Diário de Bordo: Trilha Perau das Andorinhas 20/03/10

Para muitos, acordar antes do nascer do sol aos sábados é loucura! Para quem gosta de uma boa trilha, nem tanto.  Hoje, para poucos, foi um prazer! Às 06:30 já estávamos no Posto Cometa prontos para sair: eu (Renato), Bruno, Euler, Hebinho, Herculano, Marquinhos Vaninho e Walner.

Chegamos ao Auto Posto Presidente

Chegamos ao Auto Posto Presidente

Partimos em direção a Presidente Olegário, tendo como destino a trilha do Perau das Andorinhas. Desembarcamos as bikes no Auto Posto, em P.O. e trilhamos guiados pelo Euler e pelo  Vaninho.  O objetivo foi “mapear” e levantar o nível de dificuldade pra levar a galera em peso.

É indescritível mas vamos tentar: um visual fantástico que fez valer cada pedalada. As paradas na primeira parte do percurso foram inevitáveis.  A cada momento uma paisagem mais impressionante que a outra: além do grande Perau das Andorinhas, avistamos cachoeiras, córregos, rios, belas montanhas e até mesmo uma pegada de onça e uma cobra. A cobra não teve muita sorte e numa descida rápida no estradão foi atropelada por 4 bikers.

A descida não é nada fácil, mas vale muito a pena

A descida não é nada fácil, mas vale muito a pena

A primeira parte do percurso foi descrita pelo Hebinho como um bike-trekking. Quando não era subindo com a bike nas costas era descendo empurrando. Entre uma foto e outra, um obstáculo e outro, trilhas muito boas de pedalar. No topo dos morros era só pedalar e curtir o visual antes das descidas radicais que alguns se aventuravam a descer montados. O Walner curtiu bastante o percurso: “é desse tipo que eu gosto”. O Marquinhos levou um binóculo para observar o perau. Era fila pra olhar. No caminho encontramos um cavaleiro (que o Bruno acha que é parente dele) e o Vaninho aproveitou para pedir algumas informações. Seguimos então na direção das terras do lendário “Zé Médio”. Nesse meio tempo o Herculano já havia comprado três terrenos. O Marquinhos também andou comprando terrenos por lá.

A cara do Euler depois que ele foi atacado pelos marimbondos

A cara do Euler depois que ele foi atacado pelos marimbondos

Renovamos as energias à sombra da mata de galeria, onde nos reabastecemos com o sanduba da Star Lanches (Vaninho) e água naturalmente gelada. Subimos do outro lado com as bikes nas costas por uma mata fechada. O Euler, o único que pegou o caminho certo, foi premiado com várias ferroadas de um enxame de vespas. Quando ele deu gritou “corre, corre”, o Bruno e o Hebinho correram morro acima com as bikes nas costas, rs. Eu larguei a bike e corri morro abaixo.

A segunda parte do percurso foi estradão: e tome subida! Destaque para o Euler que, mesmo não passando bem por causa das ferroadas, pedalou muito nas subidas. O Marquinhos mesmo gripado também pedalou bem. O Bruno não deixou barato acompanhando as “zelites”.  Vaninho, Walner e Herculano teriam energia pra pedalar mais umas duas horas de subida. Quando a água acabou, pegamos “emprestado” numa casa, pulando uma cerca eletrificada. No final, o Vaninho salvou o Marquinhos, que queria nadar num rio que parecia mesmo convidativo. O dono da fazenda confirmou depois: a água era poluída.

Bastante curioso este rio. Uma pena ele ser poluído.

Bastante curioso este rio. Uma pena ele ser poluído.

Acredite: foi incrível! Foi tão incrível que nem o Hebinho reclamou de nada! Mas sofreu.

Eu não sofri tanto porque levei a sério aquela história de bike-trekking e empurrei a bike em grande parte das grandes subidas. Ao todo foram 31Km de trilha em 5h e 19min.

Com uma chegada triunfal em Presidente Olegário, Bruno e Hebinho foram reconhecidos pela população local: “mamãe, olha os menino da internet, olha os meninos do youtube!”

Agora que Bruno e Hebinho já estão famosos e o Euler e Vaninho já estão craques no caminho é só agendar a próxima pra galera comparecer em peso. E como vale a pena!

Confira as fotos desta trilha. Vale a pena já ir familiarizando com ela, pois voltaremos lá muitas vezes.

Fotos do Marquinhos

[nggallery id=75]

Fotos do Renato Amaral

[nggallery id=72]

Compartilhe

Comentários

9 Comentários para Diário de Bordo: Trilha Perau das Andorinhas 20/03/10

  1. Hebinho disse:

    Galera, essa trilha foi emocionante! nota 1000! 30 km de extâse! Mostrei pra minha mäe as fotos, e ela me disse que ia muito no corrego nadar, ná época dela era a água mais pura do PO. Hoje está totalmente poluída! Ë uma pena!

  2. euler disse:

    Galera trilha perfeita, só os marimbondos que deu um pouco de trabalho.rsrsrs
    O Hebinho tem razão pena que o corrego ta poluido.
    Vamos reunir uma galera grande para voltarmos.

  3. walner disse:

    É isso aí,
    Muito legal a trilha, várias situações bem diferentes, com trilha de gado, mata, córrego, ponte, estradão, paredões e um visual muito doido, do início ao fim. Trilha de 30km mais travada que eu já vi, mas que vale cada um deles. Ainda quero ir lá com mais tempo p nadar em uma das cachoeiras que a gente viu.
    Valeu parceiros!

  4. Bruno Fernandes disse:

    Difícil até de comentar. Uma trilha com 8 parceiros com mais de 150 fotos deve ter algo diferente né? Parabéns ao Renato Amaral que começou a pedalar fazem uns 10 dias somente e foi e ao meu parceiro Hebinho que não afinou hora nenhuma.

    Uma pena mesmo é aquele rio com cachoeiras poluído. Da próxima vez quero ir para ficar para lá o dia todo, sem hora pra voltar.

  5. Herculano Paulista disse:

    Boa D+
    Trilha muito boa , visual muito bonito. Travada mas, com um bom nivel de dificuldade e muita subida no fim.
    Abraço a todos até a proxima

  6. Bruno Fernandes disse:

    Quando vamos voltar lá?

  7. L. disse:

    Brilhante treino/passeio.
    Paisagens maravilhosas.
    Parabéns pelo registro em fotos.

  8. reginaldo disse:

    E Pessoal tem aproximadamente uns 03 anos q fizemos esta maravilha de TRILHA o melhor de tudo que tivemos como mestre (guia ) o sr. dinosauro das trilhas na epoca ROBINHO o proprio e turma do pedal vendo estas fotos oque me deicha mais felz e que nao mudou nada muito boa mesmo parabens a vcs. que souberam aproveitar este momento um grande abraço

  9. Flavim disse:

    da proxima vcs me chama em…

Deixe o seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *