que ainda levou para casa o Troféu Copa da República. Ele fechou as sete voltas no circuito de 9,5 km com o tempo de 01h28min43seg, seguido pelo russo Kirill Sveshnikov, 01h28min43seg, e pelo holandês Kenny Robert van Hummel, da Androni Giocattoli(ITA), 01h28min43seg.

Preparação e boa estratégia. Estes foram, segundo o próprio atleta, o segredo da segunda vitória consecutiva de Magno Nazaret no Tour do Brasil/Volta Ciclística de São Paulo. Com um começo de competição consistente, somando duas vitórias e boas colocações, ele foi o exemplo de boa estratégia. Com uma boa vantagem, passou a administrar a liderança para garantir o título na etapa final, em São Paulo.

“Estou muito feliz. Conseguir dois títulos na principal competição do país é para se comemorado. Ainda mais neste ano, com um nível técnico muito alto e adversários bem preparados. Nos dedicamos muito desde outubro do ano passado, sacrificando as festas de fim de ano para chegar aqui e fazer um bom papel. Estão todos de parabéns”, destacou o atleta, de 28 anos e natural de São José dos Campos.

Magno fez questão de destacar a força do grupo. Estivemos em quase todos os pódios no começo da prova e ainda conquistamos o título de equipe e o por Pontos, com o Alex Correia. Estamos satisfeitos com todo o grupo e vamos comemorar muito”, encerrou o campeão, que agora vai se preparar para o Sul-Americano, a partir de 9 de março, no Chile.

Troféu Copa da República

A etapa final do 10º Tour do Brasil também foi válida como Copa da República de Ciclismo. E, para variar, o topo do pódio ficou com um nome bem conhecido na história da prova. Nilceu Santos, o The Flash, garantiu o tricampeonato. “Foi muito emocionante ser tricampeão da Copa da República. O que valorizou ainda mais minha vitória foi o circuito ser difícil e técnico, por isso contei muito com a ajuda da minha equipe no sprint final. Foram dois meses de preparação intensa para a Volta e terminamos com o primeiro lugar na última etapa e o troféu da Copa”, destacou.

A etapa final do 10º Tour do Brasil também foi válida como Copa da República de Ciclismo. E, para variar, o topo do pódio ficou com um nome bem conhecido na história da prova. Nilceu Santos, o The Flash, garantiu o tricampeonato. “Foi muito emocionante ser tricampeão da Copa da República. O que valorizou ainda mais minha vitória foi o circuito ser difícil e técnico, por isso contei muito com a ajuda da minha equipe no sprint final. Foram dois meses de preparação intensa para a Volta e terminamos com o primeiro lugar na última etapa e o troféu da Copa”, destacou.

“Tenho que agradecer todos da minha equipe que me ajudaram ao longo dos oito dias da Volta Ciclística, principalmente, nos trechos de serras longas, que não é minha especialidade. A prova no geral foi excelente!”, encerrou.

Resultados Finais

Classificação Geral:
1) Magno Nazaret (Funvic Brasilinvest/São José dos Campos/BRA), 21h54’38” –
2) Alex Diniz Correia (Funvic Brasilinvest/São José dos Campos/BRA), 21h56’05” +00h01’27”
3) João Gaspar* (Ironage/Colner/BRA), 21h57’07” +00h02’29”
4) Oscar Miguel Sevilla (EPM/Une Ciclismo/Colômbia/COL), 21h57’17” +00h02’39”
5) Willian Chiarello (São Lucas/Giant/Bontranger/Americana/BRA), 21h59’03” +00h04’25”
6) Walter Pedraza Morales (EPM/Une Ciclismo/Colômbia/COL), 22h02’31” +00h07’53”
7) Alan Maniezo (São Lucas/Giant/Bontranger/Americana/BRA), 22h02’45” +00h08’07”
8) Juan Villegas (4-72 Colombia/COL), 22h03’24” +00h08’46”
9) Yonder Godoy (Androni Giocattoli/ITA), 22h03’43″ + 00h09’26″
10) Gregolry Panizo (Clube Dataro de Ciclismo/Bottecchia/BRA), 22h04’04” +00h09’26”

Classificação Geral de Montanha:
1) João Gaspar (Ironage/Colner/BRA), 25
2) José Eriberto Rodrigues (Ironage/Colner/BRA), 12
3) Oscar Eduardo Sanches Guarin (Funvic Brasilinvest/São José dos Campos/BRA), 12

Classificação Geral por Pontos:
1) Alex Diniz Correia (Funvic Brasilinvest/São José dos Campos/BRA), 37
2) Magno Nazaret (Funvic Brasilinvest/São José dos Campos/BRA), 33
3) Flávio Cardoso Santos (Funvic Brasilinvest/São José dos Campos/BRA), 25

Classificação Geral por equipes após oito etapas:
1) Funvic Brasilinvest/São José dos Campos(BRA), 65h48’07” –
2) EPM/Une Ciclismo/Colombia(COL), 66h08’16” 00h20’09”
3) Clube Dataro de Ciclismo/Bottecchia(BRA), 66h12’00” 00h23’53”
4) 4-72 Colombia(COL), 66h17’37” 00h29’30”
5) São Lucas/Giant/Bontranger/Americana(BRA), 66h18’39” 00h30’32”
6) Ironage/Colner(BRA), 66h25’31” 00h37’24”
7) Androni Giocattoli(ITA), 66h31’43” 00h43’36”
8) Russian National Team(RUS), 66h51’26” 01h03’19”
9) Brasilinvest/Suzano/Eqmax(BRA), 66h55’16” 01h07’09”
10) São Francisco Saúde/Açúcar Caravelas/Gold Meat/SME (BRA), 67h01’40” 01h13’33”
11) Velo/Seme Rio Claro(BRA), 67h31’38” 01h43’31”
12) Equipe UFF de Ciclismo(BRA), 67h56’42” 02h08’35”
13) ADF/Bauducco/KJKS/Sil(BRA), 67h59’03” 02h10’56”

Para conferir os resultados completos, clique aqui.

Por Assesssoria FPC

Compartilhe

Deixe o seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *