Em busca de inserir atletas no esporte, a CIMTB Levorin lança categoria Peso Pesado em Araxá

Eduardo Boaventura Tannús

Eduardo Boaventura Tannús

Há mais de duas décadas, a Copa Internacional Levorin de Mountain Bike busca incentivar e inserir pessoas no esporte. Com isso, uma categoria irá estrear a disputa no campeonato na primeira etapa do evento que acontece em Araxá entre os dias 4 e 6 de março. A Peso Pesado Cross Country (XCM) será uma prova para ciclistas acima de 95 kg.

Quem irá competir nesta categoria já está treinando. Um dos atletas é o empresário do setor hoteleiro de Araxá, Eduardo Boaventura Tannús. Com 103 kg e 52 anos, Eduardo intensificou os treinos com a finalidade de baixar o peso para 95 kg e conseguir um melhor desempenho na prova. Para Eduardo, a categoria é uma oportunidade de ter uma competição mais justa devido à estrutura corporal. “Minha categoria seria Sub-55 e tem muito atleta profissional que tem uma diferença muito grande de estrutura de peso. Eu pedalo há quase 30 anos, algumas etapas eu nem corria porque tinha dificultava devido à diferença de peso, agora está me dando mais ânimo de correr todas as etapas da CIMTB Levorin”, comentou.

Segundo Tannús, a expectativa é que a estreia dele na categoria seja positiva. “A Peso Pesado vai levar todo mundo ao mesmo nível. Esse vai ser o primeiro ano e a tendência é aumentar o número de competidores. Com uma pista técnica, rápida e tendo a oportunidade de correr com uma pessoa do mesmo peso que o meu, vai ser um sucesso total”, contou.

O organizador do evento, Rogério Bernardes, conta que o objetivo é inserir todo o público no evento. “Lançamos esta categoria em Congonhas ano passado e já foi um sucesso. Depois da prova vários atletas pediram para que a categoria fosse inserida no campeonato para correr todas as etapas. Achei justo e criamos mais uma categoria para atender o pedido dos atletas. Além da Peso Pesado temos outras que foram criadas para atender um público específico como é o caso da Segurança Pública. Nela estão correndo militares, delegados, policiais federais, guardas municipais, agente penitenciários, policial civil, bombeiros, entre outros. Isso me deixa muito contente e o melhor é ver o clima de amizade e uma competição sadia entre os atletas”, comentou.

A etapa de Araxá é a competição que tem a maior pontuação dentre as três etapas e tem classificação Stage Race Hors Class (SHC) pela União Ciclística Internacional (UCI), fazendo com que ela esteja entre as quatro maiores provas do mundo.

Compartilhe

Deixe o seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *