Diário de Bordo: Pedal Noturno Trilha do Boi 22/04/10

22/04/2010, por Renato Amaral.

Como sempre, o pedal noturno semana a semana, cada vez melhor! Quando cheguei à concentração no “balão da wolks” já vi que a turma estava animada e que o pedal ia ser bom demais.

Uma pausa para a foto oficial

Uma pausa para a foto oficial

Atenção para a chamada: Eu, Allysson Kuririn, Cadu, Euler Caixeiro Viajante, Felipe Xandinho, Flávio Bocão, Heber Contador (Araújo Contabilidade), João Victor Duracell, Luís Farol de Carreta , Marco Túlio Gagame, Walner, Iuri, e, esta semana recebendo a “visita” de Helinho Amorim e Nayara. O Amarildo NTV (pai do Gagame) apareceu pra dar um alô pra galera e recomendar ao Marco Túlio muito cuidado. O Gagame pedalou na bike do pai e fez diferença: dessa vez ele não abandonou no meio.

O ritmo geral foi tranqüilo devido às diversas longas paradas: tempo para as resenhas e para apreciar o céu com as lanternas desligadas enquanto os fecha-trilhas ainda estavam pra chegar.

Na última parada nos deparamos com uma cobra cascavel que estava de tocaia nos esperando na encruzilhada, mas algum caminhão acabou com os planos dela antes. Falando em cobra o Hebinho estava “igual a uma caninana” como diria o Cacique Magela. E falando em encruzilhada, o Gagame e o Felipe forjaram uma macumba com uns copos e pedras no caminho. Não colou, assim como o susto que eles tentaram passar na galera, escondidos no mato.

Euler Caixeiro Viajante preparando para atacar a "Caninana"

Euler Caixeiro Viajante preparando para atacar a "Caninana"

No Dia da Terra (22/04), não podia ser diferente: muita terra, mas com letra minúscula. E com muita poeira e cascalho solto, as subidas ficavam difíceis e as descidas perigosas. Na última descida do estradão dos trinta paus uma curva com muita terra (poeira) acumulada foi uma verdadeira arapuca: eu perdi o controle da bike, mas consegui me virar (ufa!), já o Gagame que vinha atrás sem lanterna foi parar na área de escape: o meio do mato.

De volta ao asfalto, no posto, o Luís patrocinou Coca Cola pra galera. Acho que a Coca fez mal pro Flávio Bocão: ele queria voltar e fazer a trilha de novo e tava falando em ir a BH de bike (mas acho que esses planos não eram todos praquela noite).  O Luís precisava fazer a trilha de novo para procurar seu Cateye perdido quando o Duracell caiu em cima dele (mas ele ia de moto).

Uns quinze minutos depois chegam o Euler, o Helinho Amorim e a Nayara. O Euler ficou para ajudar o Helinho que sofreu muito com fortes câimbras de rolar de dor (literalmente).

O destaque da trilha fica para o Hebinho que comprou um “carbo” novo na Nutry Suplementos e não parecia nem de longe o mesmo do pedal anterior.

Fica o convite para o próximo, sempre com muito pedal, turma animada e histórias pra contar!

Confira as fotos deste excelente pedal noturno:

[nggallery id=85]

Compartilhe

Comentários

18 Comentários para Diário de Bordo: Pedal Noturno Trilha do Boi 22/04/10

  1. Bruno Fernandes disse:

    Ô vontade de pedalar…

  2. Bruno Fernandes disse:

    Um recado pro Amarildo: Se você quiser chegar na minha frente, do Hebinho e do Iuri, vc vai ter que pedalar. Não é só ficar indo na saída não. Ainda bem que tem o Marco Túlio para honrar a família.

  3. Bruno Fernandes disse:

    Vou ter que voltar a pedalar logo e voltar a fazer os diários de bordo. Se continuar assim, todo mundo vai querer somente os diários de bordo do Renato Amaral que estão ficando excelentes.

  4. Hebinho disse:

    Galera, ontem comprei um produto “Glicodry” na Nutry Supl. Fui muito bem atendido pelo Rafael. É um energético especialmente desenvolvido para ciclistas. Resultado, só andei nas zelites na trilha do boi, subindo todos os morros com o coroão ligado!!!

  5. Renato Amaral disse:

    Bocão, aceito os R$100,00 pra refazer a trilha!
    Hebinho, que gás hein? Nem esperou a galera! Se vc tivesse ficado tinha ganhado os R$100,00 que o Bocão ofereceu pra quem refazer a trilha.
    Duracell, vai escolhendo o repertório porque na próxima trilha, quem cair três vezes pede a música.

  6. Kuririn disse:

    Trilha do Boi!!!

    Pra falar a verdade; ñ gosto nem um poukinho dessa trilha, mas ontem foi diferente… a trilha foi otima devido o clima q estava agradavel(um pouco seco,mais tava bão), e as cias nem se fala… soh gente boa msm.

    *Kero citar outro destake da trilha…q eh o Euler, o cara tava um cavalo,melhorou bastante o fôlego e tah com mais força nas pernas; resultado disso… em todas as subidas o cara tava atacando e forte, ajudou o Helinho levando a bike dele devido as câimbras na subida final. Intaum… o Euler tah o “Cara”!!!

  7. euler disse:

    Quando li que era a trilha do boi fiquei um pouco desanimado, mais não poderia faltar só por este motivo. Se tivesse faltado teria perdido, a trilha foi show, a galera do Noispedala ta cada dia mais animada.
    Fiquei com dó do Helinho o cara sentiu dor com força, desanima não camarada estamos te esperando na próxima quinta.

    Só to sentindo falta do nosso amigo MAGELA que foi uns dos que ideliarizaram esse pedal noturno. Ve se aparece amigo.

    Kuririn quem sou eu para te acompanhar, mais se quiser outro pega na próxima quinta é só falar.kkkkkkk

    Bruno valeu pela força.

    • Bruno Fernandes disse:

      Eu já tou quase no nível do Euler. O único problema que eu subo igual ao time do GALO, ou seja, o gás acaba no meio do morro. Kkkkkkkkkk.

      Esse Bocão anda conversando borracha hein? Aposto que ele custou a completar.

    • Bruno Fernandes disse:

      Euler, sabe aquele ditado que “somos nós que fazemos a festa?”. Claro que uma triiiilha cheia de aventuras é bem melhor que a trilha do Boi, mas com essa galera, a cada semana está melhor. Esse pedal noturno é uma terapia.

      • Bruno Fernandes disse:

        Será que cortaram a internet do Vandinho Bike Gnu? Tem tempos que nem ele, nem a Jordana e nem a Gara Seca aparecem por aqui…

  8. walder disse:

    hahaha , quinta feira que não chega !

  9. Renato Amaral disse:

    É verdade, kuririn. O Euler desce como um treminhão e tá subindo igual um trator… rs…. Justiça seja feita!

  10. Otáavio disse:

    O quintaa feeira veem raáapiddo =D

  11. walder disse:

    Esse night bike só tem um problema , não pode ir no primeiro , depois quer ir em todos , haha !

  12. Cadu disse:

    Meus amigos… vcs falaram tudo… comentários bombando…
    ao Bruno vai o recado.. além do diario de bordo.. o Renato ainda foi o fotógrafo da vez.. o kra ta bom de serviço.
    Euler, Marco T., pedalaram mt… João Vitor (duracell) c/ a ajuda da catuaba lá do Bocão, tb andou mt bem.. surpreendeu o Luís.

    E meus amigos, Bruno, Magela, Walder… não vão faltar na proxima quinta.
    []s

  13. euler disse:

    Será que andei muito assim.kkkkkkkkkkkk To até assustado da próxima prometo andar menos. igual a todos.kkkkkkkkkkk

    Bruno voce tem razão essa galera cada dia que passa ta mais animada.

  14. Kuririn disse:

    Poxa!!! o Cadu me lembrou de uma coisa…[rsrs..] e eh verdade; o bokão soh conseguiu fazer a trilha com ajuda de um 1 litro de energetico(VULCANO), por isso q ele tava tirando onda com a galera… tava rolando ate uma aposta e das boas(R$100,00) d q ele faria a trilha d novo.

    *Bokão desse jeito ñ vale… pedalar dopado d VULCANO eh contra as normas da (UPNP)- União Patense do Nois Pedala.

Deixe o seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *