Cancelado o GP de Ciclismo Entre Cidades. Entenda os motivos

Infelizmente temos que informar aos 47 ciclistas inscritos e a todos os interessados o seguinte fato. Está cancelado o GP de Ciclismo Entre Cidades. Seguem as palavras do presidente da Liga Patense de Ciclismo através de seu presidente João Eustáquio Pereira.

Cartaz oficial GP entre cidades

Cartaz oficial GP entre cidades

Comunicado lamentávél

Recebi hoje dia 21 de novembro um ofício da Polícia Rodoviária Estadual. O ofício é número184/11 e diz o seguinte:

Em consonância ao disposto no art. 95 da lei 9503/98, que instituiu o Código de Transito Brasileiro, cabe a autoridade de trânsito competente verificar ou não a viabilidade da realização de eventos que possa interferir na livre circulação de veículos e na segurança dos usuários da via. Neste caso, a 10 Cia PM Ind MAT em deliberação com a 14 Coordenadoria Regional do DER/MG “decidiu não autorizar tal evento GP DE CICLISMO ENTRE CIDADES, pelos seguites motivos:

1 – O trajeto não oferece condições de segurança aos competidores, pelo fato da MGC-354, em todo seu trajeto, ser desprovida de acostamento;

2 – O fluxo de caminhões, mesmo aos domingos, é intenso;

3 – O percurso se estende até o município de Vazante, município este que está fora de nossa circunscrição de atuação;

4 – Em um evento anterior promovido pelo mesmo organizador, conhecido por Pelezinho, em 10 de julho 2011 várias, falhas, foram detectadas, pois não existiam ambulâncias suficientes para os atletas, somente 1 ambulância. O Corpo de Bombeiros não foi oficiado da corrida, não tendo comparecido no local. Foram realizadas duas largadas em horários distintos, contrariando o que havia comunicado;

5 – O percurso é de grande risco para os ciclistas porque além da rodovia ter rampas e curvas acentuadas, não tem acostamento.

Sendo assim e não tendo possibilidade reverter tal decisão, e não havendo tempo para tentar reverter este quadro, peço desculpas a todos os atletas e pessoas envolvidas, e fica cancelado o GP DE CICLISMO ENTRE CIDADES que seria realizado neste dia 27 de novembro. Prometendo a todos que em 2012 reunir, com os comando e poder publico e entidades do gênero para ser mais parceiros nestes eventos.

Aos ciclistas que realizaram sua inscrição, procederemos da seguinte maneira: Quem reside em Patos de Minas, o valor da inscrição será devolvido mediante apresentação do comprovante de depósito. Aos que residem em outras cidades, estaremos realizando depósito bancário.

Para maiores esclarecimentos você pode entrar em contato através do (34) 9128-2000.

João Eustáquio Pereira (Pelezinho)

Compartilhe

Comentários

30 Comentários para Cancelado o GP de Ciclismo Entre Cidades. Entenda os motivos

  1. Ivo de Lima Dias disse:

    O ciclismo não é um esporte perigoso.
    Mas como moramos em um país de um só esporte, as pessoas tendem a achar que andar sobre 5 cm² a 60 kms/hora é perigoso. O histórico de tombos em corridas me diz que uma só ambulância é o suficiente para uma corrida normal. Corrida de circuito travado com muitos ciclistas podem até exigir mais, mas não é este o caso. Mas que acidentes acontecem, acontecem e as organizações tem de estar preparadas para isto.
    O fato de o brasil ter a cultura de um esporte só, aliado a incompetência generalizada que acomete os dirigentes de ciclismo, causa este tipo de coisa – cancelar a prova literalmente por incompetência de uma pessoa.
    E foi isto mesmo que aconteceu – o resto é desculpa esfarrapada da polícia, que com isto está dando um recado claro à Liga. Ou alguem acredita que os outros motivos são verdadeiros motivos? Tráfego intenso de caminhões naquela rodovia é piada. Falta de acostamento tambem outra piada no Brasil. Não ser da jurisdição – kkk – já corri e ganhei uma prova que começava em um estado e terminava em outro – até o Pelezinho correu (volta do PR-SC em 2003 com chegada em Joinville – pela BR 101 – trafego de caminhões é aquilo – formou 5 kms de congestionamento atrás do pelotão). Isto são simplesmente desculpas. Se fosse assim não existiria corridas no Brasil.
    O motivo primeiro de eu ter saído da diretoria técnica da Liga Patense não foi outro senão a despreocupação com a segurança e com compromissos que o presidente da Liga tem – ele não tá nem aí para o que pode acontecer, chegando a beira da irresponsabilidade e agora o ciclismo patense tem de sofrer por esta atitude.
    Para se ter corridas de estrada tem de ser seguidas certas leis como disponibilidade de ambulâncias, seguros para atletas e alguns outros itens previstos. E em muitas corridas eles não são seguidos porque custam dinheiro, o que diminui a margem de lucro do organizador.
    Aconselho seriamente a Liga e quem se propõe a ser diretor a aprender que organizar corridas não é simplesmente riscar uma linha no chão e falar que a largada é ali (como as da copa cemil) e começar procurar a fazer a coisa certa.
    Vocês deveriam procurar os organizadores de provas da região e combinar com eles datas de provas – dia 27 iria ter prova de estrada em paracatu (foi cancelada por causa desta prova de patos) – este ano duas etapas da copa cemil foram na mesma data de provas em uberaba. Quem quer crescer no ciclismo viaja para fazer intercâmbios com outros atletas, correndo com qualquer um e não escolhendo adversários, e pior ainda fazer um monte de categorias onde praticamente quem larga ganha uma medalha, acabando assim com a competitividade do esporte.
    Vocês devem decidir entre fazer ciclismo de estrada e crescer ou fazer “speed” pra ficar só na conversa de quem anda mais que outro. E na maior parte das vezes nenhum dos dois não andam nada pois esquecem de correr e treinar para ficar na conversa fiada (pensando bem treinar pra que se na elite correm 1 ou 2 ciclistas?)
    Este ano corri 19 provas de estradas no brasil, em estradas do RJ, DF, GO, SP e MG. Se as leis forem seguidas, a policia, DER ou qualquer outro órgão não pode cancelar um evento – como o ciclismo é um esporte olímpico normalmente eles são até parceiros dos eventos. E quando eu falo em leis, as leis do país e as leis do esporte tambem, devendo ter regulamentos bem definidos antes das provas e não mudando os regulamentos, datas, premiações, etc para favorecer a panela predominante do ciclismo patense.
    Me desculpem, mas acho que escrevi demais. É que gosto demais de ciclismo de estrada para ficar vendo passivamente as incompetências de dirigentes, sejam insetos ou não, tentar acabar com este esporte maravilhoso.
    Mas existem lugares que os dirigentes já acordaram para a importância de se fazer a coisa bem feita.
    att
    Ivo de Lima Dias

    • luciene disse:

      Adorei seu comentarioé injusto cancela a corrida.ciclismo é um esporte saudavel e eu não vejo nenhum risco.

  2. Gilmar disse:

    Pelezinho.e demais corajosos do ciclismo.

    Só quem coloca a cara pra bater é que sofre as consequências e criticas.
    Quero parabenizá-lo pela coragem a frente da organização de provas em Patos de Minas. Quem chega e vê a obra pronta talvez não saiba quantos obstáculos tiveram que ser superados, com certeza o DESAFIO ENTRE CIDADES, tinha tudo pra se tornar referencia na região, mais o nosso país não tem olhos para os esportes, mas quando se fala em carnaval, manifestaçôes sobre sexo e outras mais, pára-se qualquer avenida, rodovia.
    Quero parabenizá-lo também pelo total cumprimento do calendário da Copa Cemil. O fato de receber um oficio de ultima hora não é privilégio só nosso em Minas. Neste final de semana 20/11 estive na Copa VO2 de ciclismo em Campos do Jordão, e lá também tiveram o mesmo problema, recebendo o oficio no dia 18/11/2011 às 18:00, e olha que o trajeto já havia sido liberado, agora pensa no trasntorno que foi para os organizadores, mudança de local de ultima hora, mudar toda a logistica ? Mais uma vez vou repetir o que já disse em outras oportunidades, o ciclismo só será forte quando todos trabalharem com o mesmo objetivo, eu disse TRABALHAREM !

    Gilmar Guimarães de Faria

  3. Mirian disse:

    Convivo com o ciclismo a mais ou menos cinco anos; e com o esporte em geral boa parte da minha vida.
    Nestes cinco anos que convivo com o ciclismo sempre ouvi o Sr. Ivo de Lima Dias com criticas e textos atacando a quem organiza eventos. Sempre com criticas destrutivas.
    Não seria a hora de você falar menos e mostrar a sua competencia com atos?
    Que tal uma prova mostrando tudo o que você diz que sabe?
    Traga sua experiencia em provas que disputa em outros estados que certamente muitos amantes do ciclismo ficariam gratos.
    Mostrar o amor que você tem pelo esporte e não deixá-lo morrer é agir em prol da evolução do esporte, das novas gerações que surgem.
    Não sei quanto ao seu passado quanto a organização de provas ou qualquer evento; mas “águas passadas não movem moinhos”.

  4. bicicleteiro fim de semana disse:

    A COISA E FEIA MOÇADA NAO E FACIL NAO.

  5. Marcelo MTB disse:

    Concordo com voce, infelizmente o insentivo de esporte neste Brasil e praticamente inesistente, como voce disse acima, so existe um esporte, enquanto os outros ficam nas escuras, se nao fossem os esforços dos ciclistas brasileiros o que seria do ciclismo Brasileiro, entao como sempre agente sempre corre atraz do que e preciso enquanto reclama que uma ambulancia nao sustenta os ciclistas e um esporte mais seguro que o futebol….Me desculpa mais isso e um absurdo…Os politicos nao fazem nada, quem faz somos nois…

  6. Flavim disse:

    Calma ai gente, vamos unir para fortalecer o Ciclismo… 1º lugar é a segurança, quando ao cancelamento é só a Liga trabalhar para que no proximo ano consiga junto com os Dirigentes a segurança para os ciclistas correr.

  7. Romes Silva disse:

    Enquanto houver discussões não produtivas, o ciclismo só tende a perder.
    Vamos lá Pelezinho!!! Não desanime, vamos começar a organizar o calendário de 2012!!!!
    Apesar de sabermos que existem muitos torcendo contra o ciclismo, vamos lá!!!!
    Abraços

  8. Ivo disse:

    Miriam, apesar de eu não saber direito quem você é, vou te responder (você me deu o direito, pois você tambem não sabe direito quem eu sou, apenas ouviu falar ou viu em alguma prova).
    Eu não vim ao mundo para agradar as pessoas, não preciso como diz o cantor ter um milhão de amigos, e quem realmente me conhece sabe que não estou nem ai para o que os outros pensam ou falam de mim. E normalmente elas falam por desconhecimento ou inveja. Portanto sinta a vontade de entrar na fila e falar a vontade.
    As pessoas que me conhecem e a quem eu respeito não tem motivos para falar de mim. O restante como já disse, não me interessa. Estas podem falar tudo, menos que fui desonesto, joguei sujo com elas ou algo do gênero. Sou transparente, o que você vê é o que sou, sem falsidades.
    Agora eu conquistei o direito de fazer críticas ao ciclismo patense faz 28 anos. E tentando fazer ciclismo de verdade. Em patos somente o Pelezinho, o Zé Carlos Pereira e o Tião (apesar de ter ficado parado muito tempo) tem este direito por idade. Eu tambem tenho o direito por ter sido sócio fundador da Liga Patense em 2004, organizador do Campeonato Patense em 2004 e 2005, e outras provas, por ter 12 títulos de campeão mineiro, de campeão do ranking nacional, de campeão da Copa do Brasil e de inúmeras outras vitórias pelo Brasil afora. E ainda por ter participado de mais de 1000 provas, 330 só na masters. Ganhei muitas provas e perdi muito mais do que ganhei. Portanto tenho experiência suficiente.
    E tentei trazer esta experiência para o ciclismo patense em 2004, mas com o decorrer do tempo descobri que alguns ciclistas patense não merecem que eu perca meu tempo ensinando o que gastei muito tempo, esforço e dinheiro para aprender. Alguns organizadores usam da minha experiência, mas não vou ficar alardeando quem são. Nunca neguei ajuda a ninguem que me procurou, mas em Patos, algo muito raro na minha vida aconteceu, eu desisti e mantendo a conjuntura atual, não precisam contar comigo.
    Por isto dito, e por mais alguns itens que não compensa ficar escrevendo, eu tenho o direito de ficar indignado sim. Estão dizendo que a prova foi cancelada por causa da polícia ou do DER, e NÃO foi. Foi por incompetência do Pelezinho, que sempre brincou de fazer ciclismo, usando a Liga como trampolim achando que vai ser eleito vereador, não se interessando pelas consequências que suas atitudes podem gerar. Quem sabe ler descobriu isto no ofício da polícia. Não adianta esconder isto pela “amizade” que as pessoas tem com ele. Espero que ele com esta aprenda a fazer as coisas certas.
    Eu não tenho de provar nada para você nem para ninguem. Eu corro as provas que me interessa e não por medalhas de participação. Prefiro perder pra ciclistas melhores do que eu do que ganhar medalhas sem merecimento. Pra correr sozinho saio para treinar e ganho mais.
    Quanto a criticas destrutivas, não me lembro de fazê-las, por favor me mostre em quais provas foram. Eu normalmente não largo em provas piratas, clandestinas, que não me interessam por ter nível técnico baixo, ou que tenham organizadores que não respeitem regulamentos ou mudem este de acordo com os interesses. Quando tenho algo que me descontenta falo direto com o organizador, sem maiores barulhos para não atrapalhar o esporte. Como ele tem livre arbitrio, como eu, faça do modo que achar melhor. Eu, como consumidor, apenas decido se largo na prova dele ou não.
    E alguns sabem que nesta prova específica eu iria partircipar, apesar de ainda não estar inscrito. Ganhei meu tempo. Este é o tipo de prova que me chama, dura, com subidas dificeis e com o desafio de se recuperar duas vezes para a etapa seguinte, e não ficar dando voltas em quarteirão jogando conversa fora como temos visto em algumas categorias nas provas da Copa Cemil

    Gilmar, pasei na rodovia da VO2 duas semanas atrás e fiquei meia hora parado por obras na estrada. Não sei te falar se a obra terminou ou não, mas amigos de São josé dos Campos me disseram que o boato de que a rodovia não iria ser liberada existia por este motivo, como de fato ocorreu. Como a prova aconteceu em rodovias de 2 estados dferentes e segundo eles com liberação de última hora, pode ter ocorrido um erro de organização, achando que iria tudo dar certo na rodovia original. Aliás, na minha opinião, só o Granfondo do Brasil bate a organização da VO2, mas parece que eles tambem erraram.

    Flavim, parabens você soube interpretar o que escrevi. Marcelo MTB tambem.

    Eu sou responsável pelo que falo ou escrevo, não pelo que as pessoas entendem. fazer o que se não agradei a alguns?

  9. José Baltazar (Gaucho) disse:

    Este é o momento de ter calma, juntar esforços e entender que isto traz uma oportunidade de melhoria. 2012 estas chegando e esta situação pode ser revertida, com uma programação e organização de uma prova entre cidades de nota 10, sendo a melhor da região ou até mesmo do estado. Pelezinho espero que tu revertas esta situação, e que, em breve consigas realizar esta competição com nível altíssimo, a ponto de ser repetida todos os anos, fazendo parte do calendário de ciclismo da região. Não desistam, obstáculos aparecerão sempre.

    Um VENCEDOR sabe que adversidade é o melhor dos mestres. Um DERROTADO sente-se vitima perante a adversidade.

    Vazante esta esperando este evento. Abraços….

  10. josé souza disse:

    Participei de uma prova organizada pelo Ivo na década de 90 – Gp do milho na lagoa da rodoviaria em patos – foi a melhor prova que já vi na vida, com umas 5000 pessoas assistindo a prova. Ele deve saber o que fala.
    E o Ivo tinha me enviado email convidando para a prova entre cidades. pena que nao tera mais.
    E a prova foi cancelada por causa de erros do pelezinho no campeonato mineiro, está claro isto.
    não vi o ivo fazendo críticas destrutivas e sim falando a verdade, como ele sempre fala. se isto desagrada as pessoas, fazer o que?
    espero qeu ano que vem tenha esta prova lembra a taça das prefeituras goianas, e esta doia as pernas.
    Ivo, não se preocupe com o que dizem de você, como você disse são invejosos.

  11. Carlos Henrique disse:

    Olha aqui seu Ivo Barrichello !!! Já tá na hora de se aposentar e ir pra praça do coreto se juntar com a 3ª idade!!!

  12. disse:

    Vou passar a andar de bike de estrada, pelo menos os debates são muito mais acalorados……………. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.
    E vida longa ao rock and roll !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  13. ROGÉRIO PROFESSOR disse:

    Evitei o máximo que eu pude para não entrar no meio desse “fogo cruzado”, no entanto, diante do infeliz comentário de CARLOS HENRIQUE (pessoa na qual eu não conheço e por isso não posso tecer nenhum comentário sobre a sua pessoa), queria dizer que eu tenho a mesma idade do Ivo de Lima, e modéstia parte, acho que a aposentadoria, tanto minha quanto dele está longe, partindo do pressuposto que temos ritmo e principalmente competência para correr com pessoas de idade abaixo das nossas. Não quero aqui tomar as dores de ninguém, mas é um falta de respeito com todos os ciclistas da categoria MÁSTER de Patos de Minas. Além de mim, do Ivo, temos aqui Gilton Alves, salvo engano, tem 48 anos, vai pedalar com ele para ver.
    Todas as pessoas possuem defeitos e virtudes, conheço o Ivo há vários anos, possui defeitos como todas as pessoas, mas sempre foi honesto, transparente e correto em tudo que faz.
    Diante do exposto não estou querendo tomar partido em favor de ninguém, somente acho que devemos ser justos com os nossos comentários.
    Não pretendo me indispor com ninguém, principalmente com as pessoas que entraram nesse democrático debate.
    Assim como sou amigo do Ivo, também considero o pelezinho, Gilmar e todos os demais ciclistas meus amigos.
    Treinei como nunca para esse GP entre cidades, mas fazer o quê? Não deu certo. E em que nós contribuímos para a realização desse evento? Precisamos assumir a parcela de culpa de todos nós. Eu assumo a minha, pois eu somente treinei para corrida. Acima de tudo é preciso ajudar na organização.
    Att.
    E VAMOS TER CALMA NOS COMENTÁRIOS, NÃO PODEMOS OFENDER NINGUÉM, POIS CRIMES CONTRA A HONRA SÃO MUITO GRAVES (calúnia, difamação, injúria etc.)

  14. RONALDO GONÇALVES disse:

    e ai pelezinho blza o negocio e oseguinte ja que nao pode ter o gp das cidades de sped vamos fazer ele de mtb vc vai ver como e a tocada bora alinhar e enrolar o cabo um abraço.

  15. Eu, Luciano Pit Stop convido os 47 ciclistas inscritos no Gp de Ciclismo entre Cidades, o presidente João Eustáquio Pereira (Pelezinho), Gilmar Guimarães de Faria, Mirian, bicicleteiro fim de semana, Marcelo MTB, Flavim, Romes Silva, Ivo meu herói, José Baltazar (Gaucho), José Souza, Carlos Henrique, Pó (rock and roll), ROGÉRIO PROFESSOR, Gilton Alves, RONALDO GONÇALVES e claro Ivo de Lima Dias a participar do PEDAL DA BAND sábado 13:50. Pedal pra iniciante passeio pra esfriar a cabeça, fazer amizade, alegre, só não esqueça do capacete e das luvas.
    Vamos bater novo Record!!!!

  16. Murilo disse:

    Sou apaixonado por bike, mas pratico por hobby, não participo de competições e nem pretendo participar. Mas entendo que aqueles que treinam forte e se preparam pra competir devem estar chateados com o cancelamento do pedal.
    Mas quando um órgão público veta, nao tem jeito, fazer o que ne?
    De qualquer forma seria legal se os inscritos viessem participar do pedal da band, vocês não vão competir, não vão ganhar premios mas com certeza farão muitos amigos, e isso vale muito!
    Valeu!

  17. ze starbike disse:

    galera vamos dar um pedal ate no brejo bonito no sabado vamos sair 15.00 na dipam e 130 km blz.

  18. LIGA DA JUSTIÇA vem aí disse:

    – Batiman com seu bate-movél acabara com todo o mal.
    – Super-Homen, pedindo emprestado “OS PODERES DE GREISCON” de Heman, vai ajudar os ciclistas, principalmente aqueles que não conseguem sprintar até o final.
    – Mullher Maravilha vai fazer um show após a corrrida com sua musica (FOGE FOGE MULHER MARAVILHA, FOGE FOGE, COM O SUPER-MAN, FOGE FOGE MULHER MARAVILHA FOGE FOGE COM O SUPER MAN………….)
    – Lanterna verde vai contribuir com sua luz, caso a corrida demore até a anoitecer e não cobrara nada por isto.
    – The flash disse que vai correr no ciclismo e ficar em 2° lugar, pois já está cansado de correr e sempre chegar em primeiro lugar.

  19. Kuririn disse:

    Ivo de Lima concordo com voçê plenamente em questão à organização…
    Ae tora! Boa ideia mesmo tá bom de fazer um granfondo na terra, com a galera da “speed” e do MTB tudo junto e misturado. 🙂

  20. Hamilton Amorim disse:

    Bem infelismente fico triste com cancelamento da GP, sou Secretario de Esportes de Presidente Olegário, nossa contribuição iria ser dada ao ciclismo, disponibilizamos uma ambulância, som, a PM de Presidente Olegário estaria a postos para contribuir, ao “Pelezinho” que tive o prazer de conhecer nos colocamos a disposíção, devemos lembrar que um GP desse traz ]muitas responsabilidades da organização…

  21. luciene disse:

    parabéns Ivo pelas palavras.fiquei muito triste com o cancelamento dessa corrida não vejo risco algum em praticar ciclismo.

  22. MARKINHO disse:

    vamo anda de bicicreta,e miuto mio.

  23. MARKINHO disse:

    MTB

  24. MARKINHO disse:

    HERLEY E EULER,TO NA BAHIA VOU LEVAR UM JEGUINHO PRA VCS.

  25. MARKINHO disse:

    AQUI JÁ TEM NOISPEDALA

Deixe o seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *