Diário de Bordo: Ciclo Montanha na Trilha das 5 Cachoeiras em Guarda-Mor – MG

Guarda-Mor, 20 de abril de 2014
Por Flávio Gil

Sequence 01.Still009Já faz algum tempo que escuto falar das famosas cachoeiras de Guarda Mor. Nosso companheiro Bruno Zinato grande entusiasta daquela região já havia nos prometido organizar uma trilha por aquelas bandas. Não tardou e o convite chegou, em pleno domingo de Páscoa. Saída programada de Patos de Minas às 5:40 da manhã. Afinal são 150 km de estrada até o nosso destino.

Não sei se acontece só comigo, mais sofro da “síndrome pré- trilha”, no dia anterior fico ansioso, organizando tudo, com a sensação que estou esquecendo alguma coisa e acordo varias vezes a noite. Enfim por volta das oito já estávamos em Guarda Mor e os nossos amigos “bicicleteiros” de lá, já nos aguardavam e logo estávamos pedalando. A curiosidade era grande, mais seguíamos apenas margeando a serra, o que foi criando uma certa tensão na galera que curte subir montanha.

Não demorou e chegamos à primeira cachoeira que de cara já impressionou pela cor água esverdeada e tão cristalina, que era possível enxergar cardumes de piabas curiosas. A euforia foi geral e em pouco tempo estava quase todo mundo nadando. ” Como assim ?_ A água estava morna”. É verdade primeira cachoeira de água morna que eu conheci. O passeio estava apenas começando e era preciso seguir. A tão esperada subida desafiadora chegou. Fiquei tranqüilo e achei que tiraria de letra, mais o sol estava muito forte e não foi nada fácil, causando uma certa frustração, mais como tudo na vida tem sua recompensa a vista do alto da serra é lindíssima com um vasto vale onde se avista a cidade e plantações magníficas.

GOPR0858.MP4.Still001A segunda cachoeira ia se formando em degraus até uma queda maior com um tom de esmeralda ainda mais intenso, não demorou e um dos nossos amigos de Guarda Mor, pulou de uma altura de uns cinco metros, o suficiente pra desinibir o grupo e começarmos a pular.A excitação do pessoal era tanto que ninguém falava em comer até que percebemos a hora e fizemos nosso lanche. A partir aquele momento já voltaria pra casa feliz, mais ainda faltavam 3 “cachus” e mais de 20 Km pra rodar. Pegamos um trecho legal de “single track” e muitas pedras, que colocou um pouco de adrenalina naquele clima “Zen” que a galera se encontrava. A terceira cachoeira perto das demais foi muito singela, mais ficou marcada por outro motivo.

Nosso grande chefe Luciano Pit Stop teve um pneu furado e paramos por mais tempo para o conserto, no entanto às margens do rio estava uma família assando o seu churrasquinho. Aquele cheiro começou a matar o grupo de fome, mais cumprimentamos o pessoal e tentamos ficar alheios aquele aroma. Ai veio a comprovação do quanto amigo e acolhedor é o pessoal de Guarda Mor, eles começaram a fatiar carne e a servir todos que salvo engano éramos quinze. Ainda incrédulos e com a barriga cheia seguimos a trilha até a quarta queda d’ água que chega a ser sinistra na altura e formações rochosas, um daqueles lugares de contemplação, mais não nos atrevemos a entrar na água. Ainda faltava a ultima e mais famosa cachoeira conhecida como Usina. O acesso foi fácil e rápido, em estradão com cascalho bem solto.

A fama se justificou, a maior em queda e mantendo o mesmo padrão de água verde e cristalina. Começamos a nadar e parecia que era a primeira vez que estávamos vendo uma cachoeira, um bando de meninos brincando e cantando. Faltavam 12 km para chegar na cidade e era como se estivéssemos começando a trilha naquele momento tamanha a energia e alegria. De volta ao posto de gasolina, o almoço quase jantar, estava pronto nos esperando.

O êxtase foi total, nós não vimos a viagem de volta e com certeza Guarda Mor vai estar sempre entre nossas opções das grandes trilhas da região.

Assista ao vídeo

Compartilhe

Comentários

3 Comentários para Diário de Bordo: Ciclo Montanha na Trilha das 5 Cachoeiras em Guarda-Mor – MG

  1. Giovane Braga disse:

    Isso sim é MTB !!! Surreal !!! Amizade ! Natureza ! Perfeito !
    Dr, o diário ficou completo, nos mínimos detalhes. Parabéns !

  2. paulo disse:

    Sou de Brasília- DF e descobri esse roteiro pra pedalar…….estou esquematizando de cair pra Guarda Mor com amigos para pedalar e conhecer as cachoeiras, mas não estou achando na internet informações sobre hospedagem, sobre as trilhas etc. Alguém pode me passar estas informações em relação a hospedagem em camping seguro, pois não queremos gastar muito assim como em outras viagens já feitas tipo bate- volta, distância dos campings para as trilhas, se é fácil de achar as trilhas, fácil acesso, gps, ou só com guias etc…… Temos interesse se alguém puder nos ajudar quanto a isso, pretendemos ir mês que vem, maio 2015, meu email para contato octapaulo@gmail.com
    obs:. única informação que tenho são fotos e vídeos das cachoeiras e que existem as trilhas além saber que de Brasília para Guarda Mor são 314km de acordo com o google maps…muito convidativo pela distância!
    Desde já agradeço!! Fiquem com Deus

    Paulo
    Brasília- DF

  3. Heloisa disse:

    Paulo. Pedalo com o Rebas. Se vocês forem e aceitarem eu gostaria de ir. Se já foram, e puderem dar dicas. Gostaria de receber. Abcs

Deixe o seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *