Copa Internacional Levorin de MTB apresenta novidades, com foco no Rio-2016

Confira o que há de novo nas quatro etapas do principal circuito de mountain bike da América Latina para a temporada. Contando pontos para o ranking mundial, aumenta as chances brasileiras na próxima Olimpíada.

São Paulo (SP) – Faltando menos de dois meses para o início da Copa Internacional Levorin de Mountain Bike, a organização do principal circuito de MTB da América Latina, somando pontos para o ranking mundial, já prepara a realização das quatro etapas de 2014: Araxá, São João del-Rei e Congonhas, as três em Minas Gerais, e para finalizar a temporada, São Roque (SP), em outubro. Algumas das principais novidades estão definidas, com destaque para o XCS (cross country por estágios) em Araxá e o XCM (maratona) em Congonhas, primeira prova brasileira a fazer parte do UCI Marathon Series. Nas duas outras etapas, que também contam com XCO (cross country olímpico), o Eliminator (XCE) também valerá pontos para o ranking mundial pela primeira vez, nas categorias masculina e feminina, o que favorece a participação de ciclistas brasileiros nos Jogos Olímpicos de 2016.

Descida Dona Beja: emoção em Araxá

Descida Dona Beja: emoção em Araxá

Na abertura em Araxá, etapa mais tradicional do mountain bike cross country no Brasil, a principal novidade é a pontuação. Por ter o formato XCS, estágios que dividem a prova em três dias para super elite e feminina, além de possuir nível Classe 1, a primeira etapa entre 21 e 23 de março terá pontuação dobrada para os campeões no em relação ao último ano. “O XCS será composto por contra-relógio, short track e cross country olímpico, com 120 pontos em jogo para homens e mulheres vencedores nas duas categorias profissionais”, revela Rogério Bernardes, organizador da CIMTB Levorin.

“Iremos ainda alterar alguns detalhes da pista, criando mais uma descida no famoso trecho da ‘Dona Beja’, além de mudarmos o formato da largada. São alterações para deixar a trilha mais técnica, valorizando, assim, a atuação dos atletas e facilitando o atendimento ao público presente. No passeio ciclístico vamos inovar com prêmio para a melhor fantasia, proporcionando mais diversão aos participantes. No sábado, manteremos a Night Run (corrida pedestre), que fez muito sucesso na edição de 2013”, completa Bernardes.

Eliminator agora vale pelo ranking mundial – São João del-Rei será uma das sedes da CIMTB Levorin, pelo segundo ano consecutivo. Entre 16 e 18 de maio, a prova será de XCO, valendo 60 pontos no ranking UCI para os campeões, além de ter pontuação internacional no Eliminator (XCE), fato inédito no Brasil. “Um pedido antigo foi atendido e agora a prova do Eliminator também valerá pontos no ranking mundial. Será a primeira vez que acontece no Brasil, o que ajudará nossos atletas e o próprio País a acumular pontos, uma vez que 2014 é considerado como o início do ciclo olímpico para os Jogos de 2016”, analisa Rogério. “A expectativa em São João é de evoluirmos. Teremos novamente a presença de um grande público e uma das prioridades é a melhoria da infraestrutura no local”, conclui.

Maior prova do Brasil, com 1.500 vagas, a terceira etapa promete mobilizar Congonhas entre 15 e 17 de agosto. Na Cidade dos Profetas, outra novidade. Voltará ao calendário internacional da UCI, porém desta vez como a primeira do Brasil a fazer parte da UCI Marathon Series, competições de maratona realizadas em várias partes do mundo. “É uma honra e temos uma grande responsabilidade. Outro fator para destacarmos é que a etapa fará parte das comemorações do bicentenário do falecimento de Aleijadinho, maior artista do Barroco no Brasil”, analisa o organizador.

São Roque fecha a temporada – Por fim, São Paulo volta à Copa Internacional Levorin de MTB após 8 anos. Socorro foi a última cidade paulista a fazer parte do circuito, em 2005. Entre 10 e 12 de outubro, São Roque será o palco da decisão. No XCO e no XCE, mais 40 pontos estarão em jogo. A prova olímpica valerá 30 pontos, enquanto o Eliminator, 10. “Será muito bom voltar a São Paulo. Esse é um pedido dos nossos parceiros e há algum tempo estamos tentando atendê-los. Esperamos que a etapa se firme no calendário da CIMTB Levorin nos próximos 10 anos, a exemplo das outras cidades-sede”, espera Rogério Bernardes.

Além das mudanças técnicas, a CIMTB Levorin terá novas atrações para o público. A feira, realizada em todas as sedes com exposição de produtos e lançamentos do segmento, ocupará um espaço maior. O concurso de redação e desenho, em parceria com as secretarias de educação, também terá novidades para deixar mais atrativa a disputa entre os alunos.

“Aproveito também para agradecer às prefeituras e ao público que nos recebem de braços abertos. É fundamental as parcerias com a CBC (Confederação Brasileira de Ciclismo) e com as federações estaduais, mineira e paulista, além dos patrocinadores, como Levorin, LM Bike, Shimano e Specialized, e nossos apoiadores, responsáveis por nos oferecerem condições de trabalharmos com qualidade, segurança e realizar um evento diferenciado aos atletas”, reconhece Rogério.

A Copa Internacional de Mountain Bike tem patrocínio da Levorin, o pneu oficial da competição. LM Bike, Shimano e Specialized são os co-patrocinadores do evento que comemora a 19ª temporada em 2014.

Por Assessoria CIMTB

Compartilhe

Deixe o seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *